Governo Regional dos Açores ‘associa-se’ à discussão proposta pelo Congresso da APAVT

09-10-2018 (00h16)

Foto de Nuno Carvalho, Click and Play, distribuída pela APAVT
Foto de Nuno Carvalho, Click and Play, distribuída pela APAVT

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, afirmou que a Região vai sediar o 44º Congresso Nacional da APAVT “não apenas nessa perspectiva de acolher, mas na perspectiva de participar, também, neste debate à volta daquilo que devem ser os caminhos do futuro”.

“É também um factor de notoriedade daquilo” que está a ser feito no sector do turismo, acrescentou, explicitando de seguida que “aqui o ‘estamos’ não é apenas a parte pública, é tudo aquilo que os Açores estão a fazer no sector turístico”.

Vasco Cordeiro falava à imprensa no final de um encontro com o presidente da Associação das Agências de Viagens portuguesas, que o convidou para presidir à sessão de abertura do Congresso da Associação em finais de Novembro.

Costa Ferreira explicou na altura, em declarações à imprensa, que o Congresso “vai discutir e vai analisar os desafios do crescimento”, numa altura que considera ser boa, uma vez que se vive "um momento de final de ciclo, com algumas forças motrizes a perderem alguma força, e é o momento exacto para analisar quais os próximos caminhos, de maneira a que o novo ciclo seja, igualmente, um ciclo de crescimento”, afirmou Pedro Costa Ferreira.

Sobre o futuro do sector na região, as visões parecem estar alinhadas, já que sustentabilidade é a palavra de ordem.

Para Pedro Costa Ferreira, a sustentabilidade “é o coração do próximo ciclo, é a noção de que não há apenas o curto prazo; mais do que isso, é a noção de que é o médio e o longo prazo que produz o bem-estar das populações e que faz progredir”, acrescentando que “os Açores são o perfeito exemplo de harmonia entre crescimento e preservação da sustentabilidade”.

O dirigente ressalva, no entanto, que “rendimentos passados não garantem rendimentos futuros" e, por isso, é necessário "ter o cuidado de continuar a preservar essa peça fundamental do turismo açoriano que é as condições naturais absolutamente intocáveis e a capacidade de fornecer autenticidade”.

Para o Governo Regional, a sustentabilidade “constitui uma forma de induzir uma mudança da questão da quantidade para a questão do valor, para a questão da qualidade”, afirmou Vasco Cordeiro, que salientou a aposta estratégica do executivo na certificação da região como destino sustentável.

 

Clique para mais notícias: APAVT

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

APAVT e DECO lançam novo serviço para ajudar agências a reforçar a confiança dos clientes

01-12-2021 (19h58)

O presidente da organização de defesa do consumidor DECO, Vasco Colaço, anunciou hoje um novo serviço para ajudar as agências de viagens associadas da APAVT “a prestarem um serviço mais próximo, eficaz e transparente”, que reforce a confiança dos clientes e permita às agências “estarem sempre actualizadas”.

Esperar que o mercado substitua TAP “é esperar o impossível” – Marcelo Rebelo de Sousa

01-12-2021 (18h56)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou hoje que "esperar que venha ao mercado à saída da crise pandémica" uma alternativa que substitua a TAP no seu papel em Portugal e nas suas ligações externas "é esperar o impossível".

CTP quer que o próximo governo mantenha Rita Marques como secretária de Estado do Turismo

01-12-2021 (17h40)

O presidente da Confederação do Turismo de Portugal (CTP), Francisco Calheiros, afirmou hoje que "gostaria muito" que o próximo governo, "seja de iniciativa PS ou de iniciativa PSD", mantivesse Rita Marques como secretária de Estado do Turismo.

Sem TAP o turismo não pode responder ao seu principal desafio: os mercados longínquos – Pedro Costa Ferreira

01-12-2021 (17h17)

O presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, frisou hoje que "se não for através da TAP" o turismo português não tem capacidade para responder ao seu principal desafio, que "é o desenvolvimento dos mercados longínquos, que nos trarão mais território turístico e menos sazonalidade".

Agências de viagens exigem “urgente” continuação do apoio à retoma pelo menos até à Páscoa

01-12-2021 (16h28)

O presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, destacou hoje na abertura do 46ª Congresso da Associação, em Aveiro, que é "urgente" a continuação do apoio à retoma pelo menos até à Páscoa, sublinhando que se trata de uma exigência e não de um pedido, porque é o "turismo que vai liderar a recuperação económica".

Opinião e Análise