Air Canada anuncia perdas de 1,1 mil milhões de euros no 2º trimestre

31-07-2020 (16h44)

Foto: Air Canadá
Foto: Air Canadá

A Air Canada anunciou hoje que perdeu mais de 1,7 mil milhões de dólares canadianos (1,1 mil milhões de euros) no segundo trimestre, devido aos "efeitos devastadores" da pandemia de covid-19.

O volume de negócios da companhia aérea caiu 89% no segundo trimestre, com a suspensão da maior parte dos voos devido às medidas de confinamento e ao encerramento de fronteiras, restrições impostas pelos governos para conter a pandemia, indicou a Air Canada em comunicado.

No segundo trimestre de 2019, a Air Canada tinha alcançado um lucro de 343 milhões de dólares.

As receitas da empresa ficaram em 527 milhões de dólares, quando tinham atingido 4,7 mil milhões de dólares no mesmo período de 2019.

As receitas do transporte de carga, porém, aumentaram 52% para 269 milhões de dólares, com os Boeing 777 e 787 a serem utilizados para transportar equipamentos médicos destinados ao combate à pandemia.

Em relação ao período homólogo do ano passado, o número de passageiros caiu 96%, forçando a Air Canadá a retirar da sua frota 79 aparelhos (mais de 30% do total) e a suprimir 20 mil empregos, mais de 50% do seu pessoal.

A Air Canada reduziu a sua capacidade de transporte em 92% no segundo trimestre, em relação ao ano anterior.

"Os resultados da Air Canada no segundo trimestre confirmam os efeitos devastadores e sem precedentes da pandemia de covid-19 e das restrições nas deslocações, encerramento de fronteiras e medidas de quarentena impostas pelas autoridades governamentais", declarou Calin Rovinescu, líder da Air Canada.

"No Canadá, as restrições federais e regionais foram das mais rigorosas do mundo. Essas restrições levaram a uma cessação de quase todas as atividades do setor da aviação comercial", afirmou.

A companhia apelou a Otava para adotar "medidas prudentes" para substituir restrições mais globais, apontando "um contexto operacional praticamente impossível".

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Air Canada

Clique para ver mais: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aer Lingus programa ter quatro voos por semana Dublin – Faro este Outubro

30-09-2020 (17h53)

A companhia de aviação irlandesa Aer Lingus, do IAG, tem programado fazer quatro voos por semana entre Dublin e Faro de 1 a 24 de Outubro, que são as últimas semanas do chamado Verão IATA.

TAP liga 25% mais cidades mesmo tendo só 30% da capacidade, diz o seu Chief Revenue & Network

30-09-2020 (17h46)

O Chief Revenue & Network da TAP, Arik De, comentou nas redes sociais que a companhia, embora tenha a sua capacidade reduzida a 30% do que tinha há um ano, liga 25% mais de cidades do que antes da pandemia, com uma redução de 92% no tempo médio de ligação.

South African Airways suspende todas as operações por dificuldades financeiras

30-09-2020 (14h40)

A companhia de aviação sul-africana South African Airways suspendeu todas as suas operações depois de ter falhado o plano de salvamento que envolvia um financiamento de 10 mil milhões de rands (507 milhões de euros).

José Caetano Pestana deixa euroAtlantic após duas décadas

30-09-2020 (14h32)

José Caetano Pestana deixou a euroAtlantic airways para passar à reforma, depois de 20 anos como director de Relações Públicas da companhia aérea.

EUA anunciam acordos para conceder empréstimos a sete grandes companhias aéreas

30-09-2020 (11h00)

O Tesouro norte-americano anunciou terça-feira que chegou a acordos para conceder empréstimos a sete grandes companhias aéreas, incluindo a American Airlines e a United Airlines, para salvaguardar postos de trabalho em risco, devido à crise da covid-19.

Opinião e Análise