Novo CEO da Ávoris prevê decisão da concorrência sobre fusão com a Globalia em Março

14-01-2020 (12h55)

Vicente Fenollar, que foi nomeado oficialmente CEO da Ávoris depois de um mês no cargo de forma provisória, após a saída de Gabriel Subías, disse esperar uma decisão da autoridade da concorrência para “meados de Março”.

Numa comunicação aos trabalhadores citada no jornal espanhol especializado em turismo “Preferente”, o novo CEO da divisão de viagens do Grupo Barceló mostrou-se entusiasmado por liderar a empresa nesta nova etapa da Ávoris, para a qual espera “muitos sucessos”.

Vicente Fenollar espera que a Comissão Nacional de Mercados e Concorrência (CNMC) decida sobre a fusão da empresa com a Globalia em Março, uma operação que permitirá formar um grupo com 6.000 trabalhadores e 4.000 milhões de euros de facturação.

“O ano de 2019, embora tenha terminado com um resultado abaixo da previsão inicial, consolidou o projecto Ávoris e trouxe importantes desenvolvimentos: o anúncio da fusão com a Globalia. Nesse aspecto, aguardamos a resolução da concorrência, que estimamos que ocorra em meados de Março”, disse o novo CEO da Ávoris.

A equipa de gestão que acompanhará Vicente Fenollar na Ávoris será formada por Enric Riera, como director de Distribuição, José Segura, como director de Produtos e Operações, e Bruno Claeys, como director de companhia aérea.

Vicente Fenollar, segundo a imprensa espanhola, assume a liderança da Ávoris depois de participar activamente nas negociações da fusão com a Globalia e depois de ter sido o cérebro financeiro do Grupo Barceló.

O CEO do novo grupo formado a partir da fusão entre a Ávoris e Globalia só deverá ser anunciado após a decisão da Concorrência.

 

Clique para ver mais: Ávoris

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Solférias avança com “taxa de rescisão” para travar ‘jogadas’ de antecipação de vouchers

24-09-2020 (17h18)

O operador Solférias comunicou hoje ao mercado a aplicação de uma “taxa de rescisão” para “evitar reservas simuladas ou fraudulentas feitas apenas com o intuito de antecipar o recebimento dos valores titulados pelo vale” [vulgo vouchers].

APAVT reúne associados por todo o país

23-09-2020 (15h08)

A APAVT iniciou esta semana por Braga, Porto e Leiria um périplo de reuniões com associados para fazer "cara a cara" uma análise do momento do sector, que a União Europeia identificou como o mais penalizado pela pandemia de covid-19 (para ler mais clique: UE confirma agências e operadores como os mais penalizados pelo impacto pandemia de covid-19 no turismo).

Quebra da venda de voos pelas agências de viagens IATA portuguesas sobe para 71,7% depois de Agosto

22-09-2020 (17h52)

As agências de viagens IATA portuguesas que em 2019 atingiram o montante recorde de 964 milhões de euros em vendas de voos regulares, no final de Agosto deste ano estão com uma quebra de 470 milhões ou 71,7%.

Turismo europeu pede a Bruxelas testes coordenados para acabar com restrições de viagens divergentes

18-09-2020 (14h00)

Mais de 20 organizações europeias de turismo e de aviação pediram hoje à Comissão Europeia para acabar com a “contínua falta de coordenação” e as “restrições de viagens divergentes”, implementando um programa de testes comum para os viajantes.

Agências de viagens querem apoio ao pagamento de custos fixos para manter emprego

17-09-2020 (17h01)

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) elogiou hoje o Governo dos Açores por apoiar o pagamento dos custos fixos das agências de viagens açorianas e apelou à criação de medidas similares para o resto do país, considerando que permitem "controlo do desemprego" e "sobrevivência das empresas".

Opinião e Análise