Quebra das vendas de voos pelas agências portuguesas supera 250 milhões de euros no fim de Maio

19-06-2020 (17h00)

Foto: Jordan Sanchez / Unsplash
Foto: Jordan Sanchez / Unsplash

As agências de viagens IATA portuguesas contabilizavam no fim de Maio uma quebra das vendas de voos regulares superior a 250 milhões de euros, de acordo com dados do BSP (do inglês para Billing and Settlement Plan), que é o sistema da IATA para a regularização das vendas de voos pelas agências de viagens, a que o PressTUR teve acesso.

Esses dados indicam que a uma quebra das vendas de 11,5% em Fevereiro, com o agravamento da pandemia de covid-19, sucederam-se quebras de 79,2% em Março, 99,3% em Abril e 97% em Maio.

E a maior quebra foi mesmo a ocorrida em Maio, em que as vendas baixaram 90 milhões de euros, ficando em 2,79 milhões, enquanto em Abril a quebra foi de 87,58 milhões, para 630 mil euros, e em Março foi de 68,92 milhões, para 18,06 milhões.

Desta forma, no acumulado dos primeiros cinco meses deste ano, as vendas BSP das agências de viagens portuguesas ficam em 166,61 milhões de euros, que significam uma quebra de 60,2% ou 252,2 milhões em relação ao período homólogo de 2019, em que tinham feito vendas no montante recorde para o período de 418,82 milhões.

Os dados a que o PressTUR teve acesso evidenciam que as vendas no final de Maio situam-se num mínimo inédito pelo menos neste século, em que o menor valor de vendas era de 295,69 milhões, no ano de 2003, em que as viagens e turismo sofreram o impacto da epidemia de SARS.

Em nenhum outro ano, excluindo 2020, as vendas nos primeiros cinco meses do ano foram inferiores a 300 milhões de euros.

O impacto da quebra, porém, não se cinge às agências de viagens, já que as companhias de aviação também sofrem esse efeito, entre elas a TAP, líder em BSP e para a qual as agências de viagens têm sido o maior canal de vendas, calculando-se que representassem cerca de 70% das vendas no mercado português.

 

Clique para mais notícias: BSP Portugal

Clique para mais notícias: Agências&Operadores

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

APAVT incentiva associados a denunciarem exercício ilegal da actividade de agência de viagens

02-08-2021 (14h58)

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo alertou hoje os associados que "têm vindo avolumar-se os casos de intrusismo" e apelou para continuarem a denunciá-los.

Amadeus transmite mensagem optimista ao mercado das viagens

30-07-2021 (11h38)

A Amadeus, maior tecnológica mundial das viagens e turismo, declarou hoje estar optimista em relação à evolução próxima do mercado, salientando que Junho já foi o melhor mês desde o início da pandemia, em inícios de 2020.

APAVT agenda “reencontro” do sector para os dias 1 a 3 de Dezembro em Aveiro

28-07-2021 (12h04)

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) anunciou que o seu 46º Congresso, adiado um ano devido à pandemia, vai realizar-se em Aveiro nos dias 1 a 3 de Dezembro, sob o tema “Reencontro”.

Soltrópico conclui reembolso antecipado de vouchers

28-07-2021 (11h43)

O operador turístico Soltrópico anunciou que concluiu esta semana o processo de reembolso dos vouchers emitidos ao abrigo do Decreto-Lei 17/2020 por viagens não realizadas devido à pandemia, antecipando-se assim ao prazo legal estipulado para a devolução do dinheiro, que é Janeiro de 2022.

Soltrópico anuncia melhorias no sistema de reservas para agentes de viagens

27-07-2021 (11h20)

O operador turístico Soltrópico anunciou melhorias na sua plataforma de reservas para agentes de viagens, designadamente na área de pacotes dinâmicos, onde garante “melhores tempos de resposta, valores e promoções actualizadas, como base em orçamentação dinâmica”.

Opinião e Análise