Crescimento do Aeroporto de Faro ‘disparou’ para 19% em Dezembro, mas Lisboa abrandou para 2,2%

09-01-2019 (16h13)

Foto: ANA/Vinci
Foto: ANA/Vinci

Os dez aeroportos portugueses geridos pela ANA/Vinci terminaram o ano de 2018 em acentuado abrandamento do ritmo de crescimento do tráfego de passageiros, à excepção de Faro, que no mês de Dezembro sobressaiu com um aumento de passageiros em 19%, que não impediu, no entanto, que no ano registasse uma quebra em 0,5%.

Dados de tráfego dos aeroportos portugueses a que o PressTUR teve acesso mostram que o Aeroporto de Faro teve em Dezembro de 2018 mais 44,6 mil passageiros que um ano antes, o que significa um aumento inclusivamente superior ao ocorrido em Lisboa, que embora tendo reforçado a sua preponderância em 2018, no mês de Dezembro teve um aumento de passageiros em apenas 2,2%, significando mais 44,2 mil que no último mês de 2017.

Desta forma, o Porto foi em Dezembro o aeroporto gerido pela ANA/Vinci com o maior aumento de passageiros do mês, com mais 66 mil que em Dezembro de 2017, à frente de Faro (mais 44,6 mil) e de Lisboa (mais 44,2 mil) e, depois, o Funchal, que também ‘cortou’ com a tendência negativa do ano, apresentando um aumento de 10,1 mil passageiros.

Os dados a que o PressTUR teve acesso indicam que os dez aeroportos portugueses geridos pela ANA/Vinci tiveram 3,6 milhões de passageiros em Dezembro de 2018, +4,9% ou mais 168,4 mil que no mês homólogo de 2017.

Lisboa manteve-se o maior, com 2,071 milhões de passageiros, seguido pelo Porto, com 889,4 mil, e, depois, Faro, com 278,7 mil, Funchal, com 227,2 mil, e Ponta Delgada, com 112,1 mil.

Faro foi o aeroporto que teve o mais forte aumento de passageiros do mês, com +19%, seguido pelo Porto, com +8%, Ponta Delgada, com +5%, Funchal, com +4,7%, e Lisboa, com +2,2%.

Dos outros cinco aeroportos, os únicos com quebras de passageiros foram Porto Santo, com -37,2%, para 4,8 mil, e Beja, com -60%, para dois.

O aeroporto da Horta teve um aumento em 5,7%, para 12,8 mil, em Santa Maria o aumento foi de 3,6%, para 6,4 mil, e nas Flores houve um aumento em 0,2%, para 2,6 mil.

 

Para ler mais clique:

Aeroporto de Lisboa cresceu 8,9% em 2018 e somou 29,031 milhões de passageiros

Aeroporto do Porto ficou ‘em cima’ dos 12 milhões de passageiros em 2018

Sem Lisboa e Porto, crescimento dos aeroportos ANA/Vinci ficou em 0,02% em 2018

 

Clique para mais notícias: Aeroportos portugueses

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Administração da TAP SGPS desautoriza Comissão Executiva da companhia

27-05-2020 (19h59)

O Conselho de Administração da holding TAP, presidido por Miguel Frasquilho e no qual têm assento gestores indicados pelo Governo, desautorizou hoje a Comissão Executiva da companhia, mas sem consumar ‘a tomada do poder’.

Binter retoma voos Madeira - Porto Santo na segunda-feira

27-05-2020 (18h14)

A companhia aérea Binter vai retomar os voos entre as ilhas da Madeira e de Porto Santo nasegunda-feira, após a ligação ter sido suspensa devido às medidas de contenção da covid-19, anunciou hoje a empresa.

Aeroportos portugueses já estão a perder quase sete milhões de passageiros

27-05-2020 (17h39)

Os aeroportos portugueses registam no final de Abril uma quebra de 6,86 milhões de passageiros em relação ao primeiro quadrimestre do ano passado, apesar dos ganhos que registaram até Março, pré-pandemia de covid-19, e em média anual até já estão com uma quebra em 7,4%.

Agência Europeia da Aviação Civil monitoriza orientações de segurança

27-05-2020 (17h38)

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA, na sigla em inglês) lançou um programa para monitorizar a implementação das orientações de segurança relativas à pandemia de covid-19 pelos aeroportos e pelas companhias aéreas europeias, foi hoje anunciado.

Boeing e Airbus investigam formas de evitar contágio em cabines

27-05-2020 (17h29)

Os fabricantes aéreos Boeing e Airbus estão a investigar formas de limitar o contágio da covid-19 dentro dos aviões, uma iniciativa para tranquilizar passageiros e relançar o tráfego aéreo, fortemente afectado pela pandemia.

Opinião e Análise