Agência Europeia para Segurança da Aviação desaconselha voos comerciais sobre o Iraque

09-01-2020 (14h00)

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (AESA) desaconselha as companhias aéreas a efectuarem voos comerciais sobre o espaço aéreo do Iraque, na sequência da escalada do conflito entre Estados Unidos e Irão.

A recomendação foi assumida pelo porta-voz da Comissão Europeia para as políticas regionais e transportes, Stefan de Keersmaecker, na conferência de imprensa diária, em Bruxelas.

“A AESA contactou diferentes autoridades nacionais de aviação e recomendou que evitassem a operação de voos comerciais no espaço aéreo iraquiano como medida de precaução. Alguns estados-membros já deram informação às suas companhias aéreas e algumas companhias aéreas já deram passos no sentido de ajustarem as suas rotas”, disse aquele responsável.

Ainda segundo Keersmaecker, na sexta-feira vai realizar-se uma “reunião extraordinária de peritos europeus de segurança da aviação, que vão avaliar os possíveis riscos e implicações resultantes da recente escalada de violência e ameaças naquela região e vão decidir sobre possíveis medidas comuns futuras”.

Na quarta-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump disse que o país está pronto a “abraçar a paz com todos os que a buscam" e apostar na renegociação do acordo nuclear assinado por vários países com o Irão em 2015, mas, entretanto, anunciou novas e "poderosas" sanções contra Teerão.

Mais de uma dúzia de mísseis iranianos foram lançados na madrugada de quarta-feira contra duas bases iraquianas com tropas norte-americanas lá estacionadas, em Ain al-Assad (oeste) e Erbil (norte).

O ataque foi reivindicado pelos Guardas da Revolução iranianos como uma “operação de vingança”, em retaliação pela morte do general Qassem Soleimani, comandante da sua força Al-Quds, na sexta-feira, num ataque aéreo em Bagdade ordenado por Trump.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Grupo Air France vai despedir 42% do staff da Hop! e 16% da Air France

06-07-2020 (19h09)

O Grupo Air France vai apresentar, em finais de Julho, um plano de reconstrução até 2022 que inclui a redução de 42% do staff na companhia aérea regional Hop! e 16% na companhia aérea Air France, num total de cerca de 7.580 postos de trabalho.

Voos de e para Luanda limitados a 75% da capacidade e 1/3 da frequência

06-07-2020 (17h28)

Os voos de/para Luanda, uma rota em que no ano passado voaram 517,2 mil passageiros e que a TAP indica no seu website ter planeado retomar duas vezes por semana este mês e chegar a quatro por semana em Agosto, terão limitações de capacidade e frequência fixadas por Angola.

British Airways programa 20 voos para Lisboa e Faro esta semana

06-07-2020 (16h59)

A programação da companhia britânica British Airways para esta semana inclui 20 voos para Lisboa e Faro de Londres Heathrow, a despeito da imposição de quarentenas aos passageiros que cheguem de Portugal.

Aegean retoma voos para Lisboa este mês, duas vezes por semana

06-07-2020 (16h52)

A companhia de aviação grega Aegean Airlines tem programados para este mês dois voos por semana entre o seu hub de Atenas Eleftherios Venizelos e Lisboa, às terças e Sábados.

TAP informa mercado sobre acordo de princípio entre Estado e privados

03-07-2020 (19h02)

A TAP informou hoje o mercado, através de um comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), do acordo de princípio atingido esta quinta-feira à noite entre os privados e o Estado, para viabilizar a empresa.

Opinião e Análise