Na Tailândia, por cidades, montanhas e mar

14-02-2020 (15h37)

Aqui começa uma viagem à descoberta da diversidade de cenários e experiências na Tailândia, partindo da frenética capital para a tranquilidade das montanhas a Norte, terminando nas águas cristalinas das ilhas do Sul.

Começamos em Banguecoque, uma cidade que desarma qualquer um com a riqueza dos seus templos e a diversidade de experiências que proporciona, desde comer street food em Chinatown, descomprimir com uma massagem tailandesa ou ficar hipnotizado com o movimento das mãos das bailarinas das danças tradicionais (clique para ler: Banguecoque, dos templos à vida na rua).

Próximo da capital visitamos dois mercados que se fazem valer mais pelo local do que propriamente pelo que vendem: o Talad Rom Hoop (ou mercado de Maeklong), que se estende pelos dois lados de uma linha férrea, obrigando os comerciantes a recolher a mercadoria à passagem do comboio; e o Damnoen Saduak, um mercado flutuante onde o comércio se faz dentro de pequenos barcos num labirinto de canais (clique para ler: Mercados invulgares perto de Banguecoque).

Na segunda etapa visitamos o Norte da Tailândia, onde as cidades de Chiang Rai e Chiang Mai mostram outra faceta do país, a da beleza natural, das montanhas cobertas de vegetação atravessadas pelo rio Mekong e das tribos que nelas vivem (clique para ler: Norte da Tailândia, um dia em Chiang Rai / Norte da Tailândia, um templo na montanha em Chiang Mai).

E como a diversidade é abundante neste país, a viagem só podia terminar com uma nova mudança de cenário - depois da cidade e da montanha, o mar.

As ilhas Phuket e Phi Phi fecham o circuito com chave de ouro, com um passeio de barco à descoberta dos melhores locais para banhos e snorkeling, em águas quentes, abrigadas por enormes rochedos que se elevam a pique (clique para ler: Um passeio de barco e uns mergulhos nas ilhas Phuket e Phi Phi).

Para fazer este circuito, o operador turístico Solférias, organizador da viagem, contratou o receptivo Asian Trails e juntou-se à companhia aérea Turkish Airlines para transportar o grupo de/para Lisboa. Participaram dez agentes de viagens, um representante da Solférias e um representante da Turkish Airlines, além do PressTUR.

Para continuar a ler clique:

 

Por Luís Canto

O PressTUR viajou a convite do operador turístico Solférias

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Rotas do Vento promove "Travessia do Parque Ordesa e Ascenção do Monte Perdido"

18-09-2020 (17h44)

A agência de viagens Rotas do Vento está a promover um circuito nos Pirinéus espanhóis pelo Parque Ordesa, com ascenção ao Monte Perdido, e uma passagem por França para admirar a cascata mais alta da Europa Ocidental, com saída a 26 de Setembro.

Sonhando prolonga oferta de 15% de desconto para férias em Porto Santo

18-09-2020 (17h44)

O operador turístico Sonhando prolongou o período de reserva da sua oferta de 15% de desconto para férias em Porto Santo com alojamento no Hotel Vila Baleira.

Soltrópico oferece drone a agência de viagens que reservar oito lugares para Porto Santo

18-09-2020 (17h26)

O operador turístico Soltrópico anunciou que vai oferecer um drone à agência de viagens que fizer uma reserva de oito ou mais pessoas para Porto Santo na partida de 28 de Setembro.

Centro de Visitantes da Gruta das Torres substitui gerador a gasóleo por painéis solares fotovoltaicos

17-09-2020 (13h29)

O Centro de Visitantes da Gruta das Torres, na ilha do Pico, vai ser alimentado por painéis solares fotovoltaicos ligados a uma bateria, em substituição do actual gerador a gasóleo, num investimento de 30 mil euros, afirmou o executivo.

Macau antecipa e investe 2,2 ME no Festival de Luz

17-09-2020 (12h46)

Macau vai antecipar o Festival de Luz de Dezembro para Setembro e investir 2,2 milhões de euros naquele que será o primeiro grande evento desde o início da pandemia e “um primeiro passo” para promover a imagem de uma cidade segura, anunciaram hoje as autoridades.

Opinião e Análise