Alentejo e Ribatejo vão ter mais de 3.000 quilómetros de percursos cicláveis

29-05-2020 (17h46)

Foto: Unsplash / Flo Karr
Foto: Unsplash / Flo Karr

As regiões do Alentejo e do Ribatejo vão ter mais de 3.000 quilómetros de percursos cicláveis, anunciou a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), que iniciou, esta semana, o processo de pré-homologação.

O projeto ‘Cycling Alentejo e Ribatejo’, iniciativa da Entidade Regional de Turismo (ERT), deverá estar concluído no final deste ano, segundo um comunicado divulgado hoje pela FPC.

No fim dos trabalhos de homologação, ambas as regiões contarão com 3.105 quilómetros de percursos, dos quais 1.369 de BTT (Bicicleta Todo-o-Terreno), 931 de estrada e 805 de gravel (caminhos não pavimentados).

Além dos percursos, estarão disponíveis, no âmbito do mesmo projecto, oito centros 'Cyclin’Portugal' (infraestruturas de apoio aos ciclistas em diversas áreas), em Almodôvar, Arripiado, Arronches, Castelo Vide-Marvão, Coruche, Ourique, Portalegre e Serra d’Ossa.

A esta rede, segundo a FPC, vão somar-se, posteriormente, o Centro 'Cyclin’Portugal' de Odemira – Rota Vicentina, em fase final de homologação, e o Centro 'Cyclin’Portugal de Serpa', já homologado, alargando a oferta da região para perto de 4.000 quilómetros de percursos cicláveis.

A homologação de percursos cicláveis em todo o país, por parte da FPC, ao abrigo do projeto ‘Cyclin’Portugal’, insere-se numa estratégia de “afirmação de Portugal como destino para a práctica de turismo com bicicleta”, de acordo com o vice-presidente do organismo, Sandro Araújo, citado no comunicado.

“A parceria com o projecto ‘Cycling Alentejo e Ribatejo’ permitirá identificar e activar uma vasta rede de percursos de estrada, BTT e gravel para diferentes públicos, do nível iniciado até ao mais avançado”, disse o também coordenador do programa nacional ‘Ciclismo para Todos’.

O desenvolvimento de uma rede de percursos cicláveis homologados pela FPC pretende, ainda, de acordo com a página do projecto ‘Cyclin’Portugal’ na internet, facilitar a “regulamentação e orientação da práctica da modalidade na Natureza e em áreas protegidas”.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Cá Dentro

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Grupo Air France vai despedir 42% do staff da Hop! e 16% da Air France

06-07-2020 (19h09)

O Grupo Air France vai apresentar, em finais de Julho, um plano de reconstrução até 2022 que inclui a redução de 42% do staff na companhia aérea regional Hop! e 16% na companhia aérea Air France, num total de cerca de 7.580 postos de trabalho.

Três ruas no centro histórico de Lisboa passam a pedonais

06-07-2020 (18h33)

As ruas dos Bacalhoeiros, Nova da Trindade e João das Regras, na freguesia de Santa Maria Maior, em Lisboa, vão passar a ser pedonais, numa decisão tomada na sequência da crise provocada pela covid-19.

Paradiso Pure.Living Hotel integra Green Pearls

06-07-2020 (17h53)

A unidade hoteleira 100% vegetariana Paradiso Pure.Living Hotel faz parte da rede de hotéis da plataforma de informação e comunicação dedicada ao turismo sustentável Green Pearls.

Nortravel anuncia charter do Porto para Porto Santo em Agosto

06-07-2020 (17h51)

O operador turístico Nortravel lançou para o mercado uma operação charter para férias em Porto Santo em Agosto, com quatro partidas do Porto em voos contratados à TAP.

Seicheles reabrem fronteiras, mas barram entrada a visitantes de Portugal

06-07-2020 (16h45)

As Seicheles começaram a reabrir as fronteiras aos turistas estrangeiros, mas os viajantes procedentes de Portugal estão impedidos de entrar.

Opinião e Análise