Palácio da Pena apresenta Sala de Fumo e restaura aposentos de D. Carlos

19-12-2019 (15h24)

Palácio Nacional da Pena, Sintra (Foto: PSML, Luis Duarte)
Palácio Nacional da Pena, Sintra (Foto: PSML, Luis Duarte)

O Palácio da Pena, em Sintra, está a exibir a Sala de Fumo de D. Fernando II, com a disposição original das suas mobílias restauradas, e executou obras de restauro nos aposentos do rei D. Carlos.

O mobiliário da sala de Fumo do palácio foi adquirido por Fernando II à empresa lisboeta Barbosa e Costa, e retirado em 1939.

Fernando II, marido da rainha Maria II, mandou erigir este palácio, sob a traça de Wilhelm Ludwig von Eschweg, por volta de 1840.

“Os visitantes podem [agora] tomar contacto com o aspecto que esta divisão apresentava no tempo de D. Fernando II".

O percurso expositivo do palácio reconstitui, “na sala de Jantar e na Copa a vivência palaciana do reinado de D. Carlos", o neto de Fernando II que reinou de 1889 a 1908.

Nesta sala destaca-se a mesa, que "exibe a configuração e os objectos utilizados nesse período”, segundo a mesma fonte.

Os aposentos utilizados pelo rei Carlos – gabinete, quarto de cama e casa de banho – “foram [também] objecto de um restauro integral e as suas peças organizadas de acordo com a disposição que existia na fase final da monarquia”.

Foram agora restaurados e apresentados num “novo arranjo museográfico [que] permite compreender e imaginar o modo como esta dependência, decorada com base nos conceitos de simetria, beleza, informalidade, conforto e funcionalidade” da época.

A Sala de Fumo “é profundamente representativa do gosto decorativo empregue por D. Fernando II no Palácio da Pena, durante a década de 1860”.

Na Sala de Jantar e na Copa, o trabalho de reconstituição histórica “foca-se no aspecto destes compartimentos durante o reinado de D. Carlos” e da presença de sua mulher Amélia, que habitou o palácio entre 1890 e 1910.

O serviço de porcelana em exposição, “personalizado com a coroa real, foi encomendado em Limoges (Haviland), durante este reinado”, e os copos em cristal Baccarat são do mesmo período.

“A mesa está preparada para o serviço 'à russa', em que os pratos eram preparados nas mesas de apoio e servidos individualmente a cada conviva, representando os hábitos daquela época. Neste tipo de serviço, era habitual a apresentação de um menu informando a sucessão de pratos”, refere a PSML.

A mesa foi disposta com a reprodução do menu da ceia, servida em 20 de julho de 1900.

Os trabalhos de restauro levados a cabo nos aposentos do rei Carlos, compreenderam os revestimentos de parede, os tectos e os pavimentos, e também “todas peças de arte e de mobiliário, tendo ficado concluída com a reconstituição dos estofos e das cortinas”.

No gabinete do rei, as peças foram dispostas “de acordo com as informações recolhidas nos inventários históricos do Palácio, e conforme é possível observar em fotografias do período da monarquia”.

O quarto de cama “evoca o aparato de um aposento de dormir, real, e exibe diversas peças" que pertenciam às coleções possuídas por Carlos de Bragança Sabóia Bourbon e Saxe-Coburgo-Gotha, no Palácio das Necessidades, em Lisboa.

“Neste espaço, foram também colocadas duas telas e um pastel da autoria do monarca que, a par das telas inacabadas do gabinete, são representativas da sua obra pictórica”.

Estas intervenções representaram um investimento de cerca de 178 mil euros e incluíram, igualmente a “revisão geral das redes de infraestruturas, para garantir as melhores condições de segurança e de conservação do património”, declara a PSML.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver: Cá Dentro

Clique para ver: Actividades

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aljustrel tem o maior percurso mineiro urbano de Portugal

19-02-2020 (17h49)

O maior percurso mineiro urbano de Portugal está disponível em Aljustrel, oferecendo aos "amantes" de caminhadas a possibilidade de visitar e desvendar "segredos e riquezas" dos principais locais de interesse da vila mineira alentejana, divulgou hoje o município.

Castelo Branco promove prémio Eco-Criativo para o Carnaval

18-02-2020 (16h04)

O Carnaval de Castelo Branco, que começa na sexta-feira com um desfile com mais de três mil crianças, vai promover o prémio Eco-Criativo, que "visa estimular o aproveitamento de resíduos sólidos urbanos".

Primeira "Porta de Entrada" no Vale do Tua inaugurada em Murça

17-02-2020 (16h05)

A primeira “Porta de Entrada” no Parque Natural Regional do Vale do Tua (PNRVT) já foi inaugurada, em Murça, distrito de Vila Real, e pretende ser um espaço interactivo para a promoção turística e a descoberta do território.

Alta Mora anuncia 1ª edição do Festival das Amendoeiras em Flor

29-01-2020 (15h54)

Alta Mora, em Castro Marim, vai organizar a 1ª edição do Festival das Amendoeiras em Flor, com actividades como passeios entre as árvores em flor e uma viagem pelas tradições gastronómicas e artesanais algarvias, no primeiro fim-de-semana de Fevereiro.

Skydive Seven vendeu mais mil saltos de paraquedismo turístico em 2019

24-01-2020 (12h56)

A empresa portuguesa Skydive Seven, baseada no Algarve, executou mais de 6.000 saltos de paraquedismo turístico este ano, o que corresponde a um aumento de cerca de 21,2% ou mais 1.050 saltos que no ano anterior.

Noticias mais lidas