Crescimento do turismo internacional na Europa Mediterrânica acelerou para 6,2% no 2º trimestre

10-09-2019 (18h49)

A Europa do Sul e Mediterrânica, primeira região mundial em número de turistas recebidos, com 20,7% do total mundial em 2018, teve um aumento das chegadas em 6,2% no segundo trimestre, mais forte que a média mundial e europeia, bem como do que a sua evolução no primeiro trimestre.

Dados publicados pela Agência das Nações Unidas para o Turismo, comumente designada em Portugal por Organização Mundial do Turismo (OMT), indicam que a Europa do Sul e Mediterrânica teve um crescimento médio no primeiro semestre em 5,8%, já que no primeiro trimestre o crescimento ficara em 5,1%.

Os dados da OMT evidenciam que o crescimento médio mais forte no semestre assentou principalmente nos resultados de Abril, que este ano compara favoravelmente por ter sido o mês das férias da Páscoa que em 2018 foi principalmente em Março, o que deu um aumento em 9%, e Junho, início da época estival no Hemisfério Norte, com um aumento em 7,5%.

A informação da OMT calcula que as chegadas de turistas internacionais ascenderam a 671 milhões no primeiro semestre, com um aumento médio de cerca de 29 milhões em relação ao período homólogo de 2018, que beneficiou a maioria dos destinos, já que em 130 países com dados já publicados relativamente a pelo menos três meses, 72% declararam subidas e apenas 28% indicaram quebras.

Aparentemente essas quebras concentraram-se na América do Sul, que é a única região a ter quebra das chegadas no primeiro semestre, em 4,6%, apesar de ter recuperado no segundo trimestre, em que teve um aumento em 0,9%, enquanto no primeiro tivera uma quebra de 7,9%.

As Caraíbas, por sua vez, foram a região com o aumento mais forte de chegadas no primeiro semestre, em 11,3%, com +14,8% no primeiro trimestre e +7,5% no segundo.

 

Clique para mais notícias: OMT

Clique para mais notícias: Mercados

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Crescimento económico do país depende de “um turismo forte e competitivo”, CTP

17-11-2019 (22h51)

“Sem um turismo forte e competitivo não vamos ter crescimento económico, não vai haver redução do desemprego e não há criação de riqueza como tivemos nestes últimos quatro anos com a grande participação do turismo”, afirmou o presidente da Confederação do Turismo de Portugal.

Madeira quer continuar a crescer com os agentes de viagens

17-11-2019 (21h59)

“Temos estado juntos com os agentes de viagens e assim queremos continuar”, afirmou o secretário regional de Turismo e Cultura da Madeira, Eduardo Jesus, na cerimónia de encerramento do 45º Congresso da APAVT.

Presidente da APAVT apela à cooperação para “trazer o turismo para a centralidade da economia”

16-11-2019 (20h11)

O presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, encerrou o 45º Congresso da Associação, na Madeira, com uma mensagem de apelo à cooperação para "trazer o turismo para a centralidade da economia" e para "espalhar os benefícios do turismo por todo o país".

Congresso da APAVT regressa a Aveiro em 2020

16-11-2019 (16h57)

A cidade de Aveiro vai receber o 46º Congresso da APAVT em 2020, ano em que a Associação celebra 70 anos, anunciou o seu presidente, Pedro Costa Ferreira.

Alojamento local capta metade das ‘novas dormidas’ em Portugal este ano

16-11-2019 (09h48)

Os estabelecimentos de alojamento local acumulam no final de Setembro um aumento de 900,4 mil dormidas em relação aos primeiros nove meses de 2018, o que equivale a cerca de metade do aumento global de dormidas em todas as formas de alojamento turístico em Portugal, que é em 1,867 milhões.

Noticias mais lidas