Aeroporto do Porto já tinha no fim de Novembro mais de meio milhão de passageiros que em 2015

19-12-2016 (15h12)

Foto: ANA
Foto: ANA

O Aeroporto do Porto, com 8,625 milhões de passageiros de voos comerciais no fim de Novembro, já ultrapassou por 538 mil o total do ano de 2015, que era o melhor de sempre, de acordo com dados do Aeroporto Francisco Sá Carneiro a que o PressTUR teve acesso, os quais, relativamente ao período homólogo do ano passado, mostram um aumento em 15,1% ou 1,13 milhões.

As ligações com França são as que somam mais passageiros, representando 23,5% do total, com 2,026 milhões (+9,5% ou mais cerca de 176 mil), mas as que mais contribuíram para o crescimento foram as domésticas, com mais cerca de 397 mil passageiros (+33,3%, para 1,59 milhões), pelo efeito “ponte aérea” da TAP que levou a que os voos de/para Lisboa se tornassem a rota nº1, com 940,9 mil passageiros e um aumento em 52,5% ou quase 324 mil.

A seguir a França e Portugal, origem/destino de 23,5% e 18,4% dos passageiros do Aeroporto Francisco Sá Carneiro nos primeiros onze meses deste ano, estiveram Espanha com 11,5% do total de passageiros, Alemanha com 10,7%, Suíça também com 10,7%, Reino Unido com 8%, Bélgica com 4%, Holanda com 3%, Itália com 2,6% e Luxemburgo com 2,4%.

As rotas que mais contribuem para a liderança de França entre as origens/destinos do Aeroporto Francisco Sá Carneiro são Paris Orly, com 731,1 mil passageiros (+4,5% que nos primeiros onze meses de 2015), Paris Beauvais, com 261,4 mil (em estagnação), Lyon, com 212,2 mil (+65,8%), Paris Charles de Gaulle, com 145,3 mil (+2,5%), Marselha, com 124,5 mil (+6%), Nantes, com 101,2 mil (+31,6%), e Saint Etienne, com 60,2 mil (+5%).

Em voos domésticos, depois das ligações com Lisboa, que somam 940,9 mil passageiros, sobressaem as rotas da Madeira, com 296,3 mil (+13%), Ponta Delgada, com 170,1 mil (+21,1%), e Faro, com 156,4 mil (+6,9%).

Espanha é a 3ª principal origem/destino do Aeroporto do Porto, com perto de um milhão de passageiros (990,6 mil, +5,5% que nos primeiros onze meses de 2015) principalmente pelos 490,8 mil passageiros que voaram de/para Madrid (+9,7%) e pelos 314,2 mil de/para Barcelona (-3,6%).

No caso da Alemanha, com 926,4 mil passageiros e um crescimento em 14,2%, as rotas com mais tráfego são Frankfurt, com 307,1 mil (+2,6%), Frankfurt Hahn, com 127,8 mil (-6,7%), Berlin Schoenfeld, com 68,2 mil (+3,1%), e Munique, com 63,6 mil (aumento superior a 250%).

A Suíça, 5ª origem/destino, com 921,4 mil passageiros e um aumento em 16,9%, deve essa posição principalmente a rota de Genebra, que é mesmo a 3ª com mais passageiros no Porto nos primeiros onze meses deste ano, com 571,4 mil e um aumento em 15% relativamente ao período homólogo de 2015, a que se somam mais 192,9 mil em voos de/para Basileia (+15,2%) e mais quase 154 mil em voos de/para Zurique (+25,6%).

No caso do Reino Unido (685,8 mil passageiros, +17,1% que nos primeiros onze meses de 2015), as rotas com mais tráfego são Londres Stansted, com 278,3 mil e um aumento em 14,9%, e Londres Gatwick, com 256,6 mil (+15,4%).

Em ligações com a Bélgica (347,8 mil passageiros, com aumento em 1%) e com a Holanda (257,4 mil passageiros, com aumento em 20,4%), as principais rotas são Bruxelas, com 258,4 mil (-2,4% que há um ano) e Bruxelas Charleroi, com 85,2 mil (+8,9%), no primeiro caso, e Amesterdão, com 175,8 mil (+44,1%), e Eindhoven, com 81,2 mil (+15,5%), no segundo.

De/para Itália (222 mil passageiros, -17,7% que há um ano), as rota com mais tráfego são Milão Bérgamo, com 125,1 mil (+8,4%), e Milão Malpensa, com 30,4 mil (-38,1%).

Os dados a que o PressTUR teve acesso mostram que Luanda é a única origem/destino fora da Europa que atinge o Top40 nos primeiros onze meses deste ano, com 54,8 mil, em ligeira baixa de 0,2% face ao período homólogo de 2015.

 

Para ler mais clique:

TAP volta a ganhar mercado à Ryanair e à easyJet no Aeroporto do Porto

 

Clique para mais notícias: Aeroporto do Porto

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP marca passo apesar de “interesse público”

10-07-2020 (15h34)

Uma semana depois de o Governo anunciar mudanças de fundo da TAP, entre elas a do CEO da companhia, inerentes ao reforço da sua posição para mais de 70% do capital, ainda nada mudou e é Antonoaldo Neves que continua a comandar a transportadora aérea.

SATA faz balanço "muito positivo" da retoma gradual das operações

10-07-2020 (15h25)

A SATA anunciou que a taxa de ocupação média dos seus voos “rondou os 40%” em Junho, fazendo assim um balanço "muito positivo" da retoma gradual das operações, que estiveram suspensas devido à pandemia da covid-19.

LATAM Brasil entra com processo de reestruturação da dívida nos EUA

10-07-2020 (15h10)

A LATAM Brasil entrou com um pedido de reestruturação da dívida nos EUA para conter os impactos da pandemia da covid-19, anunciou a empresa, acrescentando que continuará a “operar normalmente".

Ryanair pede dados a clientes que reservaram em OTAs não autorizadas para os reembolsar

10-07-2020 (14h07)

A Ryanair está a pedir aos clientes que reservaram os seus voos em agências de viagens online (OTAs) não autorizadas, e que estão tentar obter reembolsos, para enviarem os seus dados e receberem directamente da companhia um voucher, alteração do voo ou devolução do dinheiro.

United Airlines pode vir a despedir mais de um terço dos seus funcionários

09-07-2020 (11h48)

A companhia aérea norte-americana United Airlines, duramente atingida pela crise devido à pandemia de covid-19, advertiu hoje que pode dispensar até 36 mil dos seus 95.200 funcionários em Outubro.

Opinião e Análise