Agências de viagens europeias querem cooperação internacional face ao surto de coronavírus

02-03-2020 (15h51)

A associação europeia de agências de viagens e operadores turísticos alertou hoje que o surto de coronavírus está alastrar num período em que os europeus tradicionalmente estão a reservar as suas férias de Verão e reclama cooperação internacional no enfrentamento da situação criada.

"Considerando a escala global da questão, a imprevisível expansão do vírus COVID-19 e o volume de viagens intra-europeias, a ECTAA  apela para as autoridades a todos os níveis cooperarem umas com as outras, bem como com a indústria do turismo para minimizar os dados nas viagens e turismo tanto quanto possível", diz um comunicado divulgado hoje pela ECTAA, associação que diz representar 70 mil agências de viagens e operadores turísticos de 30 países europeus.

A ECTAA, de que a APAVT é um dos membros, reclama nesse comunicado que a Comissão Europeia crie um grupo de trabalho oficial com a indústria turística dedicado a questões relativas ao COVID-19, englobando especialistas em diferentes campos, designadamente autoridades de saúde nacionais e Organização Mundial de Saúde, para que seja adoptada uma abordagem holística, antecipados próximos desenvolvimentos, avaliadas medidas de mitigação nas empresas mais afectadas e preparadas as condições para uma rápida retoma.

Uma declaração do presidente da ECTAA, Pawel Niewiadomski citada no comunicado defende que "é essencial, neste momento difícil, apoiar as instituições científicas internacionais e europeias a trabalharem estreitamente com todas as comunidades e países afectados pela presente emergência de saúde".

A declaração de Pawel Niewiadomski realça que "é igualmente importante ter presente que restrições às viagens além do necessário para controlar a disseminação do vírus podem causar reduções desnecessárias das viagens internacionais".

O comunicado deixa claro que foi com surpresa que o sector tomou conhecimento do cancelamento da ITB, uma das maiores feiras de turismo do mundo a apenas alguns dias da data de início e que isso teve "um forte impacto em milhares de profissionais das viagens de 180 países que se preparavam para se encontrar em Berlim esta semana".

 

Clique para mais notícias: Coronavírus

Clique para mais notícias: Agências & Operadores

Clique para mais notícias: ECTAA

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Feira de turismo ABAV Expo em São Paulo adiada para 2021

03-07-2020 (15h02)

A 48ª edição da feira internacional de turismo ABAV Expo, que estava marcada para os dias 23 a 25 de Setembro, em São Paulo, foi adiada para 2021, anunciou a organização, que em contrapartida vai promover um evento virtual que pretende “marcar a retomada dos negócios do sector turístico ainda em 2020”.

Ryanair acusa agências de viagens online de bloquear reembolsos

03-07-2020 (12h32)

A Ryanair acusou hoje "agências de viagens online não autorizadas" de bloquear reembolsos de clientes, por utilizarem "emails falsos e cartões de crédito virtuais" impedindo que as reservas "possam ser rastreadas até ao consumidor individual".

Bruxelas lança processo de infração a Portugal pelos ‘vouchers’ para reembolsos de clientes

02-07-2020 (13h19)

A Comissão Europeia decidiu hoje lançar processos de infração contra Portugal e outros nove Estados-membros por violação das leis comunitárias sobre direitos dos passageiros ao admitir vouchers para reembolsar clientes por viagens não efectuadas devido à pandemia de covid-19.

Royal Caribbean cancela cruzeiros do Odyssey of the Seas até Abril 2021

01-07-2020 (16h19)

A Royal Caribbean cancelou os cruzeiros a bordo do Odyssey of the Seas que tinha previsto realizar até Abril de 2021, devido a um atraso na construção do navio, que esperava receber em Novembro deste ano.

TUIfly programa voos para Faro e Funchal de sete cidades alemãs

30-06-2020 (17h14)

A TUIfly, companhia de aviação alemã do grupo TUI, maior conglomerado turístico europeu, tem programados voos em Julho e Agosto para Faro e para o Funchal à partida de Basel/Mulhouse, Dusseldorf, Frankfurt, Hamburgo, Hanôver, Munique e Estugarda.

Opinião e Análise