Na Tailândia, por cidades, montanhas e mar

14-02-2020 (15h37)

Aqui começa uma viagem à descoberta da diversidade de cenários e experiências na Tailândia, partindo da frenética capital para a tranquilidade das montanhas a Norte, terminando nas águas cristalinas das ilhas do Sul.

Começamos em Banguecoque, uma cidade que desarma qualquer um com a riqueza dos seus templos e a diversidade de experiências que proporciona, desde comer street food em Chinatown, descomprimir com uma massagem tailandesa ou ficar hipnotizado com o movimento das mãos das bailarinas das danças tradicionais (clique para ler: Banguecoque, dos templos à vida na rua).

Próximo da capital visitamos dois mercados que se fazem valer mais pelo local do que propriamente pelo que vendem: o Talad Rom Hoop (ou mercado de Maeklong), que se estende pelos dois lados de uma linha férrea, obrigando os comerciantes a recolher a mercadoria à passagem do comboio; e o Damnoen Saduak, um mercado flutuante onde o comércio se faz dentro de pequenos barcos num labirinto de canais (clique para ler: Mercados invulgares perto de Banguecoque).

Na segunda etapa visitamos o Norte da Tailândia, onde as cidades de Chiang Rai e Chiang Mai mostram outra faceta do país, a da beleza natural, das montanhas cobertas de vegetação atravessadas pelo rio Mekong e das tribos que nelas vivem (clique para ler: Norte da Tailândia, um dia em Chiang Rai / Norte da Tailândia, um templo na montanha em Chiang Mai).

E como a diversidade é abundante neste país, a viagem só podia terminar com uma nova mudança de cenário - depois da cidade e da montanha, o mar.

As ilhas Phuket e Phi Phi fecham o circuito com chave de ouro, com um passeio de barco à descoberta dos melhores locais para banhos e snorkeling, em águas quentes, abrigadas por enormes rochedos que se elevam a pique (clique para ler: Um passeio de barco e uns mergulhos nas ilhas Phuket e Phi Phi).

Para fazer este circuito, o operador turístico Solférias, organizador da viagem, contratou o receptivo Asian Trails e juntou-se à companhia aérea Turkish Airlines para transportar o grupo de/para Lisboa. Participaram dez agentes de viagens, um representante da Solférias e um representante da Turkish Airlines, além do PressTUR.

Para continuar a ler clique:

 

Por Luís Canto

O PressTUR viajou a convite do operador turístico Solférias

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Tailândia emite visto para visitantes de longa duração

12-11-2020 (12h36)

Os residentes em Portugal vão poder requerir um visto de visitante de longa duração, de 60 a 90 dias, na Embaixada da Tailândia em Lisboa a partir de 15 de Novembro, mediante condições.

Visitantes em Macau quase duplicam num mês, mas longe dos níveis pré-covid

23-10-2020 (17h39)

O número de visitantes em Macau em Setembro quase duplicou em relação a Agosto, devido à retoma da emissão de vistos por parte da China, contudo ainda longe dos níveis pré-pandemia.

Marriott estreia marca Aloft no Japão

01-10-2020 (16h22)

A Marriott International abriu o primeiro hotel da sua marca Aloft no Japão, em Tóquio, uma unidade hoteleira com um design arrojado e cores brilhantes, num piscar de olho ao movimento cultural dos anos 1960 Miyuki-zoku.

Trabalhadores dos casinos de Macau vão utilizar máscaras até 22 de Março

23-09-2020 (10h50)

Todos os trabalhadores dos casinos de Macau vão continuar a ser obrigados a utilizar máscara até 22 de Março de 2021, segundo um despacho divulgado hoje pelo director dos Serviços de Saúde da capital mundial do jogo.

Taj Mahal reabre apesar de elevado número de novos casos diários de covid-19 na Índia

21-09-2020 (11h11)

O Taj Mahal, o monumento mais visitado na Índia, reabriu hoje após seis meses encerrado por causa da pandemia, apesar de o número diário de novos casos de covid-19 no país se manter perto dos 90 mil.

Opinião e Análise