Cerca de 100 detenções e 194 agentes feridos nas manifestações na Catalunha

17-10-2019 (14h14)

Perto de uma centena de pessoas detidas e 194 agentes da polícia feridos é o balanço oficial desde o início dos protestos na Catalunha contra a sentença que condenou 12 dirigentes independentistas catalães.

O ministro interino do Interior, Fernando Grande-Marlaska, garantiu que não haverá impunidade contra os criminosos que têm provocado distúrbios nas manifestações de protesto na Catalunha e insistiu que os incidentes devem-se a pessoas ligadas a movimentos organizados que querem alterar a ordem pública.

O ministro referiu que foram feitas 97 detenções, desde o início dos protestos, e que 194 agentes dos Mossos d’Esquadra e da Polícia nacional ficaram feridos, alguns com gravidade, durante as manifestações.

Entre a cerca de centena de detenções efectuadas conta-se a de cerca de 20 jovens, em Vitoria, acusados de cortar os trilhos de caminho de ferro, no final de uma manifestação convocada por uma organização juvenil independentista.

O Governo espanhol estima em 627 mil euros os prejuízos em material urbano já causados pelos distúrbios nas ruas e praças de várias cidades catalãs.

A estes prejuízos acrescem danos de paralisações em alguns setores económicos, como o que afectará a fabricante automóvel Seat, que concordou com uma paragem técnica de produção na fábrica de Martorell, em Barcelona, que decorrerá durante a tarde de hoje e todo o dia de sexta-feira.

Para conter os danos e assegurar a ordem pública, a Polícia Nacional de Espanha transferiu hoje um pequeno veículo blindado para Barcelona, para ser usado na dispersão de manifestações mais violentas, segundo as autoridades.

O tanque permite o lançamento de jactos de água de elevada pressão contra os manifestantes e equipamento semelhante já foi usado, na quarta-feira, na concentração organizada pelos Comités de Defesa da República, no centro de Barcelona.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Meliá abre hotel da marca Innside em Saragoça

12-11-2019 (17h14)

A Meliá Hotels International anunciou a abertura de um hotel da sua marca Innside em Saragoça, um “destino obrigatório para os amantes de novas tendências”, segundo descreve.

Alemanha provoca Setembro ‘no vermelho’ na hotelaria espanhola

24-10-2019 (16h12)

A hotelaria espanhola teve em Setembro a segunda quebra de dormidas este ano, com um decréscimo em 0,6%, provocado principalmente pela quebra do mercado alemão.

Hotelaria espanhola ‘perdeu’ até Setembro 3,4 milhões de dormidas de residentes na Alemanha

24-10-2019 (16h10)

A hotelaria espanhola chegou ao fim de Setembro com uma quebra de 3,4 milhões de dormidas de turistas residentes na Alemanha nos primeiros nove meses deste ano, a que se somam ainda grandes quebras dos mercados belga, dinamarquês, holandês, sueco, norueguês e suíço.

Binter quer continuar a expandir-se “possivelmente em África e Espanha”

24-10-2019 (16h01)

A companhia de aviação Binter Canarias quer “continuar a expandir-se” no próximo Verão, “possivelmente em África e Espanha”, anunciou Pedro Agustín del Castillo, CEO da empresa.

Air France vai voar para mais quatro destinos na Península Ibérica, um deles Faro

23-10-2019 (15h12)

A companhia de aviação francesa Air France indicou que tem programado introduzir na próxima Primavera, a partir de 4 de Abril, voos do seu hub de Paris Charles de Gaulle para quatro novos destinos na Península Ibérica, um deles em Portugal, Faro, e três em Espanha, Alicante, Málaga e Valência, que são respectivamente.

Noticias mais lidas