Centenas de voos cancelados em Miami Voo da TAP está com indicação “on time”

26-08-2012 (16h06)

Quase 600 voos, incluindo 265 chegadas e 239 partidas, estavam com a indicação de cancelados ao começo da manhã de hoje no Miami International Airport, para onde partiu às 11h07 de hoje um voo da TAP, que no website do aeroporto norte-americano está com a indicação de ‘no horário’.

A imprensa norte-americana refere que a grande maioria dos voos cancelados são da American Airlines e da sua associada American Eagle e que as ligações mais afectadas são de e para as Caraíbas, em consequência da tempestade tropical Isaac.
O voo da TAP, o TP 113, está com a indicação “on time” relativamente ao horário de chegada, às 14h15 (locais, 19h15 em Portugal), embora de acordo com a informação no site da ANA tenha saído de Lisboa 37 minutos depois da hora prevista, às 11h07.
Para as 14h15 estava também prevista a chegada do voo da Lufthansa procedente de Frankfurt, mas o Aeroporto já está a indicar que está atrasada para as 15h05 (locais, 20h05 em Portugal).



Miami é uma das cidades das regiões do Sudeste da Florida que, de acordo com as informações do National Hurricane Center, estão com alerta de furacão (de Golden Beach até Ocean Reef) pela aproximação da Isaac que, no entanto, fará sentir os seus efeitos sobretudo na costa Oeste, do lado do Golfo do México.
Apesar de os meteorologistas preverem que o Isaac não atingirá directamente Miami, nem a costa Este, as autoridades, de acordo com a imprensa norte-americana, já têm em curso uma série de medidas de prevenção, entre as quais o encerramento das escolas amanhã nos condados Monroe, Miami-Dade e Broward.
Em Miami-Dade, de acordo com essas notícias, o Mayor Carlos Gimenez determinou, além disso, a retirada de pessoas que vivam em casas móveis ou edifícios considerados inseguros em áreas onde o risco de inundação é maior e dispensou do trabalho o pessoal do condado considerado não essencial para uma situação como a que se avizinha, bem como decidiu abrir três abrigos.
A imprensa diz que os aeroportos e portos de Miami e Fort Lauderdale “permanecem abertos, dependendo da intensidade do vento”, embora com cancelamentos que variam consoante as companhias, mas que foram encerrados os aeroportos Key West International e Marathon.
Além disso, acrescentam, A Royal Caribbean já decidiu adiar a partida do Allure of the Seas que estava marcada para hoje de Port Everglades, para terça-feira, com um novo itinerário, por Nassau, Bahamas e Cozumel, México, e mantém em aberto as horas de embarque e de partida do Majesty of the Seas, de Miami, porque o porto estará fechado a partir da tarde de hoje até amanhã de manhã, em hora a indicar.
As notícias também dizem que o Governador da Florida, Rick Scott, que será o anfitrião da Convenção Republicana marcada para amanhã em Tampa, já declarou o estado de emergência para reforçar os meios à disposição das autoridades locais.
A imprensa de Miami também já começou a referir-se ao impacto da tempestade no extremo Sul da península da Florida, onde, segundo o “Miami Herald”, as “bandas externas” da tempestade, com ventos entre 80 e 100 Km/h, já provocaram a interrupção do fornecimento de energia eléctrica a mais de cinco mil casas em Miami-Dade e Broward.
A estação de televisão CBS noticiou entretanto que os meteorologistas do NHC prevêem que no Golfo do México a ainda tempestade tropical Isaac atinja a intensidade de furacão de categoria 2, que é declarada quando os ventos são acima dos 154 Km/h.

Para ver a informação no site do NHC clique aqui.


Notícias anteriores:

Estados Unidos ampliam alerta de furacão até à foz do Mississippi

Cuba supera tempestade tropical Isaac apenas com danos ligeiros — imprensa de Havana

Tempestade Isaac agrava miséria no Haiti. Pelo menos três mortos confirmados

Isaac já atravessou Península Oeste do Haiti. Costa Oeste da Florida com alerta de furacão

Tempestade Isaac continua a provocar muita chuva e mar perigoso na Dominicana

Florida também já emitiu aviso de tempestade. Isaac fortaleceu-se nas últimas horas

Isaac deve chegar a Cuba no Sábado. Primeiro vai cruzar o Haiti

Dominicana espera chuvas torrenciais apesar de Isaac não ter chegado a furacão

Dominicana tem 18 províncias em alerta vermelho

Isaac traz trovoada e ondulação forte Caraíbas vivem a sua passagem

Isaac poderá não passar de furacão categoria 1 mas com chuva muito intensa

Dominicana emite aviso de furacão. Isaac esperado dentro de 48 horas

“Nove” já é tempestade tropical Isaac e dirige-se para a Dominicana, Jamaica e Cuba

Antilhas já emitiram avisos de tempestade pela aproximação da “depressão tropical Nove”

NHC identifica duas ameaças de tempestades tropicais para as Caraíbas

NHC informa estar em formação uma nova tempestade tropical no Atlântico


Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Estados Unidos com mais de 1.500 mortos pela covid-19 nas últimas 24 horas

20-05-2020 (11h11)

Os Estados Unidos, cujo presidente liderou a campanha negacionista da pandemia de covid-19 e agora quer passar a responsabilidade para a China e a Organização Mundial de Saúde, registaram mais 1.536 mortos pela infecção nas últimas 24 horas, elevando o total para 91.845, segundo um balanço da Universidade Johns Hopkins.

LATAM anuncia promoção para voos Lisboa – Asunción desde 499 euros

20-04-2020 (19h06)

A LATAM está a promover uma oferta para viajar de Lisboa para a capital do Paraguai, a cidade de Asunción, via São Paulo, a partir de 499 euros.

Las Vegas tem um novo slogan

31-01-2020 (16h35)

A famosa cidade de Las Vegas, no estado norte-americano do Nevada, tem um novo slogan, inspirado no famoso "what happens here, stays here", criado em 2003 pela R&R Partners.

Ritz-Carlton South Beach reabre após renovação

29-01-2020 (16h48)

O Ritz-Carlton South Beach, em Miami no estado norte-americano da Flórida, reabriu após um processo de renovação avaliado em cerca de 81,7 milhões de euros por parte dos grupos Flag Luxury e Lionstone.

Travelplan põe à venda circuitos no Canadá

14-01-2020 (17h37)

O operador turístico Travelplan divulgou para o mercado a sua programação para o Canadá, destacando a sua variedade, “desde montanhas e glaciares, passando por lagos e bosques até cidades cosmopolitas e multiculturais”.

Opinião e Análise