Pandemia reforçou valor da segurança das reservas em agências de viagens, Nuno Mateus

16-12-2020 (16h36)

Foto: Solférias
Foto: Solférias

O director-geral do operador turístico Solférias, Nuno Mateus, defende que “no meio desta turbulência [provocada pela pandemia de covid-19] há um aspecto que favorece as agências de viagens e os operadores”, que é a segurança que oferecem quando há problemas e é preciso “alguém do outro lado da linha que os resolva”.

Com os problemas criados pela pandemia, desde os repatriamentos às diversas restrições de viagens frequentemente alteradas, “o cliente cada vez mais vai jogar pela segurança”, perspectivou Nuno Mateus, que falava numa conferência online promovida pelo grupo de agências de viagens independentes GEA.

“Não são cinco ou dez euros muitas vezes que fazem a diferença. A diferença faz-se quando há problemas [e é necessário] que haja alguém do outro lado da linha que os resolva”, sublinhou o dirigente.

“Há muitos anos que se fala que o processo das agências de viagens é um processo ultrapassado. Não estou a discutir que não possa haver evoluções, que as haverá sempre. Mas a verdade é que, quando há problemas, a segurança de ter alguém em quem o cliente final confia é fundamental”, enfatizou Nuno Mateus.

A segurança oferecida aos clientes das agências de viagens, contudo, começa na prórpria reserva, porque “as pessoas querem ter uma salvaguarda” no caso de não poderem viajar, frisou o director-geral da Solférias e também dirigente da APAVT, que realçou que para conseguirem reservas antecipadas, os operadores turísticos estão a conceder essa “salvaguarda” através de cancelamentos sem penalização.

Um factor que Nuno Mateus apontou também como inibidor do desenvolvimento da procura é “a falta de uniformização das regras de viagens”, sublinhando a necessidade de serem adoptados critérios comuns para todos os países, “para que as pessoas saibam que regras é que existem”.

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vales de viagens atingiram 100 milhões de euros e litígios não são “materialmente relevantes” – APAVT

14-01-2022 (10h45)

Os vales emitidos pelas agências, por viagens canceladas até final de setembro de 2020, atingiram os 100 milhões de euros e estão praticamente resolvidos, com os litígios a não serem “materialmente relevantes”, garantiu o presidente da APAVT.

Roadshow "Os Especialistas 2022" adiado para Abril

12-01-2022 (17h07)

O roadshow Os Especialistas 2022 foi adiado para Abril, de forma a ser possível "garantir uma maior segurança sanitária e tranquilidade aos visitantes".

António Costa a favor da continuação do Apoiar.pt

11-01-2022 (13h57)

O secretário-geral do Partido Socialista (PS) e candidato a primeiro-ministro, António Costa, afirmou hoje, numa reunião organizada pela Confederação do Turismo de Portugal (CTP), ser favorável à continuação do programa Apoiar.pt, segundo um comunicado da APAVT.

Bestravel adia Convenção para Abril na Figueira da Foz

10-01-2022 (18h23)

A rede de agências de viagens Bestravel adiou a sua Convenção Anual que se iria realizar de dias 3 a 6 Fevereiro, na Figueira da Foz, para os dias 7 a 10 de Abril, devido à “actual situação pandémica, a sua evolução e inconstância de número de casos da covid-19”.

Seguros In Sure Broker ligados ao software SIGAV

10-01-2022 (15h25)

Os seguros da In Sure Broker já se encontram directamente ligados ao software SIGAV, permitindo a subscrição do seguro de forma automática no momento da reserva.

Opinião e Análise