Operadores turísticos alemães voltam a vender viagens para Portugal

22-06-2020 (16h37)

Os operadores turísticos alemães TUI, DER Touristik e Alltours estão a relançar os seus programas para o Verão, com viagens para vários destinos, incluindo Portugal.

Os turistas alemães voltaram a viajar para as praias do Mediterrâneo na semana passada, avança o jornal alemão especializado em turismo “FVW”, após o governo alemão ter levantado o aviso sobre viagens para 27 países europeus na segunda-feira, dia 15.

Os primeiros turistas alemães viajaram no dia 15 de Junho num voo fretado pelo operador turístico TUI entre Dusseldorf e Palma de Maiorca (clique para ler: Espanha recebeu hoje primeiros turistas estrangeiros desde o fecho das fronteiras).

A TUI Alemanha está a relançar a sua programação para este Verão com 40 voos durante a segunda quinzena de Junho para as Baleares, para Portugal (Algarve) e para Chipre.

Em Julho, o operador turístico terá mais voos para estes destinos e prevê acrescentar voos para a Grécia, acrescenta o “FVW”.

O grupo alemão DER Touristik também relançou a sua programação de Verão na semana passada com viagens para Áustria, Croácia, Dinamarca, Itália, Benelux, Polónia e Portugal, seguidas por Chipre, Espanha, Montenegro, Grécia e Bulgária na segunda quinzena de Junho.

O grupo Alltours, por sua vez, vai relançar a programação de Verão no dia 26 de Junho, uma semana antes do previsto, com viagens para Espanha, Bulgária, Itália e Croácia. Na mesma data reabrem os seus hotéis, da marca Allsun, em Maiorca, Canárias e Creta.

No início de Julho, a empresa prevê retomar voos para Grécia, Portugal, Malta, Chipre e Montenegro.

Ao contrário destes destinos, a Turquia, o Egipto, Marrocos e a Tailândia vão continuar na lista de 130 países que o Ministério das Relações Exteriores da Alemanha classifica como “áreas de risco para coronavírus”, obrigando a uma quarentena de 14 dias às pessoas que cheguem à Alemanha vindas desses países.

As restrições às viagens devido à pandemia do novo coronavírus deverão custar às agências de viagens e operadores turísticos alemães cerca de 20 mil milhões de euros em receitas perdidas entre meados de Março e o final de Agosto, de acordo com as estimativas mais recentes da German Travel Industry Association (DRV), citadas pelo jornal “FVW”.

 

Clique para ver mais: Portugal

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

APAVT incentiva associados a denunciarem exercício ilegal da actividade de agência de viagens

02-08-2021 (14h58)

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo alertou hoje os associados que "têm vindo avolumar-se os casos de intrusismo" e apelou para continuarem a denunciá-los.

Amadeus transmite mensagem optimista ao mercado das viagens

30-07-2021 (11h38)

A Amadeus, maior tecnológica mundial das viagens e turismo, declarou hoje estar optimista em relação à evolução próxima do mercado, salientando que Junho já foi o melhor mês desde o início da pandemia, em inícios de 2020.

APAVT agenda “reencontro” do sector para os dias 1 a 3 de Dezembro em Aveiro

28-07-2021 (12h04)

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) anunciou que o seu 46º Congresso, adiado um ano devido à pandemia, vai realizar-se em Aveiro nos dias 1 a 3 de Dezembro, sob o tema “Reencontro”.

Soltrópico conclui reembolso antecipado de vouchers

28-07-2021 (11h43)

O operador turístico Soltrópico anunciou que concluiu esta semana o processo de reembolso dos vouchers emitidos ao abrigo do Decreto-Lei 17/2020 por viagens não realizadas devido à pandemia, antecipando-se assim ao prazo legal estipulado para a devolução do dinheiro, que é Janeiro de 2022.

Soltrópico anuncia melhorias no sistema de reservas para agentes de viagens

27-07-2021 (11h20)

O operador turístico Soltrópico anunciou melhorias na sua plataforma de reservas para agentes de viagens, designadamente na área de pacotes dinâmicos, onde garante “melhores tempos de resposta, valores e promoções actualizadas, como base em orçamentação dinâmica”.

Opinião e Análise