Grupo Lufthansa deixa de vender os seus voos nos GDS Sabre e Abacus

12-05-2020 (18h39)

Foto: Lufthansa
Foto: Lufthansa

Os voos das companhias aéreas do Grupo Lufthansa vão deixar de estar disponíveis, a partir de 30 de Junho, nos GDS Sabre e Abacus, sistemas de reservas utilizados por agentes de viagens.

A imprensa alemã avança hoje que foi com "poucas palavras" que o Grupo Lufthansa anunciou aos seus parceiros de vendas a rescisão do contrato de distribuição com o Sabre.

O fim do acordo também afecta o Abacus, apresentado como o maior GDS da Ásia, comprado pelo Sabre em 2015 (clique para ver mais: Sabre conclui compra do maior GDS da Ásia Abacus vendido por 411 milhões de dólares).

Sem revelar os motivos exactos para o fim da cooperação, as notícias indicam que o Grupo Lufthansa vai manter as conversações com o Sabre para encontrar uma solução.

 

Clique para ver mais: Lufthansa

Clique para ver mais: Sabre

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Soltour já tem no mercado pacotes com voos de Lisboa para Dominicana, México e Cuba este Verão

26-05-2020 (16h22)

O operador Soltour, que é considerado o líder em vendas de pacotes de férias nas Caraíbas, já tem no mercado as suas propostas de férias este Verão na Dominicana, no México e em Cuba com voos directos de Lisboa na Orbest.

Egotravel põe à venda férias em Djerba com voos a partir de 2 de Agosto

26-05-2020 (11h27)

O operador turístico Egotravel anunciou ao mercado que está a vender programas de férias na ilha de Djerba, na Tunísia, com voos directos de Lisboa e do Porto entre 2 de Agosto e 4 de Outubro.

CEO da TUI elogia “clareza” de Espanha sobre reabertura ao turismo

26-05-2020 (10h47)

O CEO da TUI, maior grupo turístico europeu, elogiou a “clareza” de Espanha sobre o início da temporada de férias, por garantir a “milhões de turistas” que podem fazer férias no país.

Nunca acreditaram. Sempre falaram e… nada fizeram!...

19-05-2020 (18h00)

Uns disseram que «não haveria lei dos vouchers», claro que não, pois se «os agentes de viagens não têm voz em Portugal»…

Vendas BSP das agências de viagens portuguesas caíram mais de 99% em Abril

18-05-2020 (17h18)

As vendas de voos regulares pelas agências de viagens portuguesas através dos GDS caíram 99,3% no mês de Abril, em que o país esteve em estado de emergência para travar as contaminações por covid-19.

Opinião e Análise