Charter Lisboa-Cuba dos operadores da Orizonia tem começo adiado para início de Maio

21-01-2013 (16h06)

O charter de Lisboa para Cuba que os operadores da Orizonia anunciaram querer repor este ano tem o início adiado para 4 de Maio, segundo confirmou ao PressTUR o responsável de operação turística do grupo em Portugal, Paulo Almeida.




Agentes de viagens portugueses tinham avançado hoje ao PressTUR que as primeiras partidas, a 23 e 30 de Março estavam canceladas.
Contactado pelo PressTUR, Paulo Almeida adiantou que o início da operação será a 4 de Maio, mantendo-se o dia de partida de Lisboa aos Sábados e a utilização do avião Airbus A330 de 388 lugares da Orbest, companhia aérea do grupo.
Os charters de Lisboa para Varadero eram das operações há mais tempo no mercado português, até que foram cancelados no fim do Verão de 2011, a partir do dia 10 de Setembro, pelas crescentes dificuldades dos operadores em rentabilizar os voos, o que, aliás, já os tinha levado a uma suspensão das ligações nos primeiros meses de 2011, entre 29 de Janeiro e 2 de Abril ( Charters para Varadero são suspensos este mês. Dia 10 é a última partida / Operadores suspendem charter de Varadero entre 29 de Janeiro a 2 de Abril).  
Dados publicados pela Oficina Nacional de Estadísticas e Información (ONEI) de Cuba indicam que em 2011 o número de turistas portugueses em Cuba ficou em 13.733, 26,8% menos que em 2010 (18.762), em que já tinham registado uma queda acentuada, de 28% em relação a 2009 (26.055).
Dados da ONEI recolhidos pelo PressTUR indicam que em 2001 Cuba tinha recebido 30.215 turistas portugueses, a que se seguiu um período, entre 2002 e 2009 em que o total de chegadas de portugueses se manteve acima de 25 mil, com um máximo de 28.780 em 2005 e um mínimo de 25.542 em 2008.
De 2008 para 2009 deu-se um aumento em 2%, para 26.055, mas que não se sustentou, levando à inviabilização dos charters, que eram a única ligação directa de Portugal.
Em todo o ano de 2012 os operadores mantiveram-se arredados das “operações de risco” para Cuba, oferecendo ligações designadamente a partir de Espanha, tanto em voos regulares como em charters, pelo que foi uma surpresa, tendo em conta a conjuntura em Portugal, os operadores da Orizonia (Iberojet e Solplan) surgirem com o anúncio da reposição dessas operações.
Fontes do PressTUR relacionam esse anúncio com a aposta da Orizonia em viabilizar a manutenção do seu avião em Portugal durante o chamado “Verão IATA” (de finais de Março a finais de Outubro), diversificando em relação a 2012, em que mantiveram as suas operações das Caraíbas com charters para a República Dominicana, México e Jamaica, com a reposição de um destino que deu provas de capacidade de atracção no passado recente.
Dados do Aeroporto de Lisboa a que o PressTUR teve acesso indicam que a Dominicana foi o destino líder em passageiros de voos directos para as Caraíbas, com 50.713 passageiros (ida e volta), à frente do México, com 45.791, e da Jamaica, com 3.981.
Os voos da Dominicana, porém, foram os únicos a ter crescimento, ainda que ligeiro, em 1,2%, enquanto o México teve uma quebra de 7,6% e a Jamaica baixou 66%.

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

APAVT e DECO lançam novo serviço para ajudar agências a reforçar a confiança dos clientes

01-12-2021 (19h58)

O presidente da organização de defesa do consumidor DECO, Vasco Colaço, anunciou hoje um novo serviço para ajudar as agências de viagens associadas da APAVT “a prestarem um serviço mais próximo, eficaz e transparente”, que reforce a confiança dos clientes e permita às agências “estarem sempre actualizadas”.

Esperar que o mercado substitua TAP “é esperar o impossível” – Marcelo Rebelo de Sousa

01-12-2021 (18h56)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou hoje que "esperar que venha ao mercado à saída da crise pandémica" uma alternativa que substitua a TAP no seu papel em Portugal e nas suas ligações externas "é esperar o impossível".

CTP quer que o próximo governo mantenha Rita Marques como secretária de Estado do Turismo

01-12-2021 (17h40)

O presidente da Confederação do Turismo de Portugal (CTP), Francisco Calheiros, afirmou hoje que "gostaria muito" que o próximo governo, "seja de iniciativa PS ou de iniciativa PSD", mantivesse Rita Marques como secretária de Estado do Turismo.

Sem TAP o turismo não pode responder ao seu principal desafio: os mercados longínquos – Pedro Costa Ferreira

01-12-2021 (17h17)

O presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, frisou hoje que "se não for através da TAP" o turismo português não tem capacidade para responder ao seu principal desafio, que "é o desenvolvimento dos mercados longínquos, que nos trarão mais território turístico e menos sazonalidade".

Agências de viagens exigem “urgente” continuação do apoio à retoma pelo menos até à Páscoa

01-12-2021 (16h28)

O presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, destacou hoje na abertura do 46ª Congresso da Associação, em Aveiro, que é "urgente" a continuação do apoio à retoma pelo menos até à Páscoa, sublinhando que se trata de uma exigência e não de um pedido, porque é o "turismo que vai liderar a recuperação económica".

Opinião e Análise