Portugal foi um dos mercados onde a Meliá teve melhor desempenho em 2018, Gabriel Escarrer

23-01-2019 (14h23)

O vice-presidente executivo da Meliá Hotels International, Gabriel Escarrer Jaume, apontou hoje o mercado português como “um dos que teve melhor comportamento” na maior rede hoteleira espanhola em 2018.

Gabriel Escarrer falava aos jornalistas durante a Fitur, que começou hoje em Madrid, e especificou que esse desempenho foi “muito derivado do consumo tanto do mercado português, como do mercado espanhol e também do mercado britânico”.

“Para 2019 creio que continuarão a ter um comportamento muito bom o mercado doméstico português e o mercado espanhol. A grande incerteza é o mercado britânico”, acrescentou o vice-presidente executivo da Meliá.

Durante uma apresentação hoje na Fitur, Gabriel Escarrer salientou que as suas principais preocupações com o Reino Unido estão relacionadas com a desvalorização da libra, que reduz o poder de compra dos turistas britânicos, e com a eventual necessidade de visto para cidadãos britânicos entrarem na União Europeia.

Na mesma apresentação, o executivo salientou que a empresa tem vindo a investir em ter um negócio cada vez mais digital, tanto nas vendas directas aos clientes como nas vendas através de terceiros.

Um dos efeitos dessa estratégia foi que as vendas através da MeliáPro, que é a plataforma da rede hoteleira para as agências de viagens, cresceram 35% em 2018 face a 2017 e 72% em relação a 2015.

O MeliáPro, segundo um comunicado da rede hoteleira, tem registadas cerca de 42 mil agências de viagens em todo mundo.

O investimento da Meliá na ‘digitalização’ dos canais de venda foi superior a 129 milhões de euros.

 

Continua em:

Viana do Castelo, Lisboa e Braga são destinos potenciais para novos hotéis Meliá, Gabriel Escarrer

 

Clique para ver mais: Meliá Hotels International

Clique para ver mais: Fitur

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP agrava redução da operação para 99,7% e cessa todo o longo curso até início de Maio

28-03-2020 (23h15)

A TAP, que já tinha anunciado uma redução em quase 98% dos voos, a partir de 1 de Maio amplia a redução para 99,7%, nomeadamente parando todos os voos de longo curso e praticamente só fica com cinco voos por semana para Açores e Madeira e quatro para Londres Heathrow.

Profissionais de saúde registados como infectados já são 764

28-03-2020 (15h50)

A pandemia covid-19 infectou 764 profissionais de saúde em Portugal, revelou hoje em conferência de imprensa a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas.

TAP já fez 12 voos de repatriamento de África

28-03-2020 (13h57)

A companhia de aviação portuguesa fez hoje um balanço do que denomina “operação especial” para repatriar portugueses de países africanos, indicando que já transportou 3.500 em “12 voos extraordinários para Angola, São Tomé, Guiné-Bissau, Cabo Verde e Moçambique”.

Portugal atingiu ontem o segundo novo máximo diário consecutivo de infectados com covid-19

28-03-2020 (13h47)

Portugal identificou ontem mais 902 doentes infectados com o novo coronavírus, que é um novo máximo diário de infecções, superando o que se tinha verificado na quinta-feira, quando foram comunicados mais 724 casos que na quarta.

Mortes por covid-19 em Portugal atinge a centena

28-03-2020 (12h34)

Portugal já conta uma centena de mortos por covid-19, informou hoje a ministra da Saúde, Marta Temido, que especificou que a taxa de mortalidade no país é de 1,9% e atinge 7,9% nos maiores de 70 anos.

Noticias mais lidas