Acordos de empresa na TAP, Portugália e Cateringpor já estão ‘suspensos’

22-12-2020 (20h24)

Foto: TAP
Foto: TAP

O Conselho de Ministros declarou hoje a TAP em situação económica difícil a TAP transporte aéreo, a Portugália e a Ceteringpor, permitindo, assim, “a alteração de condições de trabalho e a não aplicação ou suspensão, total ou parcial, das cláusulas dos acordos de empresa”.

A informação consta de uma mensagem dirigida hoje à empresa pelo presidente do Conselho de Administração, Miguel Frasquilho, e pelo CEO, Ramiro Sequeira, que acrescenta apenas que “as medidas específicas a implementar serão oportunamente explicadas a todos os colaboradores, sindicatos e Comissão de Trabalhadores, no decorrer das próximas semanas”.

Frasquilho e Sequeira dizem ainda nessa mensagem saberem que o plano de reestruturação da companhia é muito duro e exigente, feito de medidas difíceis”, mas que, sustentam, são “absolutamente necessárias para preservar a TAP e assegurar a manutenção do maior número de postos de trabalho”.

 

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

IAG só prevê ter este trimestre 20% da capacidade de há um ano

01-03-2021 (16h39)

O IAG, segundo maior grupo europeu de aviação, de que fazem parte a British Airways, a Iberia, a Vueling e a Aer Lingus, só prevê ter este trimestre 20% da capacidade que teve há um ano, sem avançar mais além desse período dada a “elevada incerteza” que predomina.

Lufthansa vai voar entre Frankfurt e Ponta Delgada este Verão

01-03-2021 (13h45)

A companhia de aviação Lufthansa vai voar entre Frankfurt e Ponta Delgada este Verão, com uma ligação por semana, aos Domingos, em avião A320neo de 180 lugares.

Iberia vai testar aplicação de validação de testes em voos para os Estados Unidos

26-02-2021 (17h38)

A companha aérea Iberia vai testar a aplicação VeriFLY, que valida a documentação de passageiros relativa a testes à covid-19, nos voos de Espanha para Miami e Nova Iorque, até 23 de Abril.

Amadeus revela quebra de 472,8 milhões de reservas de voos por agências de viagens

26-02-2021 (16h12)

A pandemia de covid-19 provocou uma quebra astronómica de reservas aéreas de agências de viagens de viagens, como evidencia o maior sistema global de reservas (GDS), o Amadeus, que revelou ter registado em 2020 uma quebra que atinge os 472,8 milhões.

IAG assina com Amadeus para chegar às agências de viagens via NDC

26-02-2021 (13h54)

As companhias aéreas British Airways, Iberia, Aer Lingus e Vueling, que constituem o IAG, anunciaram hoje que vão ter os seus voos e serviços disponíveis para agências de viagens através de soluções NDC na Amadeus Travel Platform.

Opinião e Análise