Etihad assina acordo com Amadeus para renovar tecnologia

15-09-2021 (12h50)

Imagem: Etihad
Imagem: Etihad

A Etihad Airways assinou um acordo com o Amadeus para “embarcar numa grande transformação digital”, que inclui a implementação do Áltea Passenger Service System, a renovação do seu sistema de reservas online e vários investimentos na tecnologia de distribuição.

A companhia aérea terá um novo motor de reservas, uma nova app e ferramentas de auto-atendimento para “garantir uma experiência tranquila em cada etapa da viagem”, começa por destacar o Amadeus em comunicado.

A Etihad também contratou ao Amadeus “merchandising de última geração e recursos de gestão de receitas”, que permitirão oferecer aos clientes “mais opções para personalizar as suas viagens”.

A oferta da transportadora também estará disponível numa nova funcionalidade para agências de viagens baseada em NDC (New Distribution Capability).

O comunicado do Amadeus especifica que a Etihad Airways “implementará o pacote Amadeus Altéa PSS completo, incluindo reservas na web, gestão de receitas e merchandising, gestão de dados e soluções de atendimento a passageiros”.

Estes produtos “serão personalizados para a Etihad nos próximos anos e irão melhorar a experiência dos clientes, funcionários, agentes de viagens, membros da Etihad Guest e clientes corporativos”, sublinha a empresa tecnológica.

Além dos novos motores de reservas no website e na app, o acordo também prevê a renovação das capacidades de distribuição através do Amadeus Altéa NDC. “A Etihad disponibilizará toda a sua gama de ofertas NDC para os vendedores de viagens da Amadeus, permitindo que os agentes vejam as características do produto premiado da Etihad de forma mais transparente e os acessórios que podem ser comprados”, sublinha a nota de imprensa.

Com o Altéa Departure Control Customer Management, a Etihad terá capacidade para fornecer aos clientes “alertas personalizados em tempo real de ofertas, serviços e alterações de voos”. Este sistema oferecerá ainda “um maior nível de personalização do serviço e proporcionará aos hóspedes um processo de check-in mais rápido e simples, o que é mais importante do que nunca na reconstrução de viagens”.

 

Clique para ver mais: Amadeus

Clique para ver mais: Etihad Airways

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Agências&Operadores

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Aeroportos enfrentam novas perdas e dívidas elevadas

26-10-2021 (15h32)

Os aeroportos europeus viram a sua dívida aumentar 200% em relação aos níveis anteriores à pandemia e muitos vão registar de novo perdas importantes este ano, advertiu hoje a associação do sector.

Thomas Ahlers é o novo director de Vendas do Grupo Lufthansa em Portugal

26-10-2021 (09h41)

O Grupo Lufthansa anunciou a nomeação de Thomas Ahlers para o cargo de general manager sales para Portugal, que estará baseado em Lisboa a partir de 1 de Novembro, sucedendo a Patrick Borg Hedley.

TICV retoma voos domésticos em Cabo Verde com mais de 400 passageiros num dia

25-10-2021 (13h50)

A Transportes Interilhas de Cabo Verde (TICV), detida pelo grupo angolano BestFly, retomou as ligações aéreas domésticas no arquipélago, com mais de 400 passageiros transportados e uma taxa de ocupação de 66% no primeiro dia, divulgou a companhia.

Aeroporto de Lisboa atenuou em Setembro a quebra de passageiros pela pandemia para menos de 45%

22-10-2021 (16h36)

O Aeroporto de Lisboa somou nos primeiros nove meses deste ano 7,77 milhões de passageiros de voos comerciais, registando assim uma quebra média de 70,2% face ao período homólogo de 2019, pré-pandemia, mas no mês de Setembro essa quebra atenuou-se para 44,8%.

Comunidade luso-venezuelana pede a Caracas que autorize a TAP a fazer voos directos para Portugal

22-10-2021 (13h55)

A comunidade luso-venezuelana espera que o Governo venezuelano autorize proximamente a TAP a realizar voos directos entre Caracas e Lisboa, a exemplo do que já aconteceu com outras empresas aéreas e outros destinos, mas está apreensiva devido à proximidade do Natal.

Opinião e Análise