Cabo Verde Connect prevê ter 54 mil lugares no mercado nos próximos seis meses

03-12-2020 (19h12)

Foto: Drew Beamer / Unsplash
Foto: Drew Beamer / Unsplash

A Cabo Verde Connect Services, que ontem realizou o seu primeiro voo Lisboa – Praia com 26 passageiros na ida e 38 na volta, perspectiva operar 54 mil lugares em voos de/para Cabo Verde nos próximos seis meses.

A empresa, ligada ao grupo português Newtour, tem programados voos de Lisboa para Praia, Sal e São Vicente, bem como da Praia para Paris e para Boston, via Ponta Delgada (clique para ler: Cabo Verde Connect também vai ligar Lisboa ao Sal e a São Vicente).

A empresa pretende alcançar uma taxa de ocupação de 70% nesses voos, afirmou Mário Almeida, director-geral e administrador da Cabo Verde Connect Services, numa conferência de imprensa, citado pela agência Lusa.

Tiago Raiano, também administrador da empresa, sublinhou por sua vez que a Cabo Verde Connect Services pretende melhorar a conectividade do arquipélago e que, em 2018, discutiu o projecto com a Cabo Verde Airlines (CVA, antigos TACV) numa altura em que a companhia não estava a voar para a Praia.

“Aquilo que nós esperamos e desejamos é que a CVA recupere rapidamente, que comece a voar rapidamente e nesse momento nós deixaremos de fazer voos regulares para o Sal e neste sentido ocuparemos um espaço que existe, que é necessário para o tal equilíbrio, para a inexistência de dependência e de monopólios que permitam estar ao serviço da competitividade de Cabo Verde e da economia cabo-verdiana”, frisou Tiago Raiano, citado pela Lusa.

Os voos da Cabo Verde Connect Services são operados pela SATA Azores Airlines em aviões A320/A321ER e são comercializados apenas através de agências de viagens.

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Cabo Verde Connect Services

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Orbest e Evelop assinam acordo com o Sabre para distribuição e gestão operacional

15-01-2021 (17h10)

As companhias aéreas Orbest e Evelop assinaram um acordo com o Sabre para vender os seus voos nos sistemas de reservas da tecnológica e para usar as suas soluções de gestão de inventário e de gestão operacional.

Quebra de passageiros no Aeroporto de Lisboa em 2020 atingiu 21,9 milhões

15-01-2021 (16h24)

O Aeroporto de Lisboa, que em 2019 se debatia com falta de capacidade para tanto tráfego, em 2020, com a pandemia de covid-19, teve uma quebra para uns escassos 9,26 milhões de passageiros, pouco mais do que teve só no Verão de 2019 (9,19 milhões).

Restrições aos voos de fora da Europa continuam até final de Janeiro

15-01-2021 (15h56)

As restrições aplicadas ao tráfego aéreo para fora da União Europeia e do espaço Schengen vão continuar em vigor até final de Janeiro, limitando os voos a “viagens essenciais” e sujeitos a um resultado de teste negativo à covid-19.

Quebra de tráfego aéreo de/para Portugal agravou-se no quarto trimestre de 2020 para 77%

15-01-2021 (15h51)

O quarto trimestre, que já por si é um período de época baixa da aviação no Hemisfério Norte, no ano passado até foi de agravamento da quebra induzida pela pandemia de covid-19, com o decréscimo der passageiros nos aeroportos portugueses geridos pela ANA/Vinci a situar-se 7,4 pontos acima da quebra média no ano.

Angola suspende ligações aéreas com Portugal, África do Sul e Brasil a partir de dia 24

15-01-2021 (12h16)

Angola vai suspender as ligações aéreas com Portugal, Brasil e África do Sul, a partir das 00h00 do dia 24 de Janeiro, anunciou o ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida.

Opinião e Análise