Cienfuegos: um toque francês em Cuba

24-03-2017 (06h01)

Cienfuegos, a Pérola do Sul de Cuba, é a única cidade cubana em que os franceses foram pioneiros e isso revela-se nos edifícios e nas ruas, no estilo elegante das construções que compõem esta cidade moderna instalada sobre uma baía.

Cienfuegos começou a ser construída por imigrantes das colónias francesas em 1819, com autorização dos colonizadores espanhóis, que tiraram partido das vantagens da região, os terrenos férteis para a produção de açúcar, café e tabaco e a sua baía, usada como porto comercial.

O centro histórico da cidade, declarado Património Mundial pela UNESCO, reúne uma série de edifícios que demonstram esse distinto toque francês.

É no Parque José Martí que estão algumas das principais construções antigas da cidade, como o Arco do Triunfo, o único no país, e o Capitólio, que além do Capitólio de Havana é também o único na ilha.

A Catedral da Puríssima Conceição, do século XIX, é outro dos edifícios de destaque na praça, da qual sobressai o campanário, que parece não pertencer ao resto do edifício por ter sido construído mais de uma década depois de concluída a obra.

Em redor do parque estão ainda o Colégio San Lorenzo, dos anos 1920, o Teatro Tomás Terry, uma construção inaugurada em 1898, charmosa por dentro e por fora, de influência francesa e italiana, e o Museu Provincial, que conta a história da região.

Saindo do Parque José Martí para percorrer a maior rua da cidade, o Paseo del Prado, encontra-se uma série de edifícios neoclássicos interessantes, até que a avenida se converte no Malécon de Cienfuegos, onde é possível caminhar junto ao mar até chegar a Punta Gorda, o bairro rico da cidade.

Há alguns destaques entre as casas e palacetes dos anos 1920 em Punta Gorda, como o Palacio Azul, um hotel de charme com sete quartos, o Club Cienfuegos, onde servem refeições e vendem excursões de barco, ou o Palácio de Valle, um edifício grandioso de arquitectura mourisca com vista para o mar, onde está instalado um restaurante de peixe e marisco.

Junto ao Palácio de Valle encontra-se o Hotel Jagua, instalado num edifício dos anos 1950 onde os quartos dos andares cimeiros oferecem uma vista magnífica para o mar.

Para ficar no centro de Cienfuegos, uma das opções é o Hotel La Unión, um palacete colonial junto ao Parque José Martí, com 46 quartos, um elegante pátio interior, um terraço e uma piscina.

Uma viagem de carro até Cienfuegos leva cerca de duas horas e meia partindo de Havana ou de Varadero, enquanto de Cayo Coco a viagem é de aproximadamente quatro horas.

Junto a Cienfuegos, a apenas uma hora e meia, encontra-se a cidade de Trinidad, uma das cidades coloniais mais ricas e bem preservadas das Américas, declarada Património Mundial pela UNESCO.

 

O PressTUR visitou Cuba a convite do Ministério de Turismo de Cuba


Continua:

Varadero: paraíso do sol e mar

Descobrir em Havana a singularidade de Cuba

Havana: quatro praças emblemáticas

Vales e penhascos na tranquilidade de Viñales

Remedios: uma cidade colonial para descontrair

Cayo Santa Maria para relaxar e mergulhar

Reviver a história de Che Guevara em Santa Clara

Trinidad: um tesouro colonial entre o mar e a serra

Trinidad: serra e praia

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

República Dominicana torna obrigatório teste de covid-19 para entrar no país

31-07-2020 (16h34)

A República Dominicana anunciou que para entrar no país passou a ser obrigatório apresentar um teste de covid-19 negativo ou fazer um teste rápido no aeroporto, sem custos para o visitante.

Charters para as Caraíbas cancelados em Julho e Agosto

08-07-2020 (18h44)

As praias e resorts das Caraíbas, tanto da Dominicana como do México e de Cuba, que todos os anos atraem milhares de portugueses que viajam com pacotes turísticos, este ano não os vão ter, pelo menos nos meses de ‘pico’ de Verão, pois os voos charter já estão cancelados.

Havana começa a desconfinar e Cayos podem abrir ao turismo internacional na sexta-feira

02-07-2020 (09h31)

Havana vai iniciar a primeira fase do programa de desconfinamento esta sexta-feira, dia 3, enquanto as restantes províncias, excepto Matanzas, passam à segunda etapa, que significa que os Cayos podem reabrir ao turismo internacional, “dependendo da procura”.

República Dominicana reabre hoje ao turismo com “fortes medidas sanitárias”

01-07-2020 (16h52)

O Turismo da República Dominicana anunciou que o país reabriu hoje ao turismo internacional, tendo implementado “fortes medidas sanitárias” nos aeroportos, que são a principal porta de entrada dos turistas.

República Dominicana está pronta para receber turistas a partir de 1 de Julho

16-06-2020 (18h43)

“A indústria do turismo dominicano está pronta para começar a receber turistas a partir de 1 de Julho”, anunciou o ministro do Turismo, Francisco Javier García.

Opinião e Análise