Conheça três chefs internacionais que privilegiam uma filosofia orgânica

28-10-2020 (18h59)

A Green Pearls, plataforma de comunicação e informação dedicada ao turismo sustentável, destacou as chefs Patricia Yeo, Verena Ganzer e Manuela Botte, que recorrem a uma filosofia orgânica nas suas criações gastronómicas.

Patricia Yeo abriu o seu primeiro restaurante, o AZ em Nova Iorque, em 1999, tendo recebido duas estrelas Michelin três anos depois, sendo que em 2004 recebeu três estrelas do New York Times pelo seu restaurante de gastronomia mediterrânea, Pazo, e em 2008 duas estrelas da mesma publicação pelo seu restaurante de inspiração francesa e vietnamita, Sapa.

Em comunicado, a Green Pearls afirma que "o seu sucesso assenta na combinação da sua educação internacional, que a levou da Malásia para Inglaterra e para os Estados Unidos, com a sua precisão de um cientista formado".

Em 2020 começou a trabalhar no Maslina Resort, na ilha de Hvar na Croácia, e cumpriu o desejo de ter um jardim que produz todos os ingredientes para as suas criações, e tem a oportunidade de criar menus customizados, combinando "as suas experiências culinárias diversas com a sua filosofia sustentável".

"Cozinha o que a região gourmet de Este de Tirol tem para oferecer" é o mote da chef Verena Ganzer, que se dedica a reinventar a cozinha tirolesa no restaurante INSIDE do Naturhotel Outside, na Áustria, onde trabalha desde 2016 como entremier, e desde 2018 como responsável pela cozinha.

A base dos seus menus são pratos regionais e tradicionais "preparados de uma forma moderna e surpreendente" combinando especialidades alpinas e mediterrâneas com ervas aromáticas da região, e reinterpretando pratos clássicos de acordo com a disponibilidade sazonal dos ingredientes que são cultivados de forma orgânica no jardim do hotel.

Manuela Botte é a proprietária do Locanda Mistral, em Itália, perto da fronteira com a França, onde acumula funções como chef executiva, privilegiando a gastronomia tradicional do Vale de Maira.

As suas criações são "baseadas em ingredientes de topo, e a sua disponibilidade sazonal e regional determina a selecção dos pratos" no menu. O pão também é fabricado no local, com recurso a trigo do Este de Tirol, bem como as compotas e geleias.

A chef privilegia produtos orgânicos, sendo o seu marido responsável pelo jardim de vegetais e ervas aromáticas. A Green Pearls cita o hotel Locanda Mistral afirmando que "é a fragrância intensa de cada erva colhida na hora que tornam os pratos de Manuela tão saborosos".

Clique para ver mais: Gastronomia

Clique para ver mais: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Alemanha regista mais de um milhão de casos de coronavírus

27-11-2020 (13h21)

A Alemanha registou mais de um milhão de casos de infectados com o novo coronavírus desde o início da pandemia.

MSC Cruzeiros promove cruzeiros de Natal e Ano Novo

26-11-2020 (19h49)

A MSC Cruzeiros está a promover itinerários de Natal e Ano Novo no Mediterrâneo Ocidental a bordo do MSC Grandiosa e do MSC Magnífica com preços a começar nos 549 euros.

Summit Lodges Pfunds é o novo membro da Green Pearls

10-11-2020 (18h03)

A unidade hoteleira de luxo Summit Lodges Pfunds, na Áustria, é o novo membro da plataforma de comunicação e informação dedicada ao turismo sustentável Green Pearls.

Aegean mantém todas as ligações domésticas mas reduz internacionais durante isolamento

09-11-2020 (12h02)

A companhia aérea grega Aegean Airlines anunciou que vai manter todas as suas ligações domésticas e a maioria da sua rede de rotas internacionais, fazendo ajustes nas suas frequências de acordo com as restrições impostas no decorrer do segundo período de isolamento imposto na Grécia.

Manoah - Houses by the Lake é o novo hotel Green Pearls

06-11-2020 (14h07)

A plataforma de comunicação e informação dedicada ao turismo sustentável Green Pearls integrou o Manoah - Houses by the Lake, uma unidade hoteleira na zona montanhosa da Turíngia, na Alemanha.

Opinião e Análise