Azul quer antecipar devolução de dois aviões arrendados à TAP

16-06-2017 (10h43)

Foto: ANA Aeroportos
Foto: ANA Aeroportos

TAP diz que a devolução está programada desde 2016

A companhia aérea brasileira Azul, futura accionista da TAP, antecipou os retornos de dois aviões que arrendou à companhia portuguesa, escreve a imprensa brasileira, que diz que os retornos estavam programados para 2018 e 2019, mas serão efectivados já este ano, o primeiro deles em Julho.

A informação foi avançada ao “Estadão” pelo presidente da companhia, Antonoaldo Neves, que afirma que a Azul está de novo numa fase de expansão. “Chegamos a cortar 20% da oferta (medida por assento-quilómetro disponível) na crise. Hoje já estamos voltando. Claro que ainda não está no nível anterior (a 2014)”, afirmou.

Contactada pelo PressTUR, a TAP diz que a devolução desses dois aviões, de modelo A330, está programada desde 2016 e não irá afectar a operação da transportadora.

A TAP recebe três aviões A330 este ano, o que corresponde a um aumento de uma aeronave desse modelo face ao ano passado, porque dois desses aviões vão substituir os dois que devolve à Azul.

O primeiro desses três A330 já está em operação na TAP, o segundo deverá entrar na próxima semana e o terceiro será entregue à companhia portuguesa em Julho.

O presidente da Azul, Antonoaldo Neves, que aproveitou para desmentir que esteja de saída da companhia aérea, especificou que a Azul chegou retirar 34 aviões, de que a notícia do “Estadão” diz que “15 foram arrendados à TAP e 19 vendidos ou devolvidos”.

Antonoaldo afirma que além de mais aviões a companhia está a apostar em utilizar aviões de maior porte, dizendo que “o que buscamos é diminuir nosso custo unitário”.

Os aviões de menor capacidade actualmente na frota, por sua vez, serão pata abrir novas rotas, com a Azul a indicar que pretende chegar a dez cidades em 12 meses.

 

Clique para mais notícias: Azul

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Brasil

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Governo prevê injectar este ano mais 970 milhões de euros na TAP

16-04-2021 (16h24)

O Governo prevê injectar 970 milhões de euros na TAP este ano, uma medida classificada como temporária e cujo efeito nas contas públicas é revertido em 2022 e 2023, de acordo com o Programa de Estabilidade (PE) hoje conhecido.

Agências de viagens portuguesas atingem máximo de vendas de voos em BSP durante a pandemia

16-04-2021 (15h47)

As vendas de voos regulares pelas agências de viagens IATA portuguesas ascenderam em Março a 13,5 milhões de euros, que é um máximo em tempos de pandemia.

Portugal passa a permitir voos do Brasil e Reino Unido para viagens essenciais

16-04-2021 (15h27)

O Governo português anunciou que os voos com origem ou destino no Brasil e Reino Unido são permitidos a partir de hoje para viagens essenciais, mantendo-se as medidas restritivas do tráfego aéreo devido à pandemia de covid-19.

Iberia planeia quatro rotas regulares de/para Portugal este Verão

15-04-2021 (19h47)

A Iberia anunciou ao mercado a sua programação para este Verão, que inclui 112 rotas, quatro delas ligações regulares de e para Portugal e uma operação charter para Porto Santo.

Regresso de avião da Cabo Verde Airlines “marca a retoma dos voos” da companhia

15-04-2021 (13h41)

O Boeing 757 da Cabo Verde Airlines (CVA), "Baía do Tarrafal", regressou ao arquipélago, mais de um ano depois de ser colocado em situação de armazenamento no exterior, o que segundo o Governo “marca a retoma dos voos” da companhia de bandeira.

Opinião e Análise