Cienfuegos: um toque francês em Cuba

24-03-2017 (06h01)

Cienfuegos, a Pérola do Sul de Cuba, é a única cidade cubana em que os franceses foram pioneiros e isso revela-se nos edifícios e nas ruas, no estilo elegante das construções que compõem esta cidade moderna instalada sobre uma baía.

Cienfuegos começou a ser construída por imigrantes das colónias francesas em 1819, com autorização dos colonizadores espanhóis, que tiraram partido das vantagens da região, os terrenos férteis para a produção de açúcar, café e tabaco e a sua baía, usada como porto comercial.

O centro histórico da cidade, declarado Património Mundial pela UNESCO, reúne uma série de edifícios que demonstram esse distinto toque francês.

É no Parque José Martí que estão algumas das principais construções antigas da cidade, como o Arco do Triunfo, o único no país, e o Capitólio, que além do Capitólio de Havana é também o único na ilha.

A Catedral da Puríssima Conceição, do século XIX, é outro dos edifícios de destaque na praça, da qual sobressai o campanário, que parece não pertencer ao resto do edifício por ter sido construído mais de uma década depois de concluída a obra.

Em redor do parque estão ainda o Colégio San Lorenzo, dos anos 1920, o Teatro Tomás Terry, uma construção inaugurada em 1898, charmosa por dentro e por fora, de influência francesa e italiana, e o Museu Provincial, que conta a história da região.

Saindo do Parque José Martí para percorrer a maior rua da cidade, o Paseo del Prado, encontra-se uma série de edifícios neoclássicos interessantes, até que a avenida se converte no Malécon de Cienfuegos, onde é possível caminhar junto ao mar até chegar a Punta Gorda, o bairro rico da cidade.

Há alguns destaques entre as casas e palacetes dos anos 1920 em Punta Gorda, como o Palacio Azul, um hotel de charme com sete quartos, o Club Cienfuegos, onde servem refeições e vendem excursões de barco, ou o Palácio de Valle, um edifício grandioso de arquitectura mourisca com vista para o mar, onde está instalado um restaurante de peixe e marisco.

Junto ao Palácio de Valle encontra-se o Hotel Jagua, instalado num edifício dos anos 1950 onde os quartos dos andares cimeiros oferecem uma vista magnífica para o mar.

Para ficar no centro de Cienfuegos, uma das opções é o Hotel La Unión, um palacete colonial junto ao Parque José Martí, com 46 quartos, um elegante pátio interior, um terraço e uma piscina.

Uma viagem de carro até Cienfuegos leva cerca de duas horas e meia partindo de Havana ou de Varadero, enquanto de Cayo Coco a viagem é de aproximadamente quatro horas.

Junto a Cienfuegos, a apenas uma hora e meia, encontra-se a cidade de Trinidad, uma das cidades coloniais mais ricas e bem preservadas das Américas, declarada Património Mundial pela UNESCO.

 

O PressTUR visitou Cuba a convite do Ministério de Turismo de Cuba


Continua:

Varadero: paraíso do sol e mar

Descobrir em Havana a singularidade de Cuba

Havana: quatro praças emblemáticas

Vales e penhascos na tranquilidade de Viñales

Remedios: uma cidade colonial para descontrair

Cayo Santa Maria para relaxar e mergulhar

Reviver a história de Che Guevara em Santa Clara

Trinidad: um tesouro colonial entre o mar e a serra

Trinidad: serra e praia

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Havana começa a desconfinar e Cayos podem abrir ao turismo internacional na sexta-feira

02-07-2020 (09h31)

Havana vai iniciar a primeira fase do programa de desconfinamento esta sexta-feira, dia 3, enquanto as restantes províncias, excepto Matanzas, passam à segunda etapa, que significa que os Cayos podem reabrir ao turismo internacional, “dependendo da procura”.

República Dominicana reabre hoje ao turismo com “fortes medidas sanitárias”

01-07-2020 (16h52)

O Turismo da República Dominicana anunciou que o país reabriu hoje ao turismo internacional, tendo implementado “fortes medidas sanitárias” nos aeroportos, que são a principal porta de entrada dos turistas.

República Dominicana está pronta para receber turistas a partir de 1 de Julho

16-06-2020 (18h43)

“A indústria do turismo dominicano está pronta para começar a receber turistas a partir de 1 de Julho”, anunciou o ministro do Turismo, Francisco Javier García.

Cayos serão os primeiros destinos em Cuba a abrir ao turismo internacional

15-06-2020 (13h43)

O Conselho de Ministros cubano aprovou uma estratégia de desconfinamento que prevê que os Cayos do Norte e do Sul do país serão os primeiros destinos a abrir ao turismo internacional.

Jolidey já vende Caraíbas e Ilhas Espanholas para viagens a partir de Julho

05-06-2020 (12h23)

O operador turístico Jolidey anunciou ao mercado que vai retomar no dia 15 de Julho as suas operações para Cancún, Punta Cana, Varadero, Maiorca, Menorca e Tenerife.

Opinião e Análise