Guiné-Bissau introduz taxa de teste à covid-19 para viagens aéreas

19-11-2020 (12h32)

Os viajantes que queiram fazer ligações aéreas devem pagar uma taxa de 45 euros por teste à covid-19 ao Alto-Comissariado para a Covid-19 da Guiné-Bissau.

O governo da Guiné-Bissau, de acordo com a Agência Lusa, justifica com a falta de recursos a incapacidade para manter testes gratuitos, e o custo elevado dos mesmos.

A proposta para este decreto divulgado pela Presidência da Guiné-Bissau foi feita pelo Alto-Comissariado para a Covid-19, de forma a que os viajantes comparticipem os seus custos.

Clique para ver mais: África


Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Casinos Espinho e Chaves encerram nos fins-de-semana prolongados de Dezembro

27-11-2020 (16h03)

Os Casinos Espinho e Chaves, do Grupo Solverde, vão encerrar durante os fins-de-semana prolongados de Dezembro, enquanto que os Casinos do Algarve vão continuar em funcinamento com o horário normal.

Meliá Hotels anuncia descontos até 50% esta Black Friday

27-11-2020 (15h38)

A Meliá Hotels International lançou para o mercado uma campanha Black Friday com descontos até 50% e cancelamentos gratuitos, para reservas efectuadas até Domingo, dia 29.

Bestravel lança promoções Black Week para vários destinos

27-11-2020 (15h09)

A rede de agências de viagens Bestravel lançou para o mercado uma campanha de promoções Black Week para viagens para vários destinos, destacando pacotes com alojamento em regime de tudo incluído (TI) e cancelamento gratuito.

Abreu anuncia ofertas Black Week para Portugal, ilhas espanholas e Caraíbas

27-11-2020 (14h27)

A rede de agências de viagens Abreu está a promover ofertas para escapadas e viagens em Portugal, ilhas espanholas e Caraíbas, para reservas até segunda-feira, 30 de Novembro.

Brasil já registou mais de 171 mil mortes por covid-19

27-11-2020 (13h55)

O Brasil já registou mais de 171 mil mortes por covid-19 e 6,2 milhões de infecções pelo novo coronavírus desde o início da pandemia, tendo registado nas últimas 24 horas 691 mortes e mais de 37.000 novas infecções.

Opinião e Análise