Delta aumenta lucro em 36% no 1º semestre e revê em alta previsão para este ano

12-07-2019 (18h01)

Foto: Delta Air Lines
Foto: Delta Air Lines

A companhia de aviação norte-americana Delta Airlines, que faz voos dos Estados Unidos para Portugal Continental e Açores, indicou que no primeiro semestre teve um aumento do lucro líquido em 36%, atingindo 2.173 milhões de dólares (1.929 milhões de euros ao câmbio de hoje), e adiantou que dada a evolução este ano reviu em alta a previsão de lucros este ano.

A informação da companhia indica que o aumento do lucro líquido reflecte nomeadamente um aumento em 25% do lucro operacional, que atingiu 3.148 milhões de dólares (2.794,6 milhões de euros) por aumento das receitas em 6%, para 23.008 milhões de dólares (20.425,3 milhões de euros), enquanto o aumento de custos operacionais ficou em 3%, totalizando 19.860 milhões e dólares (17.630,6 milhões de euros).

Para a contenção de custos contribuiu nomeadamente a contenção dos aumentos dos custos com pessoal a 3%, para 5.391 milhões de dólares (4.785,84 milhões de euros), e, principalmente, a subida dos encargos com combustíveis em apenas 2%, para 4.269 milhões de dólares (3.789,8 milhões de euros), nomeadamente pela redução em 2% no segundo trimestre, para 2.291 milhões de dólares (2.033,8 milhões de euros).

Sobre a evolução dos proveitos, a companhia indicou que as receitas domésticas aumentaram 8,8% no 2º trimestre por aumento 3,6% da receita média por passageiro voado uma milha e aumento de capacidade em 5,1%.

A receita do tráfego transatlântico, onde se incluem os voos de/para Portugal, tiveram um aumento 6,1%, com subida da receita unitária em 1,5%, apesar de uma penalização de dois pontos por variações cambiais e cessação da actividade do seu parceiro na Índia, e aumento de capacidade em 4,6%.

O CEO da companhia, citado no balanço do segundo trimestre, atribui a evolução dos resultados às iniciativas focadas no cliente e acrescentou que tendo em conta o primeiro semestre avança uma previsão de resultados de 2019 acima do que tinha sido antecipado, indicando que deverão situar-se entre 6,75 dólares e 7,25 dólares por acção.

 

Clique para mais notícias: Delta Air Lines

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais notícias: América

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Etihad Airways lança programa Etihad Wellness

02-06-2020 (17h58)

A companhia aérea Etihad Airways lançou o programa e guia de saúde e higiene para clientes Etihad Wellness.

Aviação já vai ganhando ‘altitude’ e Wizz Air sobressai

02-06-2020 (17h35)

A aviação mundial dá claros sinais de estar a levantar voo, que se traduz num aumento esta semana dos lugares disponíveis em cerca de 16%, de acordo com a consultora OAG, que não deixa de notar que se a comparação for com a semana homóloga de 2019, então a quebra ainda é dramática.

Air Europa retoma a 15 de Julho ligações com Lisboa, Porto e 15 destinos intercontinentais

02-06-2020 (17h31)

A Air Europa vai retomar as ligações com Lisboa e Porto, com voos diários de Madrid, no dia 15 de Julho, o mesmo dia em que tem programado voltar a operar 15 rotas intercontinentais a partir da capital espanhola.

Abril foi pior mês de sempre para as agência corporate brasileiras, ABRACORP

02-06-2020 (15h46)

As agências corporate brasileiras tiveram em Abril uma “queda sem precedentes” da sua actividade, informou ontem a sua associação, a ABRACORP, que enfatiza que se tratou de uma queda que “supera até mesmo os dados das semanas que sucederam ao fatídico atentado às torres gémeas, em 2001, nos EUA”.

easyJet anuncia que terá voos entre Portugal e 59 origens/destinos este Agosto

02-06-2020 (14h33)

A low cost easyJet, terceira maior companhia em passageiros nos aeroportos portugueses, anunciou hoje que este Agosto terá voos entre os aeroportos portugueses de Lisboa, Porto, Faro e Funchal e 59 destinos, sem especificar.

Opinião e Análise