Parques de Sintra lança plataforma de gestão de bilhetes para profissionais de turismo

02-05-2017 (14h35)

Palácio Nacional de Sintra (foto: PSML/Emigus)
Palácio Nacional de Sintra (foto: PSML/Emigus)

A Parques de Sintra, que gere o Parque e Palácio Nacional da Pena, os Palácios de Sintra e de Queluz, entre outros monumentos, criou uma plataforma de gestão de bilhetes para profissionais de turismo.

O novo canal de compras online exclusivo para profissionais de turismo “permitirá uma gestão mais autónoma e rápida dos bilhetes para os Parques e Monumentos de Sintra”, sublinha um comunicado da empresa.

“A plataforma vem agilizar o processo de compras para parceiros, permitindo que cada um, de forma autónoma, acompanhe a respectiva operação, controlando transferências, compras, distribuição de bilhetes e facturação”, acrescenta a Parques de Sintra.

A transição entre o actual modelo de vendas antecipadas, feito por contacto directo, e a nova plataforma será feita até 28 de Outubro, sendo que neste período beneficiam de 15% de desconto as compras efectuadas através da plataforma.

“Trimestral e anualmente é atribuído em conta corrente o desconto de rappel relativo ao volume de compras ocorrido”, acrescenta a empresa.

Para aceder à plataforma B2B da Parques de Sintra clique aqui.

A Parques de Sintra - Monte da Lua gere o Parque e Palácio Nacional da Pena, Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz, Chalet da Condessa d’Edla, Castelo dos Mouros, Palácio e Jardins de Monserrate, Convento dos Capuchos e Escola Portuguesa de Arte Equestre.

Estes monumentos receberam no ano passado 2.625.011 visitas, cerca de 83% das quais por parte de estrangeiros.

 

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Parques de Sintra

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Thomas Cook precisa de mais 200 milhões para evitar colapso

20-09-2019 (16h52)

O grupo Thomas Cook, considerado o segundo maior da Europa na operação turística e agências de viagens, confirmou que precisa de mais 200 milhões de libras (226 milhões de euros) para evitar o colapso.

Ryanair espera voar com Boeing 737 Max em Fevereiro/Março

20-09-2019 (15h50)

O CEO do Grupo Ryanair, Michael O’Leary, afirmou que Fevereiro ou início de Março é a previsão mais real para começar a voar com aviões Boeing 737 Max, modelo proibido de voar desde Março, após dois acidentes fatais.

Exportações portuguesas de turismo estagnaram em Julho

20-09-2019 (15h28)

Apesar de Portugal ter contabilizado em Julho mais quase cem mil turistas residentes no estrangeiro (+5,8%), segundo o INE, os seus gastos no país, contabilizados como exportações de turismo pelo Banco de Portugal, tiveram uma quase estagnação.

Beijing Capital muda voos de/para Lisboa para o novo aeroporto da capital chinesa

20-09-2019 (13h42)

A Beijing Capital, única companhia de aviação chinesa a voar de/para Portugal, vai alterar o aeroporto de partida/chegada a Pequim para o novo aeroporto da capital chinesa, o Beijing Daxing (PKX).

Aeroporto do Porto vai renovar o sistema ILS para melhorar aterragens quando há nevoeiro

19-09-2019 (17h38)

O Aeroporto do Porto vai ter um “renovado sistema ILS (Landing Sistem, ou sistema de aterragem, em tradução livre) para garantir melhores condições” à infraestrutura, nomeadamente quando há nevoeiro, revelou hoje à Lusa a NAV – Navegação Aérea de Portugal.

Noticias mais lidas