Aigle Azur quer vender operação para Portugal à low cost espanhola Vueling

12-08-2019 (14h39)

Foto: Aigle Azur
Foto: Aigle Azur

A companhia francesa Aigle Azur, que tem como accionistas maioritários o grupo chinês HNA e o accionista de referência da TAP e da Azul, David Neeleman, procura vender a sua operação em Orly para Porto, Faro e Funchal como forma de obter liquidez para se manter a voar, segundo a imprensa francesa.

“Aigle Azur quer vender os seus voos para Portugal à Vueling para ter um balão de oxigénio”, noticiou o jornal “La tribune”, que acrescenta que a companhia francesa pretende obter pelo menos 20 milhões de euros e que o negócio, incluindo a transferência de voos para o Aeroporto de Charles de Gaulle, já foi apresentado aos representantes dos trabalhadores.

A notícia sustenta que a Aigle Azur foi abandonada pelos seus accionistas, o HNA e David Neeleman, que teriam “grande parte” da estratégia de longo curso, “abandonaram” a companhia, que assim se vê na contingência de ter que procurar soluções para se manter em actividade.

A notícia diz que a Aigle azur apresentou na semana passada aos representantes dos trabalhadores uma nova organização empresarial, que passa pela criação de uma empresa operadora dos seus voos entre Paris Orly e o aeroportos portugueses do Porto, Faro e Funchal (a empresa ‘já deixou para a TAP’ as ligações com Lisboa), a qual seria depois vendida à Vueling por 15 milhões a 30 milhões, segundo “um conhecedor do dossier”.

A notícia do “La Tribune” acrescenta que o interesse da Vueling será também “recuperar 40% dos 9.850 slots” detidos pela Aigle Azur em Orly, um aeroporto onde são escassos.

O plano, acrescenta a notícia, prevê que a Aigle Azur manterá em Orly apenas uma parte dos seus voos para a Argélia  os voos para a Europa de Leste e desviará para Charles de Gaulle os restantes voos para a Argélia, bem como a ligação com o Mali, que é a única rota de longo curso que se mantém, depois de ter interrompido Pequim e São Paulo (para ler mais clique: Aigle Azur deixa de voar entre Paris Orly e Viracopos/Campinas).

 

Clique para mais notícias: Aigle Azur

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Lufthansa permite alteração de viagens gratuitamente

01-07-2020 (17h38)

O grupo Lufthansa está a oferecer uma alteração de viagens gratuita para reservas efectuadas até 31 de Agosto para viagens até 30 de Abril de 2021.

Covid-19 já matou mais de 511 mil pessoas e infectou mais de 10,5 milhões no mundo

01-07-2020 (17h32)

A pandemia de covid-19 já matou 511.312 pessoas e infectou 10.509.550 em todo o mundo, segundo um balanço da agência de notícias francesa AFP, às 11h00 TMG de hoje, baseado em dados oficiais dos países.

Ryanair prevê mais de 4,5 milhões de passageiros este mês

01-07-2020 (17h23)

A low cost Ryanair, que tem voos para Lisboa, Porto, Faro, Ponta Delgada e Terceira, indicou hoje que em Julho prevê transportar mais de 4,5 milhões de passageiros, -68% que no mês homólogo de 2019, mas seis vezes mais do que transportou no mês de Maio.

Turkish Airlines retoma rota Istambul – Lisboa a 10 de Julho com quatro voos/semana

01-07-2020 (16h39)

A companhia de aviação turca Turkish Airlines, parceira da TAP na Star Alliance, já tem à venda voos entre Istambul e Lisboa a partir de 10 de Julho.

Grupo Lufthansa anuncia mais 200 aviões a voarem

01-07-2020 (16h21)

O Grupo Lufthansa, de que fazem parte a Lufthansa German Airlines, a Swiss, a Austrian, a Eurowings e a Brussels, anunciou que este mês vai ter mais 200 aviões a operarem que em Junho, mas que ainda assim só cobrirá 40% das operações de voos que tinha planeado antes da pandemia de covid-19.

Opinião e Análise