Air France KLM diz que em Junho verificou os primeiros sinais “visíveis” de recuperação das reservas de voos

30-07-2021 (15h31)

Foto: Air France KLM
Foto: Air France KLM

O grupo Air France KLM, terceiro maior da aviação na Europa, informou hoje que considera que em Junho, pela primeira vez desde o início da pandemia do covid-19, foram “visíveis” os sinais de recuperação das reservas de voos.

A análise do grupo é que isso se deve ao alívio das restrições às viagens na Europa devido ao avanço da vacinação em todos os países, bem como a abertura das viagens dos norte-americanos à Europa.

O grupo avançou que nestas circunstâncias espera que no terceiro trimestre, época alta da aviação no Hemisfério Norte, as suas companhias atinjam 60% a 70% da capacidade que tinham no mercado em 2019, pré-pandemia.

Mas não avança previsões para o último trimestre do ano, alegando as incertezas que persistem quanto a aplicação de restrições às viagens.

O grupo avançou também que já reduziu a sua força de trabalho no equivalente a 5,7 mil postos de trabalho full time, mas pretende uma redução adicional de 3,2 mil até finais de 2022.

Dessa forma, acrescenta a informação, o grupo admite reduzir os custos operacionais, com “benefícios estruturais” de 1,3 mil milhões na KLM até ao final deste ano e de 1,3 mil milhões na Air France até final de 2022.

A informação indica que o grupo transportou 10,3 milhões de passageiros no primeiro semestre deste ano e avança que os sectores de rede com melhor desempenho foram Caraíbas e Oceano Índico, África e Médio Oriente, Europa e mercado doméstico francês.

As receitas de voos regulares elevaram-se a 3.899 milhões de euros no primeiro semestre, com 2.187 milhões no segundo trimestre.

Em 2019, o grupo transportara 50,47 milhões de passageiros no primeiro semestre, com 27,8 milhões no segundo trimestre, e as suas receitas de tráfego regular somaram 10,6 mil milhões de euros, com 5,7 mil milhões no segundo trimestre.

 

Clique para mais notícias: Air France KLM

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pandemia enfatizou importância da sustentabilidade na aviação – CEO da TAP

16-09-2021 (17h22)

A CEO da TAP, Christine Ourmières-Widener, disse hoje que indústria da aviação foi “bastante afectada” pela pandemia de covid-19 e, com esta crise, ganharam importância as questões da sustentabilidade.

Emirates quer recrutar 3.000 tripulantes de cabine e 500 agentes de serviços aeroportuários

16-09-2021 (15h00)

A Emirates lançou uma campanha para recrutar 3.000 tripulantes de cabine e 500 agentes de serviços aeroportuários para o seu hub no Dubai, com vista à recuperação das operações nos próximos seis meses.

Iberia retoma voos para as Maldivas em Dezembro

16-09-2021 (14h40)

A Iberia divulgou hoje a sua programação de voos para o Inverno, destacando que em Dezembro vai retomar as operações para o seu “destino estrela deste Verão”, as Maldivas.

Ryanair lança nova rota Porto – Clermont-Ferrand

16-09-2021 (11h25)

A Ryanair anunciou uma nova rota para este Inverno entre Porto e Clermont-Ferrand, em França, com dois voos por semana a partir de Novembro.

British Airways vai voar de Heathrow para São Miguel e Terceira no Verão

15-09-2021 (16h28)

A British Airways anunciou hoje que irá adicionar as ilhas de São Miguel e Terceira, nos Açores, à sua rede de voos de Londres Heathrow no próximo Verão.

Opinião e Análise