CTP transmite a Marcelo preocupações com Brexit e Aeroporto de Lisboa

31-01-2019 (14h45)

A Confederação do Turismo Português (CTP) transmitiu hoje ao Presidente da República a sua preocupação com o processo de saída do Reino Unido da União Europeia (Brexit), nomeadamente pelos problemas que deverão surgir nas entradas dos cidadãos no aeroporto de Faro.

Após a reunião com Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações aos jornalistas, o presidente da CTP, Francisco Calheiros, notou que, na ausência de um acordo para a saída do espaço comunitário, as “medidas que estão, neste momento, postas em cima da mesa, não vão resolver o problema de mais de um milhão de britânicos entrarem em Portugal” com o estatuto de cidadãos de terceiro país, obrigando a maior controlo.

“Normalmente não existem problemas na entrada do Espaço não Schengen do aeroporto de Faro”, notou o responsável, que considerou “fundamental e obrigatório” a eventual criação de corredores especiais para os britânicos, mas recordou que os corredores não evitam “gravíssimos problemas” no Aeroporto de Lisboa.

“Estão lá 16 ‘boxes’ do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), o problema é que [só] estão três ou quatro abertas. Às vezes não chega apenas definir as regras, é preciso implementá-las e cumpri-las”, defendeu, realçando de seguida que foram filas de “500 e 600 pessoas” e que a situação esteja a piorar.

Até 2016, o turismo britânico cresceu cerca de 8 a 10% anualmente, em 2017 não houve evolução e em 2018 “os britânicos já foram -9%”, afirmou Calheiros, acrescentando que com a data limite de 29 de Março a aproximar-se só há incertezas.

O mercado britânico é o “número 1 para Portugal e é extraordinariamente concentrado no Algarve e na Madeira”.

Na região mais a Sul do país registam-se cerca de 16 milhões de dormidas de estrangeiros, seis milhões das quais são de britânicos, indicou.

“Estamos a falar de mais de um milhão de ingleses que vão para o Algarve todos os anos. Se não tivermos uma saída com acordo, se amanhã o mercado britânico for considerado terceiro país, eu não quero pensar o que será mais de um milhão de britânicos a entrarem pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras”, disse o responsável, evocando as críticas que têm sido feitas ao controlo de entradas e saídas em Lisboa.

Nesta primeira reunião do dia com os parceiros sociais, em Belém, entre os vários assuntos abordados esteve ainda a expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa, que inclui a nova infra-estrutura no Montijo e obras no Humberto Delgado.

“Se o Montijo estiver pronto em 2023 são quatro anos e temos que chegar até lá e, portanto, há muitas obras que têm de ser feitas até lá na Portela”, reafirmou Calheiros.

O dirigente acrescentou não ter dúvidas que Marcelo Rebelo de Sousa, “dentro das suas possibilidades, irá ajudar e muito”, “porque tem estado sempre do nosso lado”, concluiu Calheiros.

O Presidente da República recebe durante o dia os parceiros sociais e económicos no Palácio de Belém, em Lisboa.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: CTP

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Redução da estada média dos turistas estrangeiros em Portugal volta a acentuar-se

13-12-2019 (17h36)

A queda da estada média dos turistas estrangeiros na hotelaria portuguesa, que tem ‘cortado’ milhões de dormidas, voltou a acentuar-se em Outubro, com uma queda em 4,7% em relação ao mês homólogo de 2018, de 3,06 para 2,91 noites.

Estados Unidos sobem a 6º maior emissor para a hotelaria portuguesa até Outubro

13-12-2019 (17h33)

Os Estados Unidos foram o 6º maior mercado emissor para a hotelaria portuguesa nos primeiros dez meses deste ano, ultrapassando pela primeira vez o milhão de turistas no alojamento turístico português, mais 75,4 mil que nos 12 meses de 2018, e os 2,3 milhões de dormidas, com mais 148,4 mil que no total do ano passado.

Alojamento local somou até Outubro mais 161 mil dormidas que em todo o ano de 2018

13-12-2019 (16h50)

Os estabelecimentos de alojamento local, que a liberalização decretada pelo ex-secretário de Estado do Turismo Adolfo Mesquita Nunes fez proliferar em todo o país, ultrapassaram em Outubro o total de dormidas do ano de 2018, de acordo com os dados publicados hoje pelo INE.

Chinesa Hainan Airlines vai chegar ao Porto com a Iberia via Madrid

13-12-2019 (15h25)

O Porto é um dos 14 destinos europeus para onde a companhia de aviação chinesa Hainan Airlines já abriu reservas, através de code-share com a espanhola Iberia, do IAG, que fará o trajecto Madrid - Porto.

Classificação dos Caretos de Podence pela UNESCO “enriquece a região”, Turismo do Porto e Norte

13-12-2019 (15h16)

O presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), Luís Pedro Martins, considerou que a inscrição dos Caretos de Podence no Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO “enriquece ainda mais a região”.

Ultimas Noticias

Noticias mais lidas