Catalunha é líder destacado dos destinos espanhóis, apesar da instabilidade política

02-12-2019 (17h00)

A Catalunha, que tem sido palco de distúrbios e confrontações com independentistas, mantém-se ainda assim o destino espanhol líder em recepção de turistas e, inclusivamente, com crescimento, mesmo que modesto.

Os dados divulgados hoje pelo INE espanhol indicam que a Catalunha recebeu 1,69 milhões de turistas residentes no estrangeiro este mês de Outubro, representando um aumento em 1,6% em relação ao mês homólogo de 2018, apesar de a tendência ter sido de queda da procura internacional, com Espanha a ter um decréscimo de 0,3%, principalmente pelas quebras nas regiões insulares, as Canárias, com -9,1%, e as Baleares, com -4,6%.

Estas quebras estão associadas aos seus dois principais emissores, o Reino Unido e a Alemanha, cujas chegadas a Espanha este Outubro baixaram respectivamente 4,4% e 8,3%.

Já para a Catalunha o primeiro emissor é França, seguido do conjunto "resto do mundo", o primeiro com queda para Espanha este Outubro em 1,7% e o segundo com crescimento em 16,4%.

Os dados do INE espanhol indicam para o conjunto dos primeiros dez meses deste ano que a Catalunha lidera com 22,2% dos turistas residentes no estrangeiro, num total de 17,3 milhões, a crescer 0,7% face ao período homólogo de 2018.

Já Baleares e Canárias registam quebras nos primeiros dez meses, respectivamente em 0,8%, para 13,37 milhões, e em 4,8%, para 10,77 milhões, que assim cai para 4º principal destino, depois da Catalunha, das Baleares e, também, da Andaluzia, cujos principais emissores são o Reino Unido e os países nórdicos e que até Outubro tem um aumento do número de turistas residentes no estrangeiro em 3,6%, para 10,9 milhões.

 

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Voos Espanha – Portugal superam os 5,6 milhões de passageiros, com aumento em 16%

14-01-2020 (16h53)

Os voos de/para Portugal foram, entre o Top10 de origens/destinos dos aeroportos espanhóis, os que tiveram o crescimento de passageiros mais forte em 2019, em 16%, com o qual ultrapassaram a marca de 5,6 milhões.

Gabriel Subías regressa ao Grupo Iberostar para liderar W2M

14-01-2020 (13h15)

O Grupo Iberostar nomeou Gabriel Subías, ex-CEO da Ávoris, para liderar o negócio de receptivo e bedbank W2M, substituindo no cargo Christian Kremers, que estava no comando da empresa desde Setembro de 2018.

Novo CEO da Ávoris prevê decisão da concorrência sobre fusão com a Globalia em Março

14-01-2020 (12h55)

Vicente Fenollar, que foi nomeado oficialmente CEO da Ávoris depois de um mês no cargo de forma provisória, após a saída de Gabriel Subías, disse esperar uma decisão da autoridade da concorrência para “meados de Março”.

Aeroportos espanhóis crescem 4,4% em 2019 e atingem recorde de 275,2 milhões de passageiros

13-01-2020 (16h43)

Os 48 aeroportos e heliportos espanhóis geridos pela AENA tiveram um crescimento médio de passageiros em 2019 de 4,4%, que significou um aumento de 11,48 milhões e elevou o total do ano para o recorde de 275,2 milhões.

Willie Walsh deixa IAG e Luis Gallego é o novo CEO

09-01-2020 (10h13)

O International Airlines Group (IAG), que integra as companhias aéreas British Airways, Iberia, Vueling, Aer Lingus e Level, anunciou que Willie Walsh vai deixar o cargo de CEO no final de Março e será substituído por Luis Gallego, actualmente CEO da Iberia.

Noticias mais lidas