Centro de Portugal escolhido “destino preferido” 2017 da confederação europeia das agências de viagens

30-06-2016 (16h46)

A Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra foi o palco da assinatura hoje do protocolo que institui o Centro de Portugal como destino preferido da ECTAA, confederação europeia das agências de viagens, que inclui nomeadamente reunir em Coimbra os mais altos responsáveis do sector, para uma das suas reuniões semi-anuais de cúpula.

A designação Destino Preferido inclui ainda, de acordo com uma informação da APAVT, que é a representante portuguesa na ECTAA, que o Turismo Centro de Portugal irá figurar “em todo o material e documentação da ECTAA que é enviada aos associados, bem como, nas apresentações, estudos  e relatórios produzidos por esta confederação europeia”, além de que terá “presença assegurada nas suas reuniões bianuais, acesso privilegiado às instituições europeias e a todas as associações de agentes de viagens e operadores turísticos da Europa”.

A formalizar o protocolo, de que um dos principais impulsionadores foi o presidente da APAVT e vice-presidente da ECTAA, Pedro Costa Ferreira, estiveram o presidente da Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado, a presidente da ECTAA, Merike Hallik, o secretário-geral da ECTAA, Michel de Blust.

A ECTAA, sublinha a APAVT, integra as associações nacionais de agentes de viagens e operadores turísticos de 27 Estados-membro da União Europeia, dois Estados-Candidatos e da Suíça e Noruega, que no seu conjunto representam mais de 80.000 agências de viagens e operadores turísticos.

 

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: APAVT

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Nunca acreditaram. Sempre falaram e… nada fizeram!...

19-05-2020 (18h00)

Uns disseram que «não haveria lei dos vouchers», claro que não, pois se «os agentes de viagens não têm voz em Portugal»…

Vendas BSP das agências de viagens portuguesas caíram mais de 99% em Abril

18-05-2020 (17h18)

As vendas de voos regulares pelas agências de viagens portuguesas através dos GDS caíram 99,3% no mês de Abril, em que o país esteve em estado de emergência para travar as contaminações por covid-19.

Receita de voos das agências de viagens portuguesas caiu 156,5 milhões de euros em Março e Abril

18-05-2020 (17h16)

As agências de viagens portuguesas sofreram nos meses de Março e Abril uma queda das vendas de voos regulares através dos GDS que já atinge 156,5 milhões de euros, indicam dados do BSP Portugal a que o PressTUR teve acesso.

Comissão Europeia quer que vouchers para viagens canceladas tenham protecção em caso de insolvência

13-05-2020 (15h57)

A Comissão Europeia defendeu hoje a criação de garantias públicas, por exemplo dadas pelos países europeus, ou privadas, como através de seguradoras, para atrair passageiros a optar pelos vouchers em situações de viagens canceladas devido à pandemia.

TUI declara que a covid-19 é “a maior crise” que o turismo alguma vez enfrentou

13-05-2020 (12h30)

O grupo TUI, maior grupo turístico europeu, com 18,9 mil milhões de euros de volume de negócios e 21 milhões de clientes em 2019, declarou hoje, ao publicar o balanço do seu primeiro semestre, a covid-19 como "a maior crise" que o turismo alguma vez enfrentou.

Opinião e Análise