17ª Convenção GEA: Turismo do Centro quer manter o talento em Portugal e reforçar a aposta nas 'cidades secundárias'

29-11-2021 (19h33)

Pedro Machado, presidente da Entidade Regional Turismo do Centro
Pedro Machado, presidente da Entidade Regional Turismo do Centro

O presidente da Entidade Regional Turismo do Centro, Pedro Machado, reforçou a necessidade de reter o talento e mão-de-obra em Portugal e de apostar em territórios do interior, no seu discurso de abertura da 17ª Convenção Nacional da GEA Portugal, este fim-de-semana em Fátima.

No dia do seu aniversário, o presidente da Entidade Regional Turismo do Centro agradeceu o convite e disse que "não era preciso tanto, organizar uma festa de anos a um Sábado de manhã com tanta gente". Em tom mais sério, salientou que uma das prioridades do sector é produzir, recuperar e reter talento em Portugal, algo que considera a maior arma nesta situação pandémica.

"Não sendo nunca o covid uma boa notícia, ele abriu janelas novas de oportunidade", afirmou Pedro Machado, particularizando os territórios do interior "com mais espaço físico, mais ligados à Natureza, mais ligados ao activo, mais ligados ao ar puro, onde a percepção é garantida num primeiro impacto".

Esta situação, de acordo com o presidente da entidade regional "tornou possível que tivessem vindo a descobrir-se territórios que até aqui não estavam na primeira linha daqueles três problemas que nós ainda temos em Portugal, a questão do combate à sazonalidade, a questão da estadia média, e a questão da litoralização do turismo ou da litoralidade da actividade turística".

Pedro Machado destacou também um estudo da Booking, que data de 2020, que indica que 57% dos seus clientes estão disponíveis para alterar o seu destino de férias se a proposta garantir a qualidade da experiência, "mas que essa experiência contribui também para as questões ligadas à sustentabilidade".

O presidente da Turismo do Centro afirmou que em Julho, Agosto, Setembro e Outubro, foram registados "resultados muito positivos, comparativamente até com 2019, pese embora, numa janela de oportunidade", prevendo que 2021 fique entre 40% a 50% daquilo que foi o ano de 2019.

No que diz respeito ao local onde decorreu a convenção, Fátima, Pedro Machado afirma que com "practicamente 15 mil camas, representa 12% daquilo que é o universo do Centro de Portugal e tem-nos vindo a posicionar, quer do ponto de vista de mercado interno, mas muito em particular dos nossos 25 mercados externos, tem-nos vindo a ajudar a consolidar esta presença e esta notoriedade daquilo que é a internacionalização da marca Centro de Portugal".

O PressTUR participou na Convenção a convite do Grupo GEA

Clique para ver mais: Agências & Operadores

Clique para ver mais: Feiras & Eventos

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

PressTUR está a construir um novo site

14-01-2022 (15h05)

O PressTUR está a construir um novo site e espera apresentá-lo ao mercado em Março. Apresentamos as nossas desculpas pelos transtornos que esta situação possa causar. Subscreva a nossa newsletter para acompanhar as notícias e siga-nos no Facebook, LinkedIn e Twitter.

Estão abertas as inscrições para o 2ª edição do Check-In - Tourism Innovation on Campus

14-01-2022 (14h40)

A Nova School of Business and Economics (Nova SBE) anunciou que as inscrições para a 2ª edição do Check-In - Tourism Innovation on Campus estão abertas para startups até 6 de fevereiro.

ADHP promove Curso de Especialização em Direcção Hoteleira

14-01-2022 (11h59)

A Associação dos Directores de Hotéis de Portugal (ADHP) vai promover a próxima edição do Curso de Especialização em Direcção Hoteleira (CEDH), entre 2 de Fevereiro e 31 de Maio de 2022, actualizando o conteúdo com cinco novos módulos.

ONU melhora crescimento em África em 2021 para 3,8% e estima 4% este ano

14-01-2022 (11h26)

O Departamento das Nações Unidas para Assuntos Económicos e Sociais (UNDESA) melhorou a estimativa de crescimento para as economias africanas, antevendo uma expansão de 3,8% no ano passado e uma aceleração para 4% este ano.

Hong Kong proíbe trânsito de passageiros aéreos de 153 países, Portugal incluído

14-01-2022 (11h22)

O aeroporto de Hong Kong anunciou hoje a proibição do trânsito de passageiros de mais de 150 países a partir de Domingo, Portugal incluído, de forma a evitar a propagação da covid-19.

Opinião e Análise