Cabo Verde adia retoma dos voos internacionais para Agosto – Governo

24-06-2020 (13h35)

O Governo cabo-verdiano decidiu adiar de Julho para Agosto a retoma dos voos internacionais de/para o arquipélago, alegando o recrudescimento de casos de covid-19 na Europa, nomeadamente em Portugal, que no entanto foi apenas o 4º maior emissor para o país em 2019.

A informação foi avançada à Lusa pelo ministro cabo-verdiano do Turismo e dos Transportes, Carlos Santos, que comentou: "o que se fez foi a avaliação daquilo que está a acontecer na Europa, designadamente em Portugal que é o nosso principal parceiro, com o recrudescimento dos casos na última semana, nomeadamente na zona metropolitana de Lisboa, e também com algum aumento de casos nas ilhas".

Dados do INE cabo-verdiano dizem, porém, que em 2019 os britânicos representaram 24% dos hóspedes alojados na hotelaria do país, seguindo-se os alemães, com 11,3%, e os franceses, com 10,4%, e só depois os portugueses, com 9,8%.

Desde 19 de Março que Cabo Verde suspendeu todas as ligações aéreas internacionais para conter a propagação da pandemia de covid-19, permitindo apenas voos de repatriamento.

O plano de desconfinamento, iniciado em Junho após dois meses de estado de emergência, previa a retoma dos voos no próximo mês e a Cabo Verde Airlines tinha já anunciado que previa retomar as ligações aéreas em 1 de Julho, com um voo para Paris (França)

"Perante as avaliações que vamos fazendo diariamente e mediante o parecer do Ministério da Saúde, acabamos por adiar a reabertura dos voos internacionais para Agosto. Achamos que é a decisão mais correta porque a saúde dos cabo-verdianos é o mais importante", afirmou Carlos Santos.

Cabo Verde recebeu em 2019 cerca de 819 mil turistas, sector que tem um peso de 25% do Produto Interno Bruto (PIB), mas o Governo já admitiu que o país vai perder este ano meio milhão de visitantes, devido à pandemia.

De acordo com o ministro Carlos Santos, a decisão de adiar por um mês a retoma das ligações aéreas internacionais é justificada ainda com o mercado: "A procura turística no mês de Julho não está a ser tão rápida como era de esperar".

O objetivo é reabrir o país "em condições", nomeadamente ao nível dos procedimentos e protocolos de segurança sanitária, no âmbito do projeto em desenvolvimento com todas as empresas do setor turístico nas ilhas de Santiago, Sal e Boa Vista, para "dar confiança" aos turistas.

O ministro disse também que ainda não há um dia definido para a retoma dos voos, mas que quando acontecer será em simultâneo para os quatro aeroportos internacionais, Santiago, Sal, Boa Vista e São Vicente.

"Podemos considerar que é uma decisão segura mediante os inputs e as variáveis que nós temos neste momento e os próprios operadores turísticos acabarão por entender. Temos de reabrir com segurança e com tranquilidade", rematou Carlos Santos.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Cabo Verde

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Cabo Verde fixa preço máximo de 127 euros para testes de covid-19

09-09-2020 (17h28)

A Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS) de Cabo Verde fixou em 14.000 escudos (127 euros) o preço máximo a cobrar pelos laboratórios do arquipélago pela realização de testes de despiste à covid-19.

Cabo Verde afasta presidente do Instituto do Turismo, há menos de um ano no cargo

04-09-2020 (16h02)

O Governo cabo-verdiano afastou o presidente do Conselho Diretivo do Instituto do Turismo de Cabo Verde (ITCV), João Manuel Chantre, nomeado para as funções há menos de um ano, sem anunciar quem sucederá no cargo.

Oásis Atlântico reabre hotel na Ilha de Santiago (Cabo Verde) amanhã

31-08-2020 (16h05)

O grupo hoteleiro português Oásis Atlântico anunciou que vai reabrir amanhã, dia 1 de Setembro, o hotel Oásis Atlântico Praiamar, na Ilha de Santiago, em Cabo Verde, depois de ter estado cinco meses encerrado.

Cabo Verde reabre fronteiras internacionais na segunda quinzena de Agosto

29-07-2020 (10h45)

Cabo Verde vai retomar os voos comerciais internacionais na segunda quinzena de Agosto e “muito provavelmente” vai exigir a apresentação de testes antecipados à covid-19 aos visitantes e turistas, disse à Lusa o ministro do Turismo.

Grupo cabo-verdiano Ouril vai inaugurar hotel de 107 quartos em São Vicente

18-06-2020 (12h03)

Cabo Verde vai ter, ainda este ano, o seu maior hotel totalmente de capital cabo-verdiano, com 107 quartos, localizado na ilha de São Vicente, anunciou a agência de investimentos do país, a Cabo Verde TrandeInvest.

Opinião e Análise