Brexit: Governo aprova campanha para promover Algarve e Madeira no Reino Unido

22-03-2019 (15h24)

Investimento de 900 mil euros financiado a 50% pelo Turismo de Portugal

O ministro Adjunto e da Economia anunciou uma campanha turística especial para promover o Algarve a Madeira no Reino Unido, dois destinos em relação aos quais percebeu haver uma “preocupação maior” com o ‘Brexit’.

“Queremos mesmo transformar o ‘Brexit’ numa oportunidade junto do mercado britânico”, disse o ministro numa audição conjunta das comissões parlamentares dos Assuntos Europeus e da Economia sobre os impactos do processo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

Segundo Siza Vieira, a campanha, avaliada em 900 mil euros, será financiada em 50% pelo Turismo de Portugal, sendo a outra metade financiada por agentes privados e entidades turísticas.

O governante explicou que a campanha para o Algarve e Madeira foi lançada depois de um diálogo com agentes turísticos, tendo o executivo percebido que “há alguma preocupação maior nestes dois destinos” com o ‘Brexit’.

No Algarve, o Reino Unido “é um cliente que representa mais de 50% das dormidas”, salientou o ministro perante os deputados, sublinhando ainda que as duas regiões são “absolutamente sensíveis”.

Siza Vieira referiu que há um problema “óbvio” que vai afectar todos os destinos europeus, que é a previsível desvalorização da libra, mas adiantou que os números mais recentes do turismo mostram que há um “impacto positivo” com estas campanhas.

Segundo disse, em Janeiro, o número de hóspedes do Reino Unido cresceu 6,4% relativamente ao mesmo mês de 2018 e as receitas dos turistas britânicos cresceram 15,9% em termos homólogos.

Já o número de passageiros no aeroporto de Faro subiu 15% em Fevereiro e 20,9% no Funchal, afirmou.

E em resposta aos deputados da oposição, que acusaram o Governo de apresentar um plano de contingência tardio e “para inglês ver”, o ministro frisou: “Sim, as campanhas turísticas são mesmo para os ingleses verem e o que temos visto com muito agrado é que eles gostam do que veem”.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Portugal

Clique para ver mais: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP quadruplica oferta de obrigações para até 200 milhões de euros

14-06-2019 (19h03)

A TAP decidiu multiplicar por quatro o número e valor de obrigações a emitir, no âmbito do empréstimo obrigacionista em curso, passando de 50 milhões de euros para até 200 milhões de euros, foi hoje comunicado ao mercado.

TAP recebe mais três Airbus A330neo e já conta com dez

14-06-2019 (16h58)

A TAP anunciou hoje ter recebido mais três aviões Airbus A330neo e que, assim, já com dez unidades deste avião que diz contribuir “com mais de 24 milhões de euros para a economia portuguesa” e “mais de 600 postos de trabalho para o País”.

Governo português quer mais 50% de turistas brasileiros até 2021

13-06-2019 (15h17)

O Governo português quer que o número de turistas brasileiros que visita o país aumente para 1,5 milhões até 2021, disse à Lusa, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, que assim fixou um objectivo de crescimento em 50% deste emissor, que disse continuar a “ser uma aposta estratégica para o turismo português”.

PSP reforça policiamento de praias, transportes públicos e locais turísticos no Verão

13-06-2019 (14h52)

A PSP vai reforçar o policiamento das zonas balneares, transportes públicos e locais turísticos a partir de sábado, no âmbito da operação "Verão seguro 2019", que se prolonga até 15 de Setembro, indicou hoje aquela polícia.

Banco de Portugal prevê “abrandamento” das exportações de turismo em 2020-21

12-06-2019 (17h05)

O Banco de Portugal avançou hoje a previsão de um abrandamento das exportações de turismo em 2020-21, “num contexto de recuperação de alguns destinos concorrentes”.

Noticias mais lidas