Aeroportos espanhóis crescem 4,4% em 2019 e atingem recorde de 275,2 milhões de passageiros

13-01-2020 (16h43)

Foto: AENA
Foto: AENA

Os 48 aeroportos e heliportos espanhóis geridos pela AENA tiveram um crescimento médio de passageiros em 2019 de 4,4%, que significou um aumento de 11,48 milhões e elevou o total do ano para o recorde de 275,2 milhões.

O Aeroporto Adolfo Suarez em Madrid liderou em número de passageiros, com 61,73 milhões, e aumento em relação a 2018, com mais 3,84 milhões (+6,6%), seguido por Barcelona El Prat, com 52,68 milhões e aumento de 2,5 milhões (+5%).

A evolução mais surpreendente foi, porém, a do Aeroporto de Sevilha, que teve o 3º maior aumento do ano, com mais 1,16 milhões de passageiros, reflectindo um aumento em 18,2%, para 7,54 milhões.

Além de Madrid, Barcelona e Sevilha apenas o Aeroporto de Alicante terminou 2019 com um aumento superior a um milhão, com mais 1,06 milhões de passageiros que em 2018 (7,6%, para 15,04 milhões),

Os dados publicados pela AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, indicam que no Top10 em número de passageiros apenas Gran Canária teve queda de passageiros em 2019, em 2,3% ou 311,9 mil, para 13,26 milhões.

A mesma informação mostra que em 2019, depois de Madrid e Barcelona, os maiores aeroportos espanhóis em número de passageiros foram Palma de Maiorca, com 29,72 milhões, +2,2% ou mais 639,6 mil que em 2018, Málaga, com 19,85 milhões, +4,4% ou mais 834,5 mil, e Alicante, com 15,047 milhões, e que teve o quarto maior aumento do ano, com mais 1,066 milhões (+7,6%).

Segue-se Gran Canária, com 13,26 milhões de passageiros, Tenerife Sul, com 11,16 milhões, Valência, com 8,53 milhões, Ibiza, com 8,15 milhões, e Sevilha, com 7,54 milhões.

Sevilha foi o que teve o maior aumento deste grupo, com mais 1,16 milhões (+18,2%), que também é o 3º maior do ano, Valência teve mais 769,6 mil (+9,9%), Tenerife Sul teve mais 126,1 mil (+1,1%), e Ibiza teve mais 51,2 mil (+0,6%).

Já Gran Canária teve a única queda do Top10, com menos 311,9 mil passageiros que em 2018.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos espanhóis

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Espanha

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP marca passo apesar de “interesse público”

10-07-2020 (15h34)

Uma semana depois de o Governo anunciar mudanças de fundo da TAP, entre elas a do CEO da companhia, inerentes ao reforço da sua posição para mais de 70% do capital, ainda nada mudou e é Antonoaldo Neves que continua a comandar a transportadora aérea.

SATA faz balanço "muito positivo" da retoma gradual das operações

10-07-2020 (15h25)

A SATA anunciou que a taxa de ocupação média dos seus voos “rondou os 40%” em Junho, fazendo assim um balanço "muito positivo" da retoma gradual das operações, que estiveram suspensas devido à pandemia da covid-19.

LATAM Brasil entra com processo de reestruturação da dívida nos EUA

10-07-2020 (15h10)

A LATAM Brasil entrou com um pedido de reestruturação da dívida nos EUA para conter os impactos da pandemia da covid-19, anunciou a empresa, acrescentando que continuará a “operar normalmente".

Ryanair pede dados a clientes que reservaram em OTAs não autorizadas para os reembolsar

10-07-2020 (14h07)

A Ryanair está a pedir aos clientes que reservaram os seus voos em agências de viagens online (OTAs) não autorizadas, e que estão tentar obter reembolsos, para enviarem os seus dados e receberem directamente da companhia um voucher, alteração do voo ou devolução do dinheiro.

United Airlines pode vir a despedir mais de um terço dos seus funcionários

09-07-2020 (11h48)

A companhia aérea norte-americana United Airlines, duramente atingida pela crise devido à pandemia de covid-19, advertiu hoje que pode dispensar até 36 mil dos seus 95.200 funcionários em Outubro.

Opinião e Análise