Cabo Verde Airlines reforça Paris e adia Luanda por “razões comerciais”

24-10-2019 (12h02)

Foto: Cabo Verde Airlines
Foto: Cabo Verde Airlines

A companhia de aviação Cabo Verde Airlines (CAV), ‘sucessora' da TACV, anunciou que vai ter um quarto voo semanal entre o Sal e Paris e que, "por razões comerciais", adiou, para o Verão de 2020, o início dos voos para Luanda.

Desde pelo menos Julho que a CAV tinha à venda os voos para Luanda, uma das novas rotas intercontinentais que anunciou para este ano, juntamente com Washington, nos Estados Unidos, e Porto Alegre, no Brasil, todas com início anunciado para a segunda semana de Dezembro (para ler mais clique: Cabo Verde Airlines começa novas rotas de Washington, Luanda e Porto Alegre na segunda semana de Dezembro).

Uma notícia da Lusa publicada hoje diz que em comunicado a CVA informou o adiamento para o Verão de 2020 do início da ligação aérea entre a ilha cabo-verdiana do Sal e Luanda, alegando "razões comerciais".

A CVA garante nesse comunicado que mantém a aposta no mercado angolano, e que este adiamento "permitirá uma adequada implementação de todos os mecanismos de promoção, venda e parcerias" da futura ligação.

A Cabo Verde Airlines acrescenta na mesma informação que tudo será feito "respeitando as características próprias do mercado de Angola e dos diversos intermediários que prestam serviço na indústria do turismo e transporte aéreo", e assegurou que iniciou o processo de "proteção dos passageiros" que já tinham adquirido bilhete para a rota Sal/Luanda.

A CVA, privatizada em Março deste ano, quando passou a ser liderada pelos islandeses da Loftleidir Icelandic EHF, garantiu manter interesse no mercado angolano, incluindo o acordo de code-share com a companhia aérea angolana TAAG, que desde 26 de abril assegura voos entre a capital angolana e a ilha do Sal, com escala em São Tomé e Príncipe, duas vezes por semana.

A imprensa francesa especializada em aviação avançou entretanto que a CVA vai ter um quarto voo semanal entre o Sal e Paris, a partir de 21 de Dezembro, em Boeing B757-200 com 198 lugares, 18 dos quais em executiva.

Em meados de Agosto a CVA iniciou voos domésticos entre ilhas cabo-verdianas, em parceria com as portuguesas Lease-Fly e Newtour, para garantir a conectividade ao seu hub na ilha do Sal (para ler mais clique:CVA começa hoje a fazer voos domésticos em parceria com Newtour e Lease-Fly).

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: CVA

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Lufthansa permite alteração de viagens gratuitamente

01-07-2020 (17h38)

O grupo Lufthansa está a oferecer uma alteração de viagens gratuita para reservas efectuadas até 31 de Agosto para viagens até 30 de Abril de 2021.

Covid-19 já matou mais de 511 mil pessoas e infectou mais de 10,5 milhões no mundo

01-07-2020 (17h32)

A pandemia de covid-19 já matou 511.312 pessoas e infectou 10.509.550 em todo o mundo, segundo um balanço da agência de notícias francesa AFP, às 11h00 TMG de hoje, baseado em dados oficiais dos países.

Ryanair prevê mais de 4,5 milhões de passageiros este mês

01-07-2020 (17h23)

A low cost Ryanair, que tem voos para Lisboa, Porto, Faro, Ponta Delgada e Terceira, indicou hoje que em Julho prevê transportar mais de 4,5 milhões de passageiros, -68% que no mês homólogo de 2019, mas seis vezes mais do que transportou no mês de Maio.

Turkish Airlines retoma rota Istambul – Lisboa a 10 de Julho com quatro voos/semana

01-07-2020 (16h39)

A companhia de aviação turca Turkish Airlines, parceira da TAP na Star Alliance, já tem à venda voos entre Istambul e Lisboa a partir de 10 de Julho.

Grupo Lufthansa anuncia mais 200 aviões a voarem

01-07-2020 (16h21)

O Grupo Lufthansa, de que fazem parte a Lufthansa German Airlines, a Swiss, a Austrian, a Eurowings e a Brussels, anunciou que este mês vai ter mais 200 aviões a operarem que em Junho, mas que ainda assim só cobrirá 40% das operações de voos que tinha planeado antes da pandemia de covid-19.

Opinião e Análise