Portugal soma mais de 13.000 milhões de euros de receitas turísticas no fim de Outubro e supera total de 2016

20-12-2017 (12h44)

Ribeira
Ribeira

Abril, Maio e Outubro fazem 40% do aumento total dos primeiros dez meses

Portugal bateu no fim de Outubro o que era o seu recorde anual de receitas turísticas, que são os gastos de turistas estrangeiros contabilizadas pelo Banco de Portugal, atingindo os 13.126,55 milhões de euros, mais 445,99 milhões de euros que em todo o ano de 2016, que era o melhor de sempre.

Os dados divulgados hoje pelo Banco de Portugal indicam que a garantir o novo recorde esteve um crescimento relativamente ao período homólogo de 2016 em 19,4% ou 2.135,44 milhões, para o qual contou um claro alargamento da época alta, evidenciado pelo facto de todos os meses desde Abril as receitas turísticas terem superado os mil milhões.

Segundo o banco central, em Outubro as receitas turísticas elevaram-se a 1.556,73 milhões de euros, com um aumento em 22,4% ou 284,45 milhões em relação ao mês homólogo de 2016.

Assim, desde Abril, também, Portugal está mensalmente com aumentos das receitas turísticas acima de 200 milhões de euros, o maior dos quais precisamente em Abril, com mais 348,17 milhões de euros, para o qual contribuiu o facto de ter sido o mês da Páscoa e comparar-se com um mês sem Páscoa.

Ainda assim, os dados do Banco de Portugal apontam para que a atractividade turística do país se tenha estendido para os chamados 'shoulder months', referindo-se aos meses que ‘colam’ com o início e o fim da época alta, tendo como consequência óbvia uma redução da época baixa.

Os dados do banco central permitem ver que em Abril, Maio e Outubro Portugal teve um aumento de gastos de turistas estrangeiros em 854 milhões de euros, o que significa que ‘fizeram’ 40% do aumento total de Janeiro a Outubro.

 

Clique para mais notícias: Balança portuguesa das Viagens e Turismo

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro sobem 10,8% até Maio

18-07-2019 (15h36)

Os portugueses despenderam pela primeira vez mais de 2.000 milhões de euros em viagens e turismo no estrangeiro nos primeiros cinco meses do ano, de acordo com os dados publicados pelo Banco de Portugal, dos quais se conclui um aumento médio em 10,8%.

Turistas dos Estados Unidos são os que mais estão a aumentar gastos em Portugal este ano

18-07-2019 (15h23)

O Banco de Portugal contabilizou até ao fim de Maio mais 72,69 milhões de euros de gastos em Portugal de turistas residentes nos Estados Unidos que assim foram os que fizeram o maior aumento do período, à frente dos residentes em Espanha e no Reino Unido, ambos com aumentos na ordem dos 61 milhões de euros.

Brexit para o turismo português afinal vem da Alemanha

18-07-2019 (15h21)

O mercado que mais está a penalizar o turismo português nestes primeiros cinco meses de 2019 é a Alemanha, e não o Reino Unido, como se esperava devido ao Brexit, mostram os dados do Banco de Portugal e do INE.

Alemães e franceses penalizam evolução das receitas turísticas em Maio

18-07-2019 (13h57)

O fraco crescimento das receitas turísticas portuguesas em Maio deve-se em grande medida às reduções de gastos de turistas residentes na Alemanha e em França, que em conjunto ascenderam a 33 milhões de euros, e a que se somaram quebras também por parte de residentes na Bélgica, na Suíça, em Angola e na Holanda.

Crescimento das receitas turísticas portuguesas foi o mais fraco de um mês de Maio desde 2009

18-07-2019 (13h44)

Depois de dois anos com crescimentos acima de 19% nos meses de Maio, este ano a tendência de aumento manteve-se, mas abrandando para 2,2%, de acordo com os dados divulgados ontem pelo Banco de Portugal, que mostram também que foi interrompida uma série de seis anos de crescimentos a dois dígitos nos meses de Maio.

Noticias mais lidas