APAVT vai apresentar no seu Congresso em Macau um estudo do sector das agências de viagens

17-03-2017 (17h32)

Augusto Mateus e Associados e APAVT assinam acordo na BTL

A APAVT e a consultora Augusto Mateus e Associados assinaram esta sexta-feira na BTL um acordo para a elaboração de um estudo sobre o sector das agências de viagens que vai ser apresentado no Congresso da APAVT em Macau.

Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT, perspectiva que o estudo possibilite conhecer “melhor o sector no seu detalhe, o que permitirá alguma mensagem para as associadas relativamente a alguma caminho estratégico que devamos seguir”.

Por outro lado, prosseguiu o dirigente na assinatura do acordo, o estudo deverá “iluminar um bocadinho do futuro da própria APAVT” e permitir “perceber como é que podemos ajudar os nossos associados e como é que podemos melhor representar o sector”.

Outro objectivo do estudo é “mostrar claramente através de uma análise científica o peso do sector na cadeira de distribuição, na economia do turismo e na economia nacional”.

Trata-se de “um investimento importante da parte da Associação”, que será posteriormente uma escolha da próxima direcção  “utilizar o estudo numa perspectiva temporal”, acrescentou Pedro Costa Ferreira.

Sandra Primitivo, partner da Augusto Mateus e Associados, especificou que o trabalho vai começar pela “delimitação do sector, as agências de viagens e os operadores” e seguir para a análise da evolução do sector “ao longo do tempo, nomeadamente após a crise economica e financeira”, avaliando também “o peso do sector nas viagens e turismo”.

O estudo pretende determinar também “o peso do sector em termos directos, indirectos e induzidos, ou seja, não só estes operadores, mas os efeitos de arrastamento que provocam a montante em outros operadores e a jusante na economia do país”.

De um ponto de vista qualitativo, Sandra Primitivo destaca que será feita uma análise da forma como “o sector se posicionou ao longo da cadeia de valor das viagens e turismo, e como é que respondeu face às tendências muito patrocinadas pelas tecnologias de informação e comunicação, onde o indivíduo começa a ter um maior poder para desenhar as suas viagens”, avaliando “a forma como o sector reagiu e se adaptou”.

“Queremos também procurar os pontos fortes e os pontos fracos e as oportunidades que o sector terá para se desenvolver no horizonte pelo menos de 2020”, acrescentou.

 

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: APAVT

Clique para mais notícias: BTL

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

APAVT e DECO lançam novo serviço para ajudar agências a reforçar a confiança dos clientes

01-12-2021 (19h58)

O presidente da organização de defesa do consumidor DECO, Vasco Colaço, anunciou hoje um novo serviço para ajudar as agências de viagens associadas da APAVT “a prestarem um serviço mais próximo, eficaz e transparente”, que reforce a confiança dos clientes e permita às agências “estarem sempre actualizadas”.

Esperar que o mercado substitua TAP “é esperar o impossível” – Marcelo Rebelo de Sousa

01-12-2021 (18h56)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou hoje que "esperar que venha ao mercado à saída da crise pandémica" uma alternativa que substitua a TAP no seu papel em Portugal e nas suas ligações externas "é esperar o impossível".

CTP quer que o próximo governo mantenha Rita Marques como secretária de Estado do Turismo

01-12-2021 (17h40)

O presidente da Confederação do Turismo de Portugal (CTP), Francisco Calheiros, afirmou hoje que "gostaria muito" que o próximo governo, "seja de iniciativa PS ou de iniciativa PSD", mantivesse Rita Marques como secretária de Estado do Turismo.

Sem TAP o turismo não pode responder ao seu principal desafio: os mercados longínquos – Pedro Costa Ferreira

01-12-2021 (17h17)

O presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, frisou hoje que "se não for através da TAP" o turismo português não tem capacidade para responder ao seu principal desafio, que "é o desenvolvimento dos mercados longínquos, que nos trarão mais território turístico e menos sazonalidade".

Agências de viagens exigem “urgente” continuação do apoio à retoma pelo menos até à Páscoa

01-12-2021 (16h28)

O presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, destacou hoje na abertura do 46ª Congresso da Associação, em Aveiro, que é "urgente" a continuação do apoio à retoma pelo menos até à Páscoa, sublinhando que se trata de uma exigência e não de um pedido, porque é o "turismo que vai liderar a recuperação económica".

Opinião e Análise