Air Transat prolonga operação dos voos Faro – Toronto mais seis meses em 2020

30-10-2019 (23h10)

Foto: Air Transat
Foto: Air Transat

A companhia de aviação canadiana Air Transat vai prolongar por mais seis meses a operação dos voos Faro – Toronto no próximo ano, anunciou a Associação Turismo do Algarve (ATA).

A ligação semanal, que era operada de Janeiro a Abril, será operada de Janeiro a Outubro em 2020, com partidas de Toronto às terças no Inverno e às sextas no Verão.

O website da Air Transat indica que entre 14 de Janeiro e 28 de Abril os voos partem de Toronto às terças-feiras às 21h15 para chegar a Faro às 9h30 do dia seguinte, de onde partem às 11h15 para chegar ao Canadá pelas 14h45.

De 8 de Maio a 16 de Outubro, os voos partem de Toronto às sextas-feiras às 23h para chegar ao Algarve às 11h do dia seguinte, de onde partem às 12h30 para chegar a Toronto pelas 15h50.

O comunicado divulgado pela ATA indica que “a nova rota vai assegurar 11 frequências com o Airbus A330 e 18 frequências com o novo Airbus A321LR, tendo este sido um dos factores decisivos que permitiu viabilizar a extensão da ligação”.

A Associação salienta que “em Toronto existem voos de ligação para Vancouver e Montreal, o que permite potenciar a amplitude e o alcance desta rota”.

“O Canadá é um dos mercados em crescimento no Algarve”, destaca o comunicado, lembrando que em 2018 a hotelaria da região teve um aumento de 25,7% de hóspedes residentes no Canadá, que realizaram mais 20,3% dormidas, para um total próximo de 254 mil.

Este ano, prossegue a nota de imprensa, “os números continuam a ser positivos, sendo possível contabilizar até Agosto um crescimento de 12,3% no número de hóspedes e de 12,5% no número de dormidas (totalizando aproximadamente 214 mil dormidas)”.

Os turistas canadianos “costumam permanecer em estadias longas”, acrescenta a ATA, atribuindo ao mercado canadiano “uma relevância acrescida, na medida em que contribui, de forma significativa, para atenuar a sazonalidade do turismo na região”.

A Associação considera que a extensão da rota da Air Transat em 2020 é “resultado dos esforços promocionais que o Turismo do Algarve e o Turismo de Portugal têm vindo a empreender junto do mercado canadiano e do aeroporto de Faro” e acrescenta que “tem participado em inúmeras acções de promoção do destino no Canadá e desenvolvido várias campanhas de marketing, em parceria com a Air Transat e com o operador turístico Transat Vacances, para divulgação da região”.

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Air Transat

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP marca passo apesar de “interesse público”

10-07-2020 (15h34)

Uma semana depois de o Governo anunciar mudanças de fundo da TAP, entre elas a do CEO da companhia, inerentes ao reforço da sua posição para mais de 70% do capital, ainda nada mudou e é Antonoaldo Neves que continua a comandar a transportadora aérea.

SATA faz balanço "muito positivo" da retoma gradual das operações

10-07-2020 (15h25)

A SATA anunciou que a taxa de ocupação média dos seus voos “rondou os 40%” em Junho, fazendo assim um balanço "muito positivo" da retoma gradual das operações, que estiveram suspensas devido à pandemia da covid-19.

LATAM Brasil entra com processo de reestruturação da dívida nos EUA

10-07-2020 (15h10)

A LATAM Brasil entrou com um pedido de reestruturação da dívida nos EUA para conter os impactos da pandemia da covid-19, anunciou a empresa, acrescentando que continuará a “operar normalmente".

Ryanair pede dados a clientes que reservaram em OTAs não autorizadas para os reembolsar

10-07-2020 (14h07)

A Ryanair está a pedir aos clientes que reservaram os seus voos em agências de viagens online (OTAs) não autorizadas, e que estão tentar obter reembolsos, para enviarem os seus dados e receberem directamente da companhia um voucher, alteração do voo ou devolução do dinheiro.

United Airlines pode vir a despedir mais de um terço dos seus funcionários

09-07-2020 (11h48)

A companhia aérea norte-americana United Airlines, duramente atingida pela crise devido à pandemia de covid-19, advertiu hoje que pode dispensar até 36 mil dos seus 95.200 funcionários em Outubro.

Opinião e Análise