Vila do Bispo espera 10 mil pessoas no Festival do Perceve este fim-de-semana

29-08-2019 (11h41)

Foto: Kerstin Wrba / Unsplash
Foto: Kerstin Wrba / Unsplash

Cerca de 10 mil pessoas são esperadas no Festival do Perceve de Vila do Bispo, no Algarve, que decorre este fim-de-semana, estimando-se que seja consumida uma tonelada daquele marisco.

“O evento tem crescido anualmente, e as nossa expectativa é a de que este ano ultrapassemos o número de 9.800 visitantes de 2018”, disse à agência Lusa Paulo Lourenço, presidente da Associação de Marisqueiros de Vila do Bispo, a entidade organizadora.

Paulo Lourenço estima que durante os três dias do festival, que se realiza pelo 8º ano consecutivo, seja consumida uma tonelada de perceves ou percebes, “um dos mariscos mais procurados e que é uma referência” do concelho de Vila do Bispo.

“Um pouco mais de mil quilogramas é a quantidade de perceves que estimamos que seja consumida no evento, quantidade que tem a ver também com a apanha, tendo em conta a preservação da espécie, importante para a economia do concelho e dos marisqueiros”, destacou.

Além do perceve, o evento disponibiliza diversas iguarias da cozinha local e regional, confecionadas à base de marisco, como as papas de xerém (prato típico algarvio com farinha de milho e marisco), choco frito, navalheiras, polvo, moreia, mexilhões e lapas.

“Embora tenhamos outros pratos, a preferência é sempre para os perceves”, sublinhou o responsável, acrescentando que aquele marisco será vendido a 30 euros por quilograma.

Segundo Paulo Lourenço, o perceve de qualidade tem, em média, um preço entre os 30 e os 50 euros por quilograma.

Segundo Paulo Lourenço, os marisqueiros de Vila do Bispo iniciaram esta terça-feira, dia 27, a apanha do perceve, “aproveitando as marés grandes e o mar menos batido, condições que garantem um produto de qualidade”.

“O estado do mar tem sido favorável para o desenvolvimento do perceve, marisco que está com um grau de qualidade muito elevado”, assegurou.

O Festival do Perceve de Vila do Bispo, que já faz parte do calendário gastronómico anual do Algarve, vai decorrer no pavilhão da escola secundária, com capacidade para acolher mil pessoas sentadas.

O festival apresenta, também, um vasto cartaz de animação musical com grupos regionais.

O bilhete de entrada custa dois euros, que revertem a favor dos bombeiros voluntários locais.

O recinto está aberto de sexta-feira a Domingo entre as 13h00 e as 24h00.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Cá Dentro

Clique para ver mais: Gastronomia

Clique para ver mais: Actividades

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aljustrel tem o maior percurso mineiro urbano de Portugal

19-02-2020 (17h49)

O maior percurso mineiro urbano de Portugal está disponível em Aljustrel, oferecendo aos "amantes" de caminhadas a possibilidade de visitar e desvendar "segredos e riquezas" dos principais locais de interesse da vila mineira alentejana, divulgou hoje o município.

Castelo Branco promove prémio Eco-Criativo para o Carnaval

18-02-2020 (16h04)

O Carnaval de Castelo Branco, que começa na sexta-feira com um desfile com mais de três mil crianças, vai promover o prémio Eco-Criativo, que "visa estimular o aproveitamento de resíduos sólidos urbanos".

Primeira "Porta de Entrada" no Vale do Tua inaugurada em Murça

17-02-2020 (16h05)

A primeira “Porta de Entrada” no Parque Natural Regional do Vale do Tua (PNRVT) já foi inaugurada, em Murça, distrito de Vila Real, e pretende ser um espaço interactivo para a promoção turística e a descoberta do território.

Alta Mora anuncia 1ª edição do Festival das Amendoeiras em Flor

29-01-2020 (15h54)

Alta Mora, em Castro Marim, vai organizar a 1ª edição do Festival das Amendoeiras em Flor, com actividades como passeios entre as árvores em flor e uma viagem pelas tradições gastronómicas e artesanais algarvias, no primeiro fim-de-semana de Fevereiro.

Skydive Seven vendeu mais mil saltos de paraquedismo turístico em 2019

24-01-2020 (12h56)

A empresa portuguesa Skydive Seven, baseada no Algarve, executou mais de 6.000 saltos de paraquedismo turístico este ano, o que corresponde a um aumento de cerca de 21,2% ou mais 1.050 saltos que no ano anterior.

Noticias mais lidas