AIDA Cruises adia retomar de operações para 20 de Março

17-02-2021 (14h14)

Imagem: www.aida.de
Imagem: www.aida.de

A companhia de cruzeiros AIDA Cruises, subsidiária da Carnival Corporation, vai adiar o retomar das suas operações para 20 de Março.

De acordo com a imprensa internacional, a AIDA Cruises, que tinha previsto retomar operações a 6 de Março, vai adiar este recomeço de actividade devido às medidas aplicadas na Alemanha para conter a pandemia. Estas medidas incluem um período de confinamento até 7 de Março.

A companhia de cruzeiros está a contactar os clientes que tiveram as suas viagens canceladas para oferecer alternativas de reserva.

A primeira partida da AIDA Cruises depois deste período de suspensão vai ser do AIDAperla, rumo às Ilhas Canárias, a 20 de Março.

Clique para ver mais: Cruzeiros

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

MSC Cruzeiros lança novos itinerários para este Verão na Europa com pelo menos dez navios

16-04-2021 (17h02)

A MSC Cruzeiros divulgou para o mercado novos itinerários para viajar no Mediterrâneo e no Norte da Europa este Verão, com pelo menos dez navios, incluindo o seu novo MSC Virtuosa, que fará viagens a começar e a terminar em Lisboa a partir de Setembro.

PRR tem 7.700 milhões de euros para apoios directos e indirectos às empresas

16-04-2021 (16h27)

O Programa de Recuperação e Resiliência (PRR) terá 7.700 milhões de euros de apoios dedicados às empresas, de acordo com o Programa de Estabilidade (PE) aprovado na quinta-feira em Conselho de Ministros e entregue à Assembleia da República (AR).

Governo prevê injectar este ano mais 970 milhões de euros na TAP

16-04-2021 (16h24)

O Governo prevê injectar 970 milhões de euros na TAP este ano, uma medida classificada como temporária e cujo efeito nas contas públicas é revertido em 2022 e 2023, de acordo com o Programa de Estabilidade (PE) hoje conhecido.

Agências de viagens portuguesas atingem máximo de vendas de voos em BSP durante a pandemia

16-04-2021 (15h47)

As vendas de voos regulares pelas agências de viagens IATA portuguesas ascenderam em Março a 13,5 milhões de euros, que é um máximo em tempos de pandemia.

Portugal passa a permitir voos do Brasil e Reino Unido para viagens essenciais

16-04-2021 (15h27)

O Governo português anunciou que os voos com origem ou destino no Brasil e Reino Unido são permitidos a partir de hoje para viagens essenciais, mantendo-se as medidas restritivas do tráfego aéreo devido à pandemia de covid-19.

Opinião e Análise