Governo financia cinco projectos turísticos no interior de Portugal

04-01-2018 (16h59)

Cortes do Meio (foto: cm-covilha.pt)
Cortes do Meio (foto: cm-covilha.pt)

O programa de apoio ao investimento Valorizar vai financiar cinco projectos no interior de Portugal, no montante de 1,758 milhões de euros.

Na Covilhã foi aprovado um incentivo de 180 mil euros ao abrigo da Linha de Apoio ao Turismo Acessível para um projecto “que visa melhorar as condições de acessibilidade física e comunicacional do Museu de Arte e Cultura”, segundo um comunicado da Secretaria de Estado do Turismo.

O projecto também prevê a criação de uma experiência multissensorial do espaço expositivo, a adaptação para Braille dos Guias do Museu de Arte Sacra e do Museu de Arte e Cultura, a criação de uma app “Covilhã Acessível – Guia da Cidade” e a implementação de nova sinalética na cidade.

Na aldeia de Alcongosta, no Fundão, foi aprovado um incentivo de 135 mil euros no âmbito da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior para expansão e modernização do Natura Glamping, na Serra da Gardunha.

Em Idanha-a-Nova foi aprovado um incentivo de 394 mil euros no âmbito da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior para um “projecto de afirmação de Monsanto enquanto destino turístico qualificado e diferenciado”.

Este projecto para a aldeia de Monsanto prevê a “implementação de um sistema inteligente de gestão do tráfego e do estacionamento que, entre outras funcionalidades, permitirá a gestão do estacionamento dentro da aldeia”.

A Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior também tem previsto um incentivo de 399 mil euros à Associação das Aldeias Históricas para um projecto de “desenvolvimento e promoção da Grande Rota 22, com acções de promoção, sinalização e promoção da mobilidade inter aldeia, de forma a capacitar esta emblemática rota para que possa responder a todas as necessidades de quem a percorre”.

Para a Associação das Aldeias Históricas também foi aprovado um incentivo de 650 mil euros no âmbito da Linha de Apoio à Disponibilização de Redes Wi-Fi, para “promover a disponibilização de redes wi-fi de elevada qualidade nos centros históricos e nos espaços públicos de maior afluxo de turistas no conjunto das doze aldeias históricas”.

O Programa Valorizar aprovou 230 pojectos em um ano.

 

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP antecipa e cancela voos da Madeira no sábado devido à passagem de furacão Leslie

12-10-2018 (17h21)

A companhia de aviação portuguesa TAP antecipou três voos previstos para Sábado de manhã da Madeira e cancelou a operação no arquipélago naquele dia até às 18:00 devido ao mau tempo esperado pela passagem do furacão Leslie.

MSC Cruzeiros prevê ter este ano “o maior crescimento que tivemos até hoje” – Eduardo Cabrita

12-10-2018 (16h29)

O director-geral da MSC Cruzeiros em Portugal, Eduardo Cabrita, espera atingir este ano “o maior crescimento que tivemos até hoje” em volume de passageiros face ao ano anterior, numa variação “provavelmente” acima de 20%.

Aviso de mau tempo em São Miguel e Santa Maria prolongado até às 18h de hoje

12-10-2018 (14h39)

A Protecção Civil dos Açores estendeu até às 18h:00 locais (mais uma em Lisboa) o aviso de mau tempo com precipitação forte e trovoada nas ilhas de São Miguel e Santa Maria, grupo Oriental do arquipélago.

Câmara de Lisboa duplica taxa turística em 2019

12-10-2018 (14h22)

A Câmara de Lisboa vai aumentar a Taxa Municipal Turística em 2019, de um para dois euros por noite, para, segundo anunciou, reforçar a limpeza urbana e os transportes nas zonas com maior pressão do turismo.

Crescimento dos aeroportos portugueses abranda para 4,2% no 3º trimestre

12-10-2018 (14h10)

A Vinci Airports, que ganhou a privatização da ANA Aeroportos de Portugal, gestora dos aeroportos portugueses, informou hoje que no terceiro trimestre os dez aeroportos que gere em Portugal tiveram um aumento de passageiros em 4,2%, depois de +6,9% no segundo trimestre, 12% no primeiro e 16,5% no ano de 2017.