Aeroporto do Porto ultrapassou em Julho os seis milhões de passageiros

31-08-2017 (15h14)

Foto: ANA
Foto: ANA

Companhias ‘tradicionais’ estrangeiras lideram crescimento relativo

O Aeroporto do Francisco Sá Carneiro, no Porto, cresceu à média de 17,8% nos primeiros sete meses deste ano, o que significou um aumento de 920,1 mil passageiros, com o qual ultrapassou os seis milhões de passageiros de voos comerciais.

Dados do Aeroporto do Porto a que o PressTUR teve acesso mostram que este ano são as companhias ‘tradicionais’ estrangeiras que estão com o crescimento mais forte, em 23,4%, mas em valor absoluto continuam a ser as low cost que lideram, com um aumento de 557,6 mil, o que equivale a 60,6% do aumento total do Francisco Sá Carneiro.

As low cost, que lideram o tráfego de para o Porto, viram ainda assim a sua quota do total de passageiros baixar 0,7 pontos nos primeiros sete meses deste ano, enquanto as ‘tradicionais’ estrangeiras ganhavam 1,1 pontos, com +0,9 pontos para as estrangeiras e +0,2 para as portuguesas.

Os dados a que o PressTUR teve acesso indicam que o Aeroporto do Porto teve 6,089 milhões de passageiros de 46.658 voos comerciais, com aumentos em 12% em número de voos e 17,8% em passageiros.

As companhias low cost somaram 3,937 milhões de passageiros, com um aumento em 16,5% ou 557,6 mil, as ‘tradicionais’ estrangeiras tiveram 1,226 milhões, +23,4% ou mais 232,6 mil que há um ano, e as portugueses tiveram 1,139 milhões, +18,7% ou mais 182,7 mil que nos primeiros sete meses de 2016.

No mês de Julho, o crescimento foi mais moderado que no conjunto dos primeiros sete meses, em 14,6%, significando mais 136,4 mil passageiros que há um ano, alcançando um total de 1,071 milhões.

As ‘tradicionais’ estrangeiras foram também em Julho as que tiveram o maior crescimento relativo de passageiros, com uma subida de 20,4%, seguindo-se as low cost, com +13,7%, e as ‘tradicionais’ portuguesas, com +9,6%.

O aumento de 136,4 mil passageiros registado pelo Aeroporto Francisco Sá Carneiro no mês de Julho compreendeu assim mais 79,4 mil em voos de companhias low cost, que tiveram um total de 659,4 mil, mais 41,3 mil em ‘tradicionais’ estrangeiras, que somaram 244 mil, e mais 16,2 mil em ‘tradicionais’ portuguesas, que totalizaram 184,6 mil.

 

Clique para mais notícias: Aeroporto do Porto

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo prevê injectar este ano mais 970 milhões de euros na TAP

16-04-2021 (16h24)

O Governo prevê injectar 970 milhões de euros na TAP este ano, uma medida classificada como temporária e cujo efeito nas contas públicas é revertido em 2022 e 2023, de acordo com o Programa de Estabilidade (PE) hoje conhecido.

Agências de viagens portuguesas atingem máximo de vendas de voos em BSP durante a pandemia

16-04-2021 (15h47)

As vendas de voos regulares pelas agências de viagens IATA portuguesas ascenderam em Março a 13,5 milhões de euros, que é um máximo em tempos de pandemia.

Portugal passa a permitir voos do Brasil e Reino Unido para viagens essenciais

16-04-2021 (15h27)

O Governo português anunciou que os voos com origem ou destino no Brasil e Reino Unido são permitidos a partir de hoje para viagens essenciais, mantendo-se as medidas restritivas do tráfego aéreo devido à pandemia de covid-19.

Iberia planeia quatro rotas regulares de/para Portugal este Verão

15-04-2021 (19h47)

A Iberia anunciou ao mercado a sua programação para este Verão, que inclui 112 rotas, quatro delas ligações regulares de e para Portugal e uma operação charter para Porto Santo.

Regresso de avião da Cabo Verde Airlines “marca a retoma dos voos” da companhia

15-04-2021 (13h41)

O Boeing 757 da Cabo Verde Airlines (CVA), "Baía do Tarrafal", regressou ao arquipélago, mais de um ano depois de ser colocado em situação de armazenamento no exterior, o que segundo o Governo “marca a retoma dos voos” da companhia de bandeira.

Opinião e Análise