Agências e operadores serão “muito mais reconhecidos” depois da pandemia, Nuno Mateus

15-04-2021 (15h25)

O director-geral do operador turístico Solférias, Nuno Mateus, considera que a pandemia permitiu aos operadores turísticos e agências de viagens demonstrarem o seu valor, quer nos repatriamentos quer nos reembolsos, o que lhes permitirá serem "muito mais reconhecidos no futuro".

“Havia quase uma tendência natural das pessoas procurarem fazer a compra directa, [mas] depois de tudo o que aconteceu acredito que um turista se sinta muito mais confortável ao fazer a sua reserva através de uma agência de viagens, em que acaba por ter sempre um apoio, a qualquer hora do dia e da semana, e se houver algum problema tem com quem falar”, afirmou Nuno Mateus numa conferência de imprensa.

Um dos pontos em que a pandemia permitirá à distribuição demonstrar o seu valor é no reembolso das viagens canceladas no ano passado. Os vales emitidos em substituição dessas viagens que não forem utilizados terão que ser reembolsados até 14 de Janeiro de 2022, mas o operador está a trabalhar na antecipação desses processos.

A Solférias candidatou-se à linha de crédito criada pelo Governo para apoiar os reembolsos e está “na fase final do processo”, disse o seu director, esclarecendo que os reembolsos serão feitos pelos próprios bancos (clique para ler: Agências de viagens e operadores já têm linha de cem milhões para reembolsarem clientes).

“Após a finalização do processo, nós vamos ter que identificar os vales aos bancos onde conseguimos as linhas de crédito. Temos que identificar o vale, a agência de viagens e o respectivo IBAN. E o pagamento vai ser feito pelos bancos”, esclareceu Nuno Mateus.

“Os clientes vão ficar muito satisfeitos porque estavam à espera de serem reembolsados em Janeiro se não utilizassem [os vales]. Portanto, nós estamos a fazer uma antecipação clara desse reembolso”, frisou.

Nuno Mateus considera que “mais uma vez as agências e os operadores vão dar um grande passo para demonstrar que raramente é melhor reservar directamente nos vários sites, porque nós temos uma lei comunitária que tem muitas obrigações. A questão da segurança, dos reembolsos, etc, é garantida nas agências e nos operadores e nem sempre é garantida nas reservas directas”.

Sobre os reembolsos que a Solférias tem a receber dos seus fornecedores, como as companhias aéreas, o executivo revelou ter “ainda muita coisa pendente”, cerca de metade. “Se conseguimos até à data 50% dos reembolsos... não conseguimos mais do que isso”.

Um dos problemas com os vales é que muitos clientes tinham viagens reservadas para fora do país, receberam os vouchers pelo cancelamento no ano passado e acabaram por viajar em Portugal continental e ilhas, “o que na prática levou a que tivessemos que pagar a um segundo fornecedor sem ter recebido do primeiro”.

Ver também:

Solférias junta mais de 500 agentes de viagens em apresentação da programação de Verão

 

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Clique para ver mais: Solférias

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

NEC e Getronics lançam "Smart Check-in" para hotéis em Portugal

10-05-2021 (19h24)

A empresa de comunicações e soluções IT, NEC Enterprise Solutions, e empresa de integração global, Getronics, lançaram o "Smart Check-in" para agilizar os processos de check-in e check-out em hotéis em Portugal.

easyJet assinala entrada de Portugal na ‘lista verde’ do Reino Unido com voos Newcastle-Faro

10-05-2021 (19h15)

A companhia de aviação easyJet anunciou que vai voar entre Newcastle e Faro este Verão, a partir de 19 de Julho, com três frequências semanais.

TAP pede insolvência da Groundforce

10-05-2021 (19h02)

A TAP anunciou hoje em comunicado que requereu a insolvência da SPdH – Serviços Portugueses de Handling, S.A. (Groundforce) com o objectivo, “se tal for viável, de salvaguardar a viabilidade e a sustentabilidade da mesma, assegurando a sua actividade operacional nos aeroportos portugueses”.

Hotéis dão benefícios a quem reservar em agências de viagens associadas da APAVT

10-05-2021 (18h47)

A APAVT anunciou que os clientes das suas agências terão benefícios adicionais em reservas em grupos hoteleiros portugueses, explicando que se trata de “um processo de aproximação à hotelaria nacional”.

Espanha aprova joint venture dos operadores dos grupos Logitravel e Piñero

10-05-2021 (16h11)

A Comissão Nacional de Mercados e Concorrência (CNMC) em Espanha aprovou a joint venture dos operadores turísticos Smytavel, do Grupo Logitravel, e Soltour, do Grupo Piñero, segundo o jornal espanhol "Vozpópuli".

Opinião e Análise