Portugal já tem transmissão comunitária da covid-19 e entra na “fase mais crítica” da doença

25-03-2020 (13h57)

“Temos transmissão comunitária, não ainda exuberante, não descontrolada, mas temos transmissão comunitária”, motivo pelo qual a partir da meia-noite “vai entrar um novo plano para abordar a covid-19”, anunciou hoje a directora geral de Saúde, Graça Freitas.

“Nós estamos neste momento em fase 3.2, que quer dizer que temos transmissão comunitária, não ainda exuberante, não descontrolada, mas temos transmissão comunitária”, começou por dizer Graça Freitas, para anunciar que “é por esse motivo que hoje, com data de início às 00h00, vai entrar um novo plano para abordar a covid-19”.

“Vamos passar das medidas da fase de contenção para as medidas da fase de mitigação”, sublinhou a directora geral de Saúde, avisando que, “como em todas as mudanças, a fase de transição pode ter alguma turbulência”.

“Não se muda de paradigma assistencial em epidemia de um dia para o outro sem que exista turbulência”, frisou Graça Freitas.

“Estamos aqui para resolver os obstáculos que forem surgindo e contamos com a compreensão de todos”, sublinhou a directora geral de Saúde, acrescentando que continuará a ser prestada “assistência aos doentes de acordo com o grau de gravidade da sua doença”.

O secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, assinalou que a fase de mitigação “é a fase mais crítica e isso exige de todos nós responsabilidades acrescidas”.

“Ao Estado cabe preparar o Sistema Nacional de Saúde para dar resposta aos cidadãos. A cada um de nós cabe a sua própria auto-protecção e não menos importante a protecção dos que lhe são mais queridos, nomeadamente as pessoas com mais de 70 anos”, sublinhou o governante.

“Quase 80% dos óbitos associados à covid-19 em Portugal até à data regista-se entre pessoas com 70 anos ou mais”, revelou António Lacerda Sales.

Ver também:

Mortes em Portugal por covid-19 aumentaram ontem 48,3%

 

Clique para ver mais: Portugal

Clique para ver mais: Coronavírus

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pavilhão Rosa Mota no Porto transformado em hospital com capacidade para 300 doentes

31-03-2020 (15h19)

O Pavilhão Rosa Mota, no Porto, entrará, na próxima semana, em funcionamento como hospital com 300 camas vocacionado para acolher doentes com poucos sintomas mais ligeiros de covid-19 ou até assintomáticos sem “rectaguarda familiar”, anunciou hoje a Câmara.

Técnicos são unânimes a defender manutenção da medidas de contenção – Presidente da República

31-03-2020 (15h09)

O Presidente da República afirmou hoje que se impõe manter as medidas de contenção que vigoram em Portugal, referindo que essa foi uma opinião unânime na segunda reunião técnica sobre a situação da covid-19 no país.

Lufthansa programa voo diário para Lisboa pelo menos até 19 de Abril

31-03-2020 (15h01)

A companhia de aviação alemã Lufthansa prevê manter voo diário de Frankfurt para Lisboa pelo menos até 19 de Abril, tendo 1.260 lugares em cada sentido, apesar da forte redução em consequência do impacto da pandemia de coronavírus.

TAP só vai voar em Embraer E190 até 4 de Maio

31-03-2020 (14h55)

A operação reduzida que a TAP tem programada até 4 de Maio vai ser toda realizada em Embraer E190 de 106 lugares, o que significa que terá um total de 1.060 lugares por semana em voos de/para Lisboa.

AHP considera novas medidas de lay off “correctas e ponderadas”

31-03-2020 (14h13)

O presidente da AHP – Associação da Hotelaria de Portugal, Raul Martins, afirmou que as medidas de lay off “são correctas e ponderadas e vão ao encontro do que é necessário para continuar a garantir os postos de trabalho e assegurar que teremos capacidade no futuro para retomar a nossa actividade, mantendo os nossos excelentes profissionais”, e pediu uma extensão do prazo de reembolso do financiamento através das linhas de apoio vigentes para três anos.

Noticias mais lidas