Parques e monumentos de Sintra somam mais 291 mil visitas no 1º semestre

02-08-2017 (12h33)

Palácio Nacional da Pena (foto: PSML/Wilson Pereira)
Palácio Nacional da Pena (foto: PSML/Wilson Pereira)

Os parques e monumentos de Sintra geridos pela Parques de Sintra somaram 1,376 milhões de entradas no primeiro semestre deste ano, mais 26,8% ou mais 291 mil que nos primeiros seis meses de 2016.

Os dados divulgados hoje pela Parques de Sintra mostram que o Parque e Palácio Nacional da Pena registou 709 mil visitas no primeiro semestre, mais 180 mil ou mais 34% que há um ano.

O Palácio Nacional de Sintra somou 257 mil visitas, o mesmo que no ano passado, o Castelo dos Mouros teve 235 mil entradas, mais 75 mil ou mais 46,9%, e o Palácio Nacional de Queluz registou 87 mil, mais 19 mil ou mais 27,9%.

Os dados mostram ainda que o Parque e Palácio de Monserrate registou 62 mil visitas, mais 13 mil ou mais 26,5% que no primeiro semestre de 2016, o Convento dos Capuchos teve 16 mil entradas, mais mil ou mais 6,6%, e o Chalet da Condessa d'Edla somou dez mil visitas, mais três mil ou mais 42,9%.

As visitas de estrangeiros representam 79,5% do total de entradas no primeiro semestre, com o Reino Unido a ser o principal mercado, com 14%, seguido de França, com 11%, e Espanha, com 10,5%.

A Parques de Sintra destaca no entanto que no Palácio Nacional de Queluz 40% das visitas foram efectuadas por portugueses.

 

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Receitas turísticas portugueses aguentam crescimento médio este ano em 7,7%

18-10-2019 (14h37)

Passados os meses de Julho e Agosto, os mais fortes do turismo em Portugal, as receitas turísticas portugueses, que são os gastos de turistas estrangeiros no país, mantêm o crescimento médio em 7,7%, que significa um aumento de 897,62 milhões de euros.

Gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro sobem 17,8% em Agosto

18-10-2019 (14h34)

O Banco de Portugal contabilizou 626,92 milhões de euros de gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro, o que representa um aumento em 17,8% ou 94,71 milhões de euros relativamente ao montante de Agosto de 2018 depois de revisto pelo banco central em alta de 82,28 milhões.

Presidente da TAP descarta voos directos para a China “num futuro imediato”

18-10-2019 (13h38)

O presidente do Conselho de Administração da TAP, Miguel Frasquilho, descartou a hipótese de a companhia fazer voos directos de Portugal para a China "num futuro imediato", apesar do crescimento de turistas daquele país asiático.

Banco de Portugal revê balança turística em alta de 2,1 mil milhões de euros desde 2013

18-10-2019 (13h14)

O Banco de Portugal publicou ontem novos valores de receitas e gastos turísticos para os 79 meses desde 1 de Janeiro de 2013, numa revisão que ‘acrescenta’ 2.136 milhões de euros ao saldo entre gastos de turistas estrangeiros no país e gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro.

TAP anuncia mais 20% de capacidade para Luanda no próximo ano

17-10-2019 (14h53)

A TAP vai reforçar a sua capacidade para Luanda em mais 20% a partir do próximo ano, anunciou na capital angolana o seu Chief Marketing and Sales Officer, Abílio Martins, que realçou que para a companhia Angola “é um mercado estratégico”.

Noticias mais lidas