Brasil cria linha de crédito de 45 milhões de euros para áreas afectadas por derrame de petróleo

28-10-2019 (22h13)

O ministro do Turismo brasileiro, Marcelo Álvaro António, anunciou que irá disponibilizar uma linha de crédito de 200 milhões de reais (45 milhões de euros) para as regiões nordestinas afectadas pelo derrame de petróleo.

“O Ministério do Turismo irá disponibilizar 200 milhões de reais do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), através de agentes financeiros da linha de crédito, com condições diferentes de prazos e custos. O objectivo é ajudar pequenos empreendimentos turísticos a superar um possível período de retracção das suas actividades", refere a tutela num comunicado no seu website.

Numa visita à praia de Porto de Galinhas, no estado de Pernambuco, o ministro afirmou que os recursos do Fundo têm condições para atender pequenos e médios empresários afectados pelo derrame de petróleo na região, que acontece desde finais de Agosto.

"As linhas de crédito do Fungetur são muito atractivas do ponto de vista de prazo, custo do crédito e carências para estados e cidades que tiveram impacto do óleo vindo do mar", declarou o governante.

O Fungetur é operado no nordeste pela Caixa Económica Federal e pelo Banco do Estado de Sergipe (Banese).

De acordo com a Marinha brasileira, foram mobilizados militares para as áreas contaminadas desde 2 de Setembro, data em que o aparecimento do petróleo nas praias foi detectado. Contudo, o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) indica que verificou as primeiras manchas a 30 de Agosto, na Paraíba.

Centenas de voluntários, residentes na região do Nordeste, também se mobilizaram para limpar, através dos seus próprios meios, as manchas de petróleo das praias, situação que o governante aproveitou para agradecer.

"Gostaria de agradecer à comunidade e ao voluntariado das pessoas junto da Marinha e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para garantir que as praias de Porto de Galinhas e outras da região continuem limpas e aptas ao banho. O Governo Federal trabalha para identificar a causa e a solução de limpeza das praias", referiu Marcelo Álvaro António.

O Ministério do Turismo informou que o edital para credenciar novos agentes financeiros, para responder à região afectada, será publicado nos próximos dias.

(PressTUR com Agência Lusa)

Ver também:

Desastre ambiental nas praias do Nordeste brasileiro sem fim à vista 

  

Clique para ver mais: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Neya Lisboa Hotel distinguido com um Energy Globe Award

03-07-2020 (18h47)

O Neya Lisboa Hotel, a primeira unidade do grupo Neya Hotels, foi distinguido com um Energy Globe Award, que destaca "projectos inovadores no sector da eficiência energética, energias renováveis e conservação de recursos em prol do ambiente".

InterContinental Porto - Palácio das Cardosas reabre a 15 de Julho

03-07-2020 (17h55)

O 5-estrelas InterContinental Porto - Palácio das Cardosas, na Avenida dos Aliados no Porto, vai reabrir a 15 de Julho com duas campanhas promocionais.

Vila Galé anuncia novidades nas zonas exteriores dos seus hotéis

03-07-2020 (16h54)

O Grupo Vila Galé, de acordo com o programa anual de renovações dos seus hotéis, tem novidades em zonas exteriores de alguns dos seus hotéis, incluindo um novo lounge com espreguiçadeiras e sofá no Vila Galé Ericeira.

Furnas Boutique Hotel reabre a 1 de Agosto com duas campanhas promocionais

03-07-2020 (13h37)

O 4-estrelas Furnas Boutique Hotel, unidade hoteleira nos Açores gerida pela Discovery Hotel Management (DHM), vai retomar operação a 1 de Agosto com duas campanhas promocionais.

Dom Pedro Madeira reabre a 16 de Julho

02-07-2020 (19h07)

O 4-estrelas Dom Pedro Madeira Ocean Beach Hotel, situado na costa leste da ilha da Madeira, a 5 minutos do Aeroporto Internacional da Madeira, vai reabrir a 16 de Julho com o selo Clean & Safe do Turismo de Portugal.

Opinião e Análise