Na Tailândia, por cidades, montanhas e mar

14-02-2020 (15h37)

Aqui começa uma viagem à descoberta da diversidade de cenários e experiências na Tailândia, partindo da frenética capital para a tranquilidade das montanhas a Norte, terminando nas águas cristalinas das ilhas do Sul.

Começamos em Banguecoque, uma cidade que desarma qualquer um com a riqueza dos seus templos e a diversidade de experiências que proporciona, desde comer street food em Chinatown, descomprimir com uma massagem tailandesa ou ficar hipnotizado com o movimento das mãos das bailarinas das danças tradicionais (clique para ler: Banguecoque, dos templos à vida na rua).

Próximo da capital visitamos dois mercados que se fazem valer mais pelo local do que propriamente pelo que vendem: o Talad Rom Hoop (ou mercado de Maeklong), que se estende pelos dois lados de uma linha férrea, obrigando os comerciantes a recolher a mercadoria à passagem do comboio; e o Damnoen Saduak, um mercado flutuante onde o comércio se faz dentro de pequenos barcos num labirinto de canais (clique para ler: Mercados invulgares perto de Banguecoque).

Na segunda etapa visitamos o Norte da Tailândia, onde as cidades de Chiang Rai e Chiang Mai mostram outra faceta do país, a da beleza natural, das montanhas cobertas de vegetação atravessadas pelo rio Mekong e das tribos que nelas vivem (clique para ler: Norte da Tailândia, um dia em Chiang Rai / Norte da Tailândia, um templo na montanha em Chiang Mai).

E como a diversidade é abundante neste país, a viagem só podia terminar com uma nova mudança de cenário - depois da cidade e da montanha, o mar.

As ilhas Phuket e Phi Phi fecham o circuito com chave de ouro, com um passeio de barco à descoberta dos melhores locais para banhos e snorkeling, em águas quentes, abrigadas por enormes rochedos que se elevam a pique (clique para ler: Um passeio de barco e uns mergulhos nas ilhas Phuket e Phi Phi).

Para fazer este circuito, o operador turístico Solférias, organizador da viagem, contratou o receptivo Asian Trails e juntou-se à companhia aérea Turkish Airlines para transportar o grupo de/para Lisboa. Participaram dez agentes de viagens, um representante da Solférias e um representante da Turkish Airlines, além do PressTUR.

Para continuar a ler clique:

 

Por Luís Canto

O PressTUR viajou a convite do operador turístico Solférias

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Macau anuncia plano de recuperação para o turismo

20-05-2020 (17h14)

Macau, que em 2019 recebeu quase 40 milhões de turistas, divulgou esta semana um plano para a recuperação do turismo a realizar em três fases.

Passageiros que chegam a Díli ficam em auto-quarentena e sob observação

18-03-2020 (12h10)

Mais de uma centena de pessoas que chegaram a Díli nas últimas semanas estão a ser instruídas para ficar em auto-quarentena e a ser contactadas diariamente para avaliar a sua condição de saúde, disseram à Lusa responsáveis timorenses.

Índia suspende vistos para conter propagação do novo coronavírus

12-03-2020 (12h34)

A Índia anunciou que todos os vistos, excepto algumas categorias, estão suspensos até 15 de Abril, para conter a propagação do novo coronavírus.

Timor reforça restrições a visitantes de países mais afectados pelo coronavírus

11-03-2020 (10h26)

Timor-Leste reforçou as medidas temporárias de restrição de entrada de cidadãos estrangeiros que tenham estado na China, Coreia do Sul, Itália e Irão, como prevenção face ao surto do novo coronavírus.

Solférias lança novos programas para viagens à Turquia

21-02-2020 (17h23)

O operador turístico Solférias lançou para o mercado novos programas para viagens à Turquia, que descreve como “um país riquíssimo, com um vasto património cultural de diferentes épocas”.

Opinião e Análise